William Ewart Gladstone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
William Gladstone
Primeiro-Ministro do Reino Unido
Período 15 de agosto de 1892
a 2 de março de 1894
Monarca Vitória
Antecessor(a) O Marquês de Salisbury
Sucessor(a) O Conde de Rosebery
Período 1 de fevereiro de 1886
a 20 de julho de 1886
Monarca Vitória
Antecessor(a) O Marquês de Salisbury
Sucessor(a) O Marquês de Salisbury
Período 23 de abril de 1880
a 9 de junho de 1885
Monarca Vitória
Antecessor(a) O Conde de Beaconsfield
Sucessor(a) O Marquês de Salisbury
Período 3 de dezembro de 1868
a 17 de fevereiro de 1874
Monarca Vitória
Antecessor(a) Benjamin Disraeli
Sucessor(a) Benjamin Disraeli
Dados pessoais
Nascimento 29 de dezembro de 1809
Liverpool, Lancashire,
Reino Unido
Morte 19 de maio de 1898 (88 anos)
Hawarden, Flintshire,
Reino Unido
Progenitores Mãe: Anne Robertson
Pai: John Gladstone
Alma mater Christ Church, Oxford
Esposa Catherine Glynne (1839–1898)
Partido Liberal (1859–1898)
Conservador (antes de 1859)
Religião Anglicanismo
Assinatura Assinatura de William Ewart Gladstone

William Ewart Gladstone FRS ( /ˈɡlædˌstən/; Liverpool, 29 de dezembro de 1809 — Hawarden, 19 de maio de 1898) foi um estadista britânico e político liberal. Em uma carreira de mais de 60 anos, ele serviu por 12 anos como Primeiro-Ministro do Reino Unido, distribuídos por quatro mandatos começando em 1868 e terminando em 1894. Ele também foi Chanceler do Tesouro quatro vezes, servindo mais de 12 anos.

Gladstone nasceu em Liverpool, filho de pais escoceses. Ele entrou pela primeira vez na Câmara dos Comuns em 1832, começando sua carreira política como Alto Tory, um grupo que se tornou o Partido Conservador sob Robert Peel em 1834. Gladstone serviu como ministro em ambos os governos de Peel e em 1846 juntou-se à facção Peelite separatista, que eventualmente se fundiu no novo Partido Liberal em 1859. Ele foi chanceler de Lord Aberdeen (1852–1855), Lord Palmerston (1859–1865) e Lord Russell (1865–1866). A própria doutrina política de Gladstone - que enfatizava a igualdade de oportunidades e a oposição ao protecionismo comercial - veio a ser conhecida como liberalismo gladstoniano. Sua popularidade entre a classe trabalhadora lhe rendeu o apelido de "O William do Povo".

Em 1868, Gladstone tornou-se primeiro-ministro pela primeira vez. Muitas reformas foram aprovadas durante seu primeiro ministério, incluindo o desestabelecimento da Igreja da Irlanda e a introdução do voto secreto. Após a derrota eleitoral em 1874, Gladstone renunciou ao cargo de líder do Partido Liberal. A partir de 1876, ele começou um retorno baseado na oposição à reação do Império Otomano ao Levante de Abril da Bulgária. Sua Campanha Midlothian de 1879-80 foi um dos primeiros exemplos de muitas técnicas modernas de campanha política.[1][2] Após as eleições gerais de 1880, Gladstone formou seu segundo ministério (1880-1885), que viu a aprovação da Lei da Terceira Reforma, bem como crises no Egito (culminando na Queda de Cartum) e na Irlanda, onde seu governo aprovou medidas repressivas, mas também melhorou os direitos legais dos arrendatários irlandeses.

De volta ao cargo no início de 1886, Gladstone propôs um governo autônomo para a Irlanda, mas foi derrotado na Câmara dos Comuns. A divisão resultante no Partido Liberal ajudou a mantê-los fora do cargo - com uma pequena pausa - por 20 anos. Gladstone formou seu último governo em 1892, aos 82 anos. O projeto de lei do governo da Irlanda de 1893 foi aprovado na Câmara dos Comuns, mas foi derrotado na Câmara dos Lordes em 1893. Gladstone deixou o cargo em março de 1894, aos 84 anos, sendo a pessoa mais velha a servir como primeiro-ministro e o único primeiro-ministro a ter servido quatro termos. Ele deixou o Parlamento em 1895 e morreu três anos depois.

Gladstone era carinhosamente conhecido por seus partidários como "The People's William" ou "G.O.M." ("Grand Old Man", ou, para rivais políticos "God Only Mistake").[3] Os historiadores costumam chamá-lo de um dos maiores líderes da Grã-Bretanha.[4][5][6][7] Ele foi eleito membro da American Philosophical Society em 1881.[8]

Notas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Wiesner-Hanks, Merry E.; Evans, Andrew D.; Wheeler, William Bruce; Ruff, Julius (2014). Discovering the Western Past, Volume II: Since 1500. [S.l.]: Cengage Learning. p. 336. ISBN 978-1111837174 
  2. Price, Richard (1999). British Society 1680–1880: Dynamism, Containment and Change. [S.l.]: Cambridge University Press. p. 289. ISBN 978-0521657013 
  3. Gardham, Duncan (12 de junho de 2008). «David Davis's Victorian inspiration: William Gladstone». The Daily Telegraph. London 
  4. J.F.C. Harrison (2013). Late Victorian Britain 1875–1901. [S.l.: s.n.] p. 31. ISBN 978-1136116445 
  5. Richard Aldous (2007). The Lion and the Unicorn: Gladstone Vs Disraeli. [S.l.: s.n.] p. 4. ISBN 978-0393065701 
  6. Paul Brighton (2016). Original Spin: Downing Street and the Press in Victorian Britain. [S.l.]: I.B.Tauris. p. 193. ISBN 978-1780760599 
  7. Paul Grey; et al. (2016). Challenge and Transformation: Britain, c. 1851–1964. [S.l.]: Cambridge UP. p. 2. ISBN 978-1107572966 
  8. «APS Member History». search.amphilsoc.org. Consultado em 17 de maio de 2021 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre William Ewart Gladstone

Precedido por
Benjamin Disraeli
(1º mandato)
Primeiro-ministro do Reino Unido
(1º mandato)

18681874
Sucedido por
Benjamin Disraeli
(2º mandato)
Precedido por
Benjamin Disraeli
(2º mandato)
Primeiro-ministro do Reino Unido
(2º mandato)

18801885
Sucedido por
Robert Gascoyne-Cecil
(1º mandato)
Precedido por
Robert Gascoyne-Cecil
(1º mandato)
Primeiro-ministro do Reino Unido
(3º mandato)

1886
Sucedido por
Robert Gascoyne-Cecil
(2º mandato)
Precedido por
Robert Gascoyne-Cecil
(2º mandato)
Primeiro-ministro do Reino Unido
(4º mandato)

18921894
Sucedido por
Archibald Primrose