William Barton Rogers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William Barton Rogers
Química, Física, Geologia
Nascimento 7 de dezembro de 1804
Local Filadélfia
Morte 30 de maio de 1882 (77 anos)
Local Boston, Massachusetts, Estados Unidos
Atividade
Campo(s) Química, Física, Geologia
Instituições The College of William & Mary
Universidade da Virgínia
MIT
Alma mater The College of William & Mary

William Barton Rogers (Filadélfia, 7 de dezembro de 1804 — 30 de maio de 1882) é mais conhecido por ter estabelecido, defendido e incorporado os princípios de fundação do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) em 1861. A universidade foi inaugurada em 1865 depois da Guerra Civil Americana.

Rogers formou-se no The College of William & Mary e mais tarde ocupou a cadeira de Filosofia Natural e de Química na mesma universidade nos anos de 1828 até 1835. Em seguida, atuou como professor de Filosofia Natural na Universidade da Virgínia de 1835 até o ano 1853, quando renunciou em protesto. Enquanto Rogers foi presidente do Departamento de Filosofia, ele defendeu vigorosamente a recusa da Universidade de outorgar graus Honoris causa à Legislação do Estado da Virgínia. Dessa forma, ele viria a fundar e trabalhar como presidente do MIT em 1861 - 1870.

Embora Rogers tenha ficado abaixo dessa posição de presidente devido ao declínio da saúde, por necessidade, ele retornou ao cargo em 1878 e continuou até 1881. Ele morreu depois de desmaiar durante um discurso aos diplomados do MIT em 1882. Suas últimas palavras foram "carvão betuminoso".

Referências

  • A. J. ANGULO: William Barton Rogers and the Idea of MIT. Baltimore, MD: Johns Hopkins University Press 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre William Barton Rogers