Ride the Lightning

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2013). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Ride the Lightning
Álbum de estúdio de Metallica
Lançamento 27 de julho de 1984[1]
Gravação Setembro de 1983 - Junho de 1984, Sweet Silence Studios em Copenhague, Dinamarca[2]
Gênero(s) Thrash metal
Duração 47:26
Gravadora(s) Megaforce Recrods, Music For Nations, Elektra Estados Unidos, Vertigo Reino Unido
Produção Metallica e Flemming Rasmussen
Cronologia de Metallica
Kill 'Em All
(1983)
Master of Puppets
(1986)
Singles de Ride the Lightning
  1. "Fade to Black"
    Lançamento: 1984
  2. "Creeping Death"
    Lançamento: 1984
  3. "For Whom the Bell Tolls"
    Lançamento: 1985

Ride the Lightning é o segundo álbum de estúdio da banda de thrash metal/heavy metal Metallica, lançado em 27 de julho de 1984 pela Elektra Records.[2] O nome do álbum é uma gíria usada entre presidiários para designar os condenados à morte na cadeira elétrica, e a mesma é utilizada na capa do álbum. As letras do álbum abordam temas como o desespero, a morte e o medo da perda.

O que se destaca também no álbum é a nova característica nas composições, como riffs e solos mais estudados e a mudança nas letras, como nas faixas "Ride the Lightning", "Fade to Black" e na instrumental "The Call of Ktulu", mas também preservando o thrash sujo do álbum anterior, partindo como exemplo as canções "Trapped Under Ice" e "Fight Fire With Fire". Ride the Lightning é também o último álbum que Dave Mustaine aparece entre os créditos das canções depois de ser expulso do Metallica: em "Ride the Lightning" e "The Call of Ktulu".

Este álbum está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame.[3] Em 2017, foi eleito o 11º melhor álbum de metal de todos os tempos pela revista Rolling Stone.[4] O álbum vendeu mais de 5 milhões de cópias nos Estados Unidos.

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 4.5 de 5 estrelas. [5]
Hm Rock Reviews 9.0 de 10 estrelas. [6]
Metal Storm 10 de 10 estrelas. [7]
Symbol unlikely.svg Esta tabela precisa de ser acompanhada por texto em prosa. Consulte o guia.

História[editar | editar código-fonte]

O Metallica lançou seu álbum de estreia, Kill 'Em All, em julho de 1983 pelo selo independente Megaforce Records. O álbum ajudou a estabelecer o thrash metal, um subgênero de heavy metal por vigorosos riffs e percussão intensa. Depois de terminar a tour promocional, o Metallica começou a compor um material novo e em setembro começou a tocar canções que apareceriam em Ride the Lightning em concertos. Por causa da falta de dinheiro da banda, seus membros frequentemente faziam uma refeição por dia e ficavam na casa dos fãs enquanto tocavam em clubes por todo os EUA. Um incidente ocorreu quando parte do equipamento da banda foi roubado em Boston. Entretanto, o Anthrax acabou emprestando seu equipamento para o Metallica completar o resto dos shows. Quanto não faziam apresentações, a banda ficava em uma casa alugada em El Cerrito, Califórnia, chamada de Mansão Metallica. O frontman James Hetfield sentia que era difícil fazer as funções de vocalista e guitarrista ao mesmo tempo, e então a banda ofereceu a vaga de vocalista para John Bush, do Armored Saint, que acabou recusando a oferta pois o Armored Saint estava indo bem na época. Hetfield gradualmente foi se acostumando e permaneceu com as duas funções.

O Metallica iniciou as gravações em 20 de fevereiro de 1984 no Sweet Silence Studios em Copenhagen, Dinamarca. O álbum foi produzido por Flemming Rasmussen, fundador do Sweet Silence, que continuaria a produzir os próximos lançamentos da banda. O baterista Lars Ulrich escolheu Rasmussen porque ele gostou do seu trabalho em Difficult to Cure (1981) do Rainbow e estava entusiasmado para gravar na Europa. Rasmussen, que não conhecia o Metallica, concordou em trabalhar no álbum, apesar dos empregados de seu estúdio questionarem o talento da banda. Rasmussen ouviu algumas fitas do Metallica, antes dos membros chegarem e pensou que a banda tivesse grande potencial. O Metallica ensaiou o material do disco na sala de ensaios do Mercyful Fate em Copenhagen.

O Metallica teve que gravar rapidamente porque shows europeus estavam agendados para 29 dias deles terem entrado no estúdio. A gravação foi finalizada em 14 de março e a Megaforce lançou o álbum em 27 de julho. Embora o orçamento original do álbum ter sido estipulado em 20 mil dólares, o custo final foi de 30 mil. A Music for Nations, gravadora europeia do Metallica, pagou os custos adicionais já que Jon Zazula, dono da Megaforce, não pôde arcar com o excedente. A banda estava descontente com a falta de divulgação da Megaforce e decidiu cortar os laços com Zazula. Michael Alago, funcionário da gavadora Elektra Records, notou o Metallica em um show em San Francisco e convidou o chefe da Elektra junto a uma equipe para ver um show deles em agosto em New York. A performance no Roseland Ballroom, com Anthrax e Metallica abrindo para o Raven, satisfez a equipe da Elektra, que oferecem um contrato para a banda na manhã seguinte. Em 12 de setembro, o Metallica assinou com a Elektra, que relançou o álbum em 19 de novembro. Cliff Burnstein e Peter Mensch da Q Prime foram apontados como novos empresários da banda. Ride the Lightning foi o último disco do Metallica a contar com contribuições do anigo guitarrista Dave Mustaine, que recebeu crédito pela composição da faixa-título e da instrumental "The Call of Ktulu". O álbum também representa a primeira vez que Hammett recebeu crédito de composição.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as letras escritas por James Hetfield, exceto "Creeping Death" por Hetfield e Kirk Hammett.

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Fight Fire With Fire"   Hetfield, Ulrich, Burton 4:45
2. "Ride the Lightning"   Hetfield, Ulrich, Burton, Mustaine 6:37
3. "For Whom the Bell Tolls"   Hetfield, Ulrich, Burton 5:10
4. "Fade to Black"   Hetfield, Ulrich, Burton, Hammett 6:57
5. "Trapped Under Ice"   Hetfield, Ulrich, Hammett 4:04
6. "Escape"   Hetfield, Ulrich, Hammett 4:24
7. "Creeping Death"   Hetfield, Ulrich, Burton, Hammett 6:36
8. "The Call of Ktulu" (Instrumental) Hetfield, Ulrich, Burton, Mustaine 8:54
Duração total:
47:26

Membros[editar | editar código-fonte]

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação Vendas
 Canadá Platina - Music Canada[8] 100.000+
 Estados Unidos 5× Platina - RIAA[9] 5.000.000+

Referências

  1. [1]
  2. a b «"Time Line"». Metallica.com. Consultado em 7 de Outubro de 2009 
  3. «2007 National Association of Recording Merchandisers». timepieces (em inglês). 2007. Consultado em 26 de maio de 2010 
  4. Beaujour, Tom (21 de junho de 2017). «100 Greatest Metal Albums of All Time». Rolling Stone (em inglês). Wenner Media LLC. Consultado em 22 de junho de 2017 
  5. Avaliação no Allmusic
  6. Avaliação no Hm Rock Reviews
  7. Avaliação no Metal Storm
  8. [2]
  9. [3]
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.