Tente Outra Vez (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Tente Outra Vez"
Canção de Raul Seixas
do álbum Novo Aeon
Lançamento 12 de novembro de 1975 (1975-11-12)
Formato(s) LP, fita cassete e compacto duplo
Gravação Estúdios CBD, no Rio de Janeiro, entre 1º de setembro a meados de outubro de 1975
Gênero(s) Rock and roll
Duração 02:20
Gravadora(s) Philips Records
Composição Raul Seixas / Paulo Coelho / Marcelo Motta
Produção Marco Mazzola
Faixas de Novo Aeon
Rock do Diabo
(2)

Tente Outra Vez é uma canção do cantor e compositor brasileiro Raul Seixas, presente no álbum Novo Aeon, gravado nos Estúdios CBD entre 1º de setembro e meados de outubro de 1975, e lançado em 12 de novembro de 1975, pela gravadora Philips Records. Está presente também no compacto duplo Novo Aeon, lançado na mesma data do álbum para ajudar a promovê-lo e em diversas coletâneas de grandes sucessos lançadas pelo artista desde então.

Gravação e produção[editar | editar código-fonte]

As sessões de gravação para o álbum começaram em 1º de setembro[1] e realizaram-se nos antigos Estúdios CBD (a gravadora estava em processo de mudança para os novos Estúdios Phonogram de 16 canais, na Barra da Tijuca, mas as sessões de gravação nesses novos espaços só começariam em dezembro de 1975[2]), correndo bem e terminando em meados de outubro. O disco seria finalizado (mixagem e pós-produção) sem a presença do cantor baiano e estaria pronto para comercialização no mês seguinte.[3][4][5]

Lançamento e resenha musical[editar | editar código-fonte]

O álbum Novo Aeon foi lançado em 12 de novembro de 1976 - em LP e fita cassete - pela gravadora Philips Records[6] com uma boa divulgação, atingindo vendagens da ordem de 60 mil cópias.[7] Juntamente com o disco, a canção foi lançada em um compacto duplo. Também, Raul gravou um clipe musical para o programa dominical da Rede Globo, o Fantástico.[8] O lançamento deste álbum representou uma baixa nas vendagens dos álbuns de Raul que vinham crescendo constantemente desde o seu álbum de estreia, passando pelo recordista - e antecessor - que foi Gita, com mais de 140 mil cópias vendidas.[7]

A canção é uma típica balada rock - ao estilo de Raul Seixas - sendo, pelo seu tema, uma ode à não desistência,[9] com uma abordagem épica do seu arranjo.[10]

Legado[editar | editar código-fonte]

A canção é hoje a terceira canção mais conhecida de Raul.[11] Recentemente, esteve na trilha sonora do filme Não Pare na Pista, e das novelas Vitória e Malhação Sonhos.

Versão de Zezé Di Camargo & Luciano[editar | editar código-fonte]

"Tente Outra Vez"
Single de Zezé Di Camargo & Luciano
do álbum Zezé Di Camargo & Luciano
Lançamento 1994
Formato(s) Airplay
Gravação 1994
Gênero(s) Sertanejo
Duração 03:40
Gravadora(s) Columbia Records, Sony Music
Composição Raul Seixas / Paulo Coelho
Produção César Augusto
Cronologia de singles de Zezé Di Camargo & Luciano
"Salva Meu Coração"
(1994)
"Como Um Anjo"
(1994)

Tente Outra Vez é uma canção gravada pela dupla Zezé Di Camargo & Luciano e lançada em 1994 como terceiro single do álbum de nome honônimo. Regravação de um dos grandes sucessos de Raul Seixas, o hit voltou ao sucesso na voz da dupla, sendo ainda trilha sonora do filme O Rei Leão, lançado em junho do mesmo ano. A canção ainda foi incluída na coletânea Maxximum, lançada em 2005.

Outras Versões[editar | editar código-fonte]

A dupla sertaneja Chitãozinho & Xororó e a banda de rock Barão Vermelho também gravaram essa música.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Motta, 1975-1.
  2. Motta, 1975-6.
  3. Motta, 1975-2.
  4. Motta, 1975-3.
  5. Motta, 1975-4.
  6. Motta, 1975-5.
  7. a b Rada Neto, 2013, p. 159.
  8. «Galeria - Raul Seixas - Tente Outra Vez - Vídeo». Rolling Stone Brasil. N.d. Consultado em 18 de dezembro de 2017. 
  9. Jorge, 2012, p. 58.
  10. Philip Jandovský (2006). «Novo Aeon - Raul Seixas». Allmusic. Consultado em 9 de janeiro de 2018. 
  11. Molina, André (5 de outubro de 2009). «Conheça 10 importantes obras de Raul Seixas». Whiplash.net. Consultado em 12 de agosto de 2012. 

Bíbliográfia[editar | editar código-fonte]

  • BOSCATO, Luis Alberto Lima. Vivendo a sociedade alternativa. Tese de Doutorado. São Paulo: FFLCH/USP, 2006.
  • DAPIEVE, Arthur. Brock: o rock brasileiro dos anos 80. São Paulo: Editora 34, 1996. ISBN 9788573260083.
  • JORGE, Cibele Simões Ferreira Kerr. Raul Seixas: Um Produtor de mestiçagens musicais e midiáticas. Tese de Doutorado. São Paulo: PUC-SP, 2012.
  • MOTTA, Nelson. Como Raul dizia. O Globo, 13 de agosto de 1975, p. 31.
  • MOTTA, Nelson. Ele vem aí. O Globo, 16 de outubro de 1975, p. 37.
  • MOTTA, Nelson. Lá vem o homem. O Globo, 24 de Outubro de 1975, p. 31.
  • MOTTA, Nelson. O Navegante dos infernos e das luzes. O Globo, 02 de novembro de 1975, p. 7.
  • MOTTA, Nelson. Mal du siècle. O Globo, 12 de novembro de 1975, p. 35.
  • MOTTA, Nelson. Um sonho real. O Globo, 05 de dezembro de 1975, p. 31.
  • RADA NETO, José. Raul(zito) Seixas como produtor musical: aprendizado prático e construção da imagem artística. Anais do XXVII Simpósio Nacional de História. Julho de 2013.