Universidade Candido Mendes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Universidade Cândido Mendes)
Ir para: navegação, pesquisa
Universidade Candido Mendes
UCAM
Lema Diploma de valor desde 1902
Fundação 1902 (114 anos)
Tipo de instituição Instituição de Ensino Superior
Mantenedora Sociedade Brasileira de Instrução
Localização Rio de Janeiro,  Rio de Janeiro
Docentes 1 000
Total de Estudantes 20 000

A Universidade Candido Mendes (UCAM) é uma instituição privada de ensino superior do Brasil, com sede na cidade do Rio de Janeiro. É a mais antiga instituição particular de ensino superior do país. Seu atual reitor é o professor Cândido Antônio Mendes de Almeida, terceiro Conde Mendes de Almeida. A Universidade Candido Mendes destaca-se das suas congêneres por ser uma instituição historicamente comprometida com a excelência nas atividades de pesquisa e pós-graduação, mantendo centros e institutos de pesquisa, sete programas de mestrado e dois de doutorado, bem como dezenas de cursos de pós-graduação lato sensu. Distribuídas por um total de 16 unidades com 21 cursos de graduação e diversos outros nas modalidades sequencial e tecnológica, as atividades da Universidade Candido Mendes, apoiada em mais de um século de tradição e excelência, em que se firmou como referência nacional e internacional em Ciências Humanas e Sociais, reúnem mais de 20 mil estudantes e 1.000 professores e pesquisadores.  

História[editar | editar código-fonte]

A Universidade Cândido Mendes foi fundada em 1902, com o nome de "Escola Técnica de Comércio Cândido Mendes", por iniciativa do advogado e político maranhense Candido Mendes de Almeida, primeiro Conde Mendes de Almeida, com a colaboração de seu irmão Fernando Mendes de Almeida, do Visconde de Ouro Preto, de Afonso Celso, de Nerval de Gouveia e de Conrado Niemeyer. Nessa escola se aprendia as habilidades básicas de administração, como contabilidade. Em 1919 transformou-se na Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro.

Segundo Ivanildo Fernandes, pesquisador da área educacional [1] , a Sociedade Brasileira de Instrucção foi uma das primeiras entidades a atender o chamado público da Lei nº 183/1893 para que as associações de particulares interessados na mantença de Instituições de Ensino Superior constituíssem "individualidade jurídica" (personalidade jurídica).

Nos anos 1950 a Cândido Mendes amplia em vários cursos superiores e a partir dos anos 1960 já caracteriza-se como universidade. A universidade destacou-se nas ciências sociais, mantendo programas de pós-graduação. O Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) foi criado no ano de 1969, no auge do autoritarismo da Ditadura Militar. Logo de início, constituiu-se em um refúgio para intelectuais comprometidos com a democracia brasileira, não apenas no sentido de resistência aos arbítrios ditatoriais, mas também como espaço de reflexão sobre como construir em nosso país uma democracia consolidada e substantiva. [2]

O IUPERJ consolidou-se a partir de meados da década de 1970 como uma instituição de ponta na pesquisa e no ensino de Ciências Sociais no âmbito da pós-graduação no Brasil. Em 1980, foram implantados os programas de doutoramento em Ciência Política e em Sociologia. Ao longo dos últimos dez anos, o Instituto tem admitido anualmente entre 15 e 20 estudantes em seus programas de mestrado e aproximadamente 30 estudantes em seus programas de doutorado. Dos quase 700 alunos admitidos até hoje, 365 já completaram o mestrado e 154 defenderam teses de doutorado. Ao longo de sua história, o IUPERJ, formou mais de 500 mestres e doutores em Ciências Sociais no Brasil.[2]

Em 22 de junho de 2010, após uma crise institucional, os vinte professores do IUPERJ demitiram-se e, após negociação com o Governo do Estado, migraram, em sua maioria, para a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Em outubro daquele ano, a UERJ abriu Edital de Transferência Externa para provimento de 140 vagas em seus recém-criados cursos de mestrado e doutorado em Ciência Política e em Sociologia, importando a transferência de todos os alunos do IUPERJ para a UERJ.[2]

Em 1 de setembro de 2010, iniciou-se uma reestruturação do Instituto, criando condições para a retomada das atividades acadêmicas do IUPERJ. Em dezembro de 2011, foi constituído um novo corpo docente para os dois programas de pós-graduação e, em fevereiro de 2012, lançado o Edital para novas turmas de Mestrado e Doutorado. Desde abril de 2011, foram realizados novos concursos de seleção para as turmas de Mestrado e Doutorado em Ciência Política e Relações Internacionais e de Mestrado e Doutorado em Sociologia, tendo sido selecionados, até maio de 2013, 122 novos alunos para os dois programas de pós-graduação.[2]

Apesar do projeto de reestruturação, a instituição, em 2013, figurou entre as 100 piores universidades brasileiras, conforme publicação do MEC.[3]

Centros de estudos e institutos[editar | editar código-fonte]

Ensino[editar | editar código-fonte]

Os segmentos de cursos que são oferecidos na Universidade Candido Mendes estão distribuídos entre as 16 unidades educacionais pertencentes à UCAM em todo o estado do Rio de Janeiro. A instituição nasceu como Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro, ainda no ano de 1919 e desde então oferece cursos em diferentes segmentos, hoje também para a Pós-Graduação e programas de extensão além da Graduação. A estrutura da universidade é composta por bibliotecas, sendo uma central na unidade localizada no bairro de Ipanema e abriga um acervo com um extenso material para todos os segmentos. Também conta com cinema, teatro e um canal universitário que desenvolve atividades na área de comunicação e expõe demais propostas da instituição, que mantém, ainda, uma companhia de teatro e uma orquestra. Todos os cursos contam com uma sólida estrutura docente e física, com o objetivo de oferecer aos alunos a possibilidade de aturar também fora das salas de aula.

Graduação[editar | editar código-fonte]

Instituto Universitário Candido Mendes-Campos[editar | editar código-fonte]

O Instituto Universitário Candido Mendes-Campos (Ucam-Campos), é uma unidade da Universidade Candido Mendes, localizado na cidade de Campos dos Goytacazes, RJ.

Ensino[editar | editar código-fonte]

Graduação[editar | editar código-fonte]

  • Administração
  • Ciência da Computação
  • Ciências Contábeis
  • Direito
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Mecânica (1º Semestre de 2011)
  • Engenharia Civil (1º Semestre de 2013)
  • Relações Internacionais
  • Sistemas de Informação
  • Gestão de Comércio Varejista

Pós-graduação[editar | editar código-fonte]

Lato-Sensu[editar | editar código-fonte]
  • Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho
  • MBA Executive - Direito Ambiental com Ênfase em Gestão de Petróleo
  • MBA Executive - Engenharia de Petróleo
  • MBA Executive - Finanças Corporativas
  • MBA Executive - Gerenciamento de Projetos
  • MBA Executive - Gestão Estratégica de Marketing
  • MBA Executive - Gestão Estratégica de Pessoas
  • MBA Executive - Tecnologia de Bancos de Dados

Stricto-Sensu[editar | editar código-fonte]

  • Mestrado Profissional em Pesquisa Operacional e Inteligência Computacional
  • Mestrado Profissional em Planejamento Regional e Gestão de Cidades
  • Mestrado Profissional em Economia Empresarial.

Campus[editar | editar código-fonte]

  • Niterói
  • Centro - Assembléia
  • Centro - Pio X
  • Ipanema
  • Tijuca
  • Jacarepaguá
  • Padre Miguel
  • Araruama
  • Nova Friburgo
  • Campos dos Goytacazes
  • Méier
  • Gávea
  • Santa Cruz
  • Bangu
  • Penha
  • Petrópolis
  • Guadalupe
  • Vitória - Espírito Santo

Referências

  1. Ivanildo Fernandes (2007): "Mantenedoras educacionais privadas, histórico legal e configuração jurídica" Observatório Universitário, Rio de Janeiro.
  2. a b c d História do IUPERJ
  3. «As piores universidades do Brasil, segundo o MEC». 25/12/2014. Consultado em 31/12/2014. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ucam-Campos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]