Reino Celestial Taiping

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Extensão máxima do Reino Celestial (em vermelho).

Reino Celestial Taiping (chinês simplificado: , literalmente ‘Grande Reino Pacífico do Céu" ou "Reino Celestial’) foi um estado oposicionista existente na China Imperial entre 1851 e 1864 estabelecido por Hong Xiuquan, o líder da Rebelião Taiping (1850-1864). Sua capital era em Tianjing, atualmente Nanjing.

Também conhecido como Reino Celestial da Grande Paz, foi um estado teocrático revolucionário governado por um místico cristão da etnia Hakka chamado Hong Xiuquan, um convertido ao cristianismo que se autoproclamou rei da nação e como o novo Messias, inclusive declarando-se como o segundo filho de Deus e irmão mais novo de Jesus Cristo[1] e um enviado de Deus para erradicar a adoração ao demônio. Liderou um exército que controlou algumas partes do sul da China, com cerca de 30 milhões de pessoas. O reino rebelde anuncia reformas sociais bem como a substituição dos poderes do confucionismo, budismo e da religião tradicional chinesa por sua forma de cristianismo. As áreas de Taiping foram sitiadas pelas forças Qing durante a maior parte da rebelião. A dinastia Qing derrotou a rebelião com o eventual auxílio de forças francesas e britânicas.

Referências

  1. Taiping Rebellion - Encyclopædia Britannica