Caminhante Sobre o Mar de Névoa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde junho de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Caminhante Sobre o Mar de Névoa
Autor Caspar David Friedrich
Data 1818
Técnica Óleo sobre tela
Dimensões 98.4 cm × 74.8 cm
Localização Kunsthalle de Hamburgo

Caminhante Sobre o Mar de Névoa (em alemão: Der Wanderer über dem Nebelmeer, também conhecido como Viajante Sobre o Mar de Névoa) é uma pintura a óleo de 1818 do artista alemão Caspar David Friedrich.[1] A obra está no acervo da Kunsthalle de Hamburgo desde 1970.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Um homem está em pé sobre rochas observando uma paisagem alpina montanhosa coberta por névoa, de costas para quem observa a pintura, de modo que não é possível ver o seu rosto. Usando um sobretudo verde e segurando um bastão de caminhada na mão direita, o personagem possui uma postura muito ereta que lhe dá um ar calmo e controlado. O vento bate em seus cabelos loiros enquanto o caminhante observa os picos rochosos que se misturam com a névoa. É possível ver algumas árvores à distância, e as montanhas se misturam com o céu luminoso à medida que ficam mais longe do observador, criando um ar de mistério.

No quesito da composição, o homem está bem no centro da pintura, e as linhas horizontais das montanhas convergem para ele. O controno de duas montanhas, à direita e à esquerda do homem, parecem apontar para o seu coração. Há um forte contraste entre as vestes escuras que o homem usa e a claridade do céu e da neblina.

História[editar | editar código-fonte]

Apesar de aparentar estar em altas altitudes, a rocha onde o viajante está retratado provavelmente fica em um terreno baixo, num prado próximo ao rio Elba, nas cercanias de Dresden. O casaco verde que o personagem usa não é adequado para uma caminhada em montanhas, sendo na verdade utilizada pelas pessoas na cidade. Assim, o personagem não é um alpinista solitário, mas foi inspirado nas pessoas do povoado de Dresden, onde o pintor viveu por muito tempo.[2]

A imagem tornou-se um ícone do indivíduo romântico.[3]

Influência[editar | editar código-fonte]

O quadro foi utilizado na tampa de um jogo de tabuleiro chamado Fantastiqa[4] e foi usado para promover um festival canadense de música.[5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Wanderer Above the Sea of Fog Artchive.
  2. O Caminhante sobre o Mar de Névoa Deutschland.de. Visitado em 13 de junho de 2013.
  3. Conheça Viajante Sobre o Mar de Névoa, de Caspar David Friedrich Notícias Universia (4 de maio de 2012). Visitado em 7 de fevereiro de 2014.
  4. Fantastiqa - a new game from Gryphon Games.
  5. Tristan - Shaw Festival Cast.
Ícone de esboço Este artigo sobre pintura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.