Rainer de Saxe-Coburgo-Gota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Rainer
Príncipe de Saxe-Coburgo-Gota
Cônjuge Johanna Károlyi de Károly-Patty
Edith de Kózol
Descendência João Henrique
Casa Saxe-Coburgo-Gota
(ramo católico de Koháry)
Nome completo
Rainer Maria José Floriano Inácio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga
Nascimento 4 de maio de 1900
  Pula, Reino da Croácia-Eslavônia
Morte após 25 de março de 1945 (44 anos)
  Gyömrő, Pest, Hungria
Pai Augusto de Saxe-Coburgo e Bragança
Mãe Carolina Maria da Áustria

Rainer Maria José Floriano Inácio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga (em alemão: Rainer Maria Joseph Florian Ignatius Michael Gabriel Raphael Gonzaga) (Pula, 4 de maio de 1900 - Gyömrő, após 25 de março de 1945)[nota 1] foi um príncipe alemão da Casa de Saxe-Coburgo-Gota-Koháry, ramo católico da Casa de Saxe-Coburgo-Gota e cadete da Casa de Wettin.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rainer era o segundo filho de Augusto Leopoldo de Saxe-Coburgo e Bragança, príncipe do Brasil[3] e de Saxe-Coburgo-Gota, e da arquiduquesa Carolina Maria de Áustria-Toscana. À época de seu nascimento, a Casa de Wettin governava o Reino da Saxônia e os Ducados Ernestinos na Alemanha, bem como o Principado da Bulgária e os reinos da Bélgica, Portugal e Grã-Bretanha.

Notas

  1. Desaparecido na Hungria durante a Segunda Guerra Mundial - supostamente capturado pelo Exército Vermelho -[1], foi declarado morto em ação pelo Tribunal Distrital de Munique, em 19 de maio de 1961, com efeito a partir de 31 de dezembro de 1945.[2]

Referências

  1. Bragança 1968, p. 85.
  2. «Prinz Rainer Maria Joseph Ignaz Florian Michael Gabriel Raphael Gonzaga» (PDF). Arbeitsgemeinschaft zur Förderung des monarchischen Gedankens (em alemão). p. 134. 150 páginas. Consultado em 22 de Novembro de 2015 
  3. Lessa 1951, p. 131.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bragança, Dom Carlos Tasso de Saxe-Coburgo e (1968). «O Ramo Brasileiro da Casa de Bragança». Anais do Museu Histórico Nacional. 18: 17–152. ISSN 1413-1803 
  • Lessa, Clado Ribeiro de (1951). «O Segundo Ramo da Casa Imperial e a nossa Marinha de Guerra». Revista do Instituto Historico e Geografico Brasileiro. 211: 118–33. ISSN 0101-4366