Jacob Whitman Bailey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Jacob Whitman Bailey (Auburn (Massachusetts), 18111857) foi um botânico estadunidense.

Conhecido como o pioneiro em pesquisas microscópicas nos Estados Unidos.

Graduado em 1832 na Academia Militar dos Estados Unidos onde, depois de 1834, foi sucessivamente professor assistente, professor ativo e professor de química, mineralogia e geologia. Introduziu diversos aperfeiçoamentos na construção de microscópios e organizou uma grande coleção de objetos microscópicos e algas, que legou à Boston Society of Natural History. Em 1857 foi presidente da Associação Americana para o Avanço da Ciência, e membro do National Institute for the Promotion of Science, precursos do Instituto Smithsoniano. Em 1845 foi eleito fellow associado da Academia de Artes e Ciências dos Estados Unidos.[1] Feleceu em 26 de fevereiro de 1857, no início de seu mandato como presidente da Associação Americana para o Avanço da Ciência.

Escreveu diversos artigos no American Journal of Science e em publicações de diversas sociedades científicas, e um volume de valor inestimável, Microscopical Sketches, contendo 3 mil figuras originais. Um esboço de sua biografia foi publicado no American Journal of Science, volume xxv, (New Haven, 1847).

Referências

  1. «Book of Members, 1780-2010: Chapter B» (PDF). American Academy of Arts and Sciences. Consultado em 24 de janeiro de 2012 

Ver também[editar | editar código-fonte]



Ícone de esboço Este artigo sobre um botânico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.