Zonisamida

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Zonisamida
Alerta sobre risco à saúde
Zonisamide.svg
Nome IUPAC 1,2-benzisoxazole-3-methanesulfonamide
Identificadores
Número CAS 68291-97-4
PubChem 5734
DrugBank APRD00004
ChemSpider 5532
Código ATC N03AX15
SMILES
InChI
1/C8H8N2O3S/c9-14(11,12)5-7-6-3-1-2-4-8(6)13-10-7/h1-4H,5H2,(H2,9,11,12)
Propriedades
Fórmula química C8H8N2O3S
Massa molar 212.21 g mol-1
Ponto de fusão

162

Farmacologia
Biodisponibilidade ?
Via(s) de administração Oral
Metabolismo Hepatic
Meia-vida biológica 105 hours in red blood cells, 63 hours in plasma
Ligação plasmática 40%
Excreção Renal
Classificação legal



Prescription only

Riscos na gravidez
e lactação
C (EUA)
Compostos relacionados
Compostos relacionados Benzisoxazol
Página de dados suplementares
Estrutura e propriedades n, εr, etc.
Dados termodinâmicos Phase behaviour
Solid, liquid, gas
Dados espectrais UV, IV, RMN, EM
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Zonisamida é um fármaco coadjuvante utilizado no tratamento da epilepsia.[1]

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Bloqueio específico de canais de sódio e potássio, impedindo a atividade elétrica anormal produzida pela epilepsia.[2]

Efeitos colaterais[2][editar | editar código-fonte]

Nomes comerciais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Epilepsia: Fármaco desenvolvido para controlar a doença[ligação inativa], no http://www.farmacia.com.pt ; Acesso em 19 Dez 2008
  2. a b «Relatório público europeu de avaliação, Zonegran» (PDF). Consultado em 19 de dezembro de 2008. Arquivado do original (PDF) em 31 de julho de 2007