Américo Brasiliense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Américo Brasiliense
"Cidade doçura"
Bandeira de Américo Brasiliense
Brasão de Américo Brasiliense
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 21 de Março
Fundação 1963 (50–51 anos)
Gentílico ameriliense
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Conceição Aparecida
CEP 14820-000
Prefeito(a) Cleide Aparecida Berti Ginato (PTB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Américo Brasiliense
Localização de Américo Brasiliense em São Paulo
Américo Brasiliense está localizado em: Brasil
Américo Brasiliense
Localização de Américo Brasiliense no Brasil
21° 43' 26" S 48° 06' 07" O21° 43' 26" S 48° 06' 07" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Araraquara IBGE/2008 [1]
Microrregião Araraquara IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Santa Lúcia (N), Araraquara (SO) e São Carlos (L)
Distância até a capital 280 km
Características geográficas
Área 123,429 km² [2]
População 34 144 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 276,63 hab./km²
Altitude 715 m
Clima tropical de altitude Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,788 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 466 226,686 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 14 206,00 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.americobrasiliense.sp.gov.br/site/
Câmara http://www.camaraamericobrasiliense.sp.gov.br/

Américo Brasiliense é um município brasileiro do estado de São Paulo, pertencente à microrregião de Araraquara. Sua população segundo o censo de 2010 é de 34.144 habitantes, e está praticamente Conurbada a Araraquara.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 123,5 km² que se eleva a 715 metros de altitude.

Demografia[editar | editar código-fonte]

População Total: 34.144 (Censo de 2010)

(Fonte: IPEADATA)

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é do tipo subtropical, com temperaturas médias anuais de 22°C, com inverno ameno, sendo raro o fenômeno da geada. Chuvas (1.250 mm) bem distribuídas durante o ano, sendo abundantes no verão e pequena a pluviosidade no inverno, derivada das intermitentes frentes frias que passam pela região nessa estação.

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

O município de Américo Brasiliense é um dos mais ricos em minas de água do estado de São Paulo; no total são 25 nascentes.

Relevo[editar | editar código-fonte]

A cidade está situada no Planalto Ocidental Paulista, desfrutando de uma suave topografia, com altitudes médias em torno de 700 metros, permitindo um fácil escoamento das águas pluviais, portanto, livre de enchentes.

Igreja Católica[editar | editar código-fonte]

O município pertence à Diocese de São Carlos.

Tendo 3 paróquias
  • Paróquia de São Judas Tadeu - Pe. Humberto Manoel (criada em 14 de Fevereiro de 2014)
  • Paróquia de Nossa Senhora Aparecida - Pe. Luis Gonçalves
  • Paróquia São Francisco de Assis - Côn. Alberto Rio

Economia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Agroindústrias[editar | editar código-fonte]

Américo Brasiliense teve escolhido o título "Cidade Doçura" pelo fato da atividade canavieira predominar no município. Localizada no município, a Usina Santa Cruz está entre as 15 maiores usinas do país, considerando-se o volume de cana moída e atende ao mercado nacional e internacional de açúcar e álcool e seus subprodutos energéticos.

Indústrias[editar | editar código-fonte]

Está sendo construída na cidade, pelo governo do estado de São Paulo a segunda Fundação para o Remédio Popular (FURP), que será responsável pela fabricação de 294 milhões de unidades de medicamentos por mês. Além da produção, a nova unidade vai priorizar a embalagem dos remédios em dose unitária com o objetivo de baratear ainda mais o preço. Essa inovação vai permitir às 246 Santas Casas do interior registradas na Furp uma redução de custos e maior controle na compra dos medicamentos. Na iniciativa privada, também encontramos inúmeras indústrias alocadas na cidade, entre elas a Whitford, que desenvolve e fabrica revestimentos antiaderentes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]