República (jornal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

República foi um jornal fundado por António José de Almeida em 15 de Janeiro de 1911[1]. Destacado protagonista do ideário liberal e laico do 5 de Outubro, evidenciou-se, em parceria com o Diário de Lisboa, na luta contra a ditadura salazarista.

Ligado desde o início a figuras de relevo da maçonaria portuguesa, sobrevive à instauração do Estado Novo.

A transformação de 1972[editar | editar código-fonte]

Em 1972 passa por uma profunda transformação, onde desempenha um papel de destaque o jornalista e maçom Raul Rêgo, que substituiu Carvalhão Duarte na direcção. O jornal passa então a contar com colaborações de personalidades relevantes da oposição, como Mário Soares e Gustavo Soromenho, e com uma nova equipa redactorial em que se destacam Mário Mesquita, Alberto Arons de Carvalho, Jaime Gama, António Reis, José Jorge Letria e Álvaro Guerra.

A suspensão da publicação[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Caso República

Suspendeu a publicação regular em Janeiro de 1976, após uma forte agitação interna na sequência das divisões político-partidárias criadas após a Revolução de 25 de Abril[2][3].

Publicação trimestral[editar | editar código-fonte]

Reapareceu como publicação trimestral em 2001, mas já sem a dimensão nem a importância do passado.

Série iniciada em 2012[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2012 foi publicado o número um de uma nova publicação com o mesmo título, com o subtítulo "Série iniciada em 2012", sob a direção de António Brotas[4].

Trata-se de uma publicação de periodicidade semestral, com o formato revista, A4 e cerca de 30 páginas[5].

Os diretores adjuntos são António Lopes Vieira e Viriato Wolfgango de Macedo (que, tal como o diretor, têm mais de 80 anos (2012).

Fontes[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Cf. PORBASE.
  2. Cf. nota no site da Fundação Mário Soares.
  3. Comunicados do Conselho da Revolução e do COPCON sobre os conflitos: [1], [2], [3], [4], [5].
  4. O título tinha, entretanto, caído no domínio público.
  5. Registo nº 126182 da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. ISSN 2182-5765.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Arquivo digital de alguns exemplares do jornal na Hemeroteca Municipal de Lisboa.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Lista de publicações disponíveis na Hemeroteca Municipal de Lisboa em formato digital

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.