Assos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vista de Assos
Ruínas do Templo de Atena

Assos (em grego Άσσος), também conhecida por Behramkale[1] ou Behram, é uma pequena cidade historicamente rica, situada no distrito de Ayvacik, Província Çanakkale, na Turquia(a sul da Península de Biga, mais conhecida pelo antigo nome de Trôade).

Segundo Helânico de Lesbos, foi fundada por colonos de Lesbos no século VII a. C.. No século seguinte passou a ser dominada pelos lídios e depois pelos persas. Em 530 a. C. foi construido o templo a Atena[2] .

A cidade conheceu o seu apogeu no século IV a. C., governada primeiro por Eubulo e depois por Hérmias de Atarneu, que atraiu filósofos à cidade.

Em 348 a. C., depois de deixar a academia platónica de Atenas, Aristóteles (acompanhado de Xenócrates)[3] foi para Assos, onde foi recebido pelo rei Hérmias e abriu uma academia na cidade. Foi também aqui que casou com Pitias[4] , sobrinha do rei. Na Academia de Assos, Aristóteles tornou-se chefe de um grupo de filósofos que fizeram observações inovadoras nos campos da zoologia e biologia.[5]

Quando os persas atacaram Assos, o rei Hérmias foi preso e condenado à morte. Aristóteles teve que fugir para a Macedónia, governada por Filipe II e tornou-se tutor de Alexandre, o Grande.

Os persas foram expulsos por Alexandre e depois a cidade caiu nas mãos dos selêucidas, antes de ser integrada no reino de Pérgamo. Fez parte da República Romana em 133 a. C..

Assos também foi visitada por S. Paulo.[6]

Se Assos está actualmente em ruínas, Behramkale (o nome moderno da cidade) continua activa. Junto ao mar fica Iskele, uma pequena localidade, com velhas casas de pedra que servem actualmente fins turísticos. Existe uma pequena praia e são possíveis passeios de barco.

Referências