Chevrolet Cobalt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Chevrolet Cobalt
Chevrolet Cobalt 2013 in Russia.JPG

Chevrolet Cobalt Global
Visão Global
Produção 2011 - presente Brasil
Fabricante Chevrolet, grupo General Motors
Modelo
Carroceria Sedan
Ficha técnica
Motor 1.4 e 1.8
Transmissão 5 marchas manual

6 marchas automática

Modelos relacionados Chevrolet Agile, Chevrolet Spin
Citroën C-Élysée
Peugeot 301
Ford New Fiesta
Fiat Siena
Renault Mégane (CAE 2003)
Renault Fluence
Renault Logan
Volkswagen Polo Sedan
Cronologia
Último
Último
Chevrolet Corsa Sedan (2011)
Próximo
Próximo

O Chevrolet Cobalt é um sedan compacto introduzido pela Chevrolet em 2011 no Brasil, para substituição do Chevrolet Corsa sedan. Ele figura entre os modelos sedã Prisma (inferior) e Sonic (superior), na atual linha de carros da marca no Brasil.

Compartilha com o Onix/Prisma e Spin plataforma mundial a T250, do Daewoo Kalos/Chevrolet Avelo ou Sonic (dependendo do mercado), produzidos de 1999 a 2011.

Não tem relação com o Cobalt produzidos nos Estados Unidos.

Nos Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Nos EUA o Cobalt era disponível nas versões cupê e sedã, baseado na plataforma Delta da GM, que também era partilhada com o Chevrolet HHR, Pontiac G5, Astra (Opel, Vauxhall, Holden, Marques e Saturn), e Opel Zafira. Entre as versões disponíveis, também havia uma variante Super Sport. Todos Cobalts foram produzidos na fábrica da GM em Lordstown, Ohio. De acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos, o Cobalt é um subcompacto.

A partir de 2009, a Chevrolet lançou o sucessor global do Cobalt, o Chevrolet Cruze (baseado na nova plataforma Delta II), primeiramente introduzido na Europa e depois, em 2010, nos Estados Unidos. A produção do Cobalt terminou em junho de 2010. A nova geração foi lançada em 2011 especialmente para os mercados latino-americanos.

Especificações[editar | editar código-fonte]

A suspensão dianteira é independente, tipo McPherson, tendo uma barra de torção semi-independente na parte traseira. A distância entre-eixos é de 2,62m, a largura é de 1,73m. O peso é de mediano, 1.216 kg para o cupê e 1.246 kg para o sedan. A potência do motor aumentou para 155 cv.

Mudanças[editar | editar código-fonte]

2006: LT é comercializado como um pacote de gama média, o nível de acabamento superior era a LTZ. Além disso, como a maioria dos outros veículos da GM esse ano, a marca da GM símbolo Excelência foi adicionado em ambos os pára-lamas dianteiros perto das portas.

2007: Ambos os motores foram preparados para proporcionarem mais potência, mantendo a mesma economia de combustível. O 2.2L Ecotec disponibilizava 148 cavalos, já a 2,4L Ecotec, 173 hp. Outras mudanças proporcionavam um volante, novo console, novos e nova unidade de cabeça de rádio que apresenta uma entrada de áudio.

2008: O 2,4L de aspiração natural, de alta potência SS cupê e sedã SS foram renomeados para apenas "Sport Coupe" e "Sport Sedan", respectivamente. O novo Cobalt SS possuía um motor de 260 cavalos turboalimentado, substituindo o motor Supercharged que foi oferecido 2005-2007. Airbags laterais para melhorar a segurança e leitor de MP3 tornam-se padrão ao invés de opcionais. É introduzido o sistema de controle de estabilidade StabiliTrak.

2009: O 2,4L de aspiração natural são substituídos pelo motor 2,2L proporcionando assim uma maior economia de combustível e maior potência. o Sedan SS foi adicionado à programação. Três cores exteriores foram alteradas, e as cores neutras interior excluída. capacidades Bluetooth foram adicionadas, assim como a opção por um indicador de performance reconfigurável. A RPD, disponível apenas no cupê SS, pode ler dados de saída de vários motores e alterar as configurações de desempenho.

Segurança[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Insurance Institute for Highway Safety (IIHS) o Cobalt tem classificação "Boa" para colisões frontais. No entanto, ele recebe um "Ruim" para impactos laterais, sem airbags de cortina laterais, e uma pontuação de "Aceitável" com airbags de cortina laterais. Em 2008, airbags de cortina laterais se tornaram padrão, mas a estrutura do Cobalt permanece a mesmo e, consequentemente, na estrutura categoria de segurança do impacto do IIHS, o Cobalt recebe uma pontuação de "Ruim". Airbags laterais são limitadas ao tipo de cortina, airbags laterais do tronco do tipo não estão disponíveis. De acordo com as medições do IIHS é levado prejuízo no teste de impacto lateral do tronco do condutor é dada uma pontuação de "Marginal".

Mercado[editar | editar código-fonte]

No início de 2007, 98.000 cupês Cobalt do ano 2005-06 foram retirados do mercado depois que se descobriu que não atendiam aos requisitos de segurança federais, devido à falta de proteção adequada em uma área específica. Isto resultou em uma vulnerabilidade inaceitável para lesões na cabeça, apesar de a GM alegar que a vulnerabilidade afetaria apenas os motoristas que não usassem cinto de segurança.

Em 2 de marco de 2010, a GM anunciou um recall de 1,3 milhão de carros compactos na América do Norte, incluindo o Chevrolet Cobalt, devido a problemas de direcção assistida. GM planeja fixar modelos mais antigos antes de fixar os modelos atuais, como o carro foi substituído pelo Chevrolet Cruze no final de 2010. O Pontiac G5 e suas variantes internacionais também foram afetados, apesar de a GM já tinha terminado a produção da marca Pontiac por esse ponto.

Mercados latinos[editar | editar código-fonte]

Chevrolet Cobalt
Último
Último
Próximo
Próximo

Em 2011, a General Motors do Brasil anunciou o Cobalt para o mercado brasileiro. Este modelo veio para substituir o Chevrolet Corsa sedan, ocupando também o espaço do já envelhecido Chevrolet Astra. O carro é equipado com motor 1.4 Econo.Flex. Embora esteticamente semelhante, o novo Cobalt não está diretamente relacionado ao Chevrolet Agile, dado que o primeiro compartilha as bases do Chevrolet Sonic/Aveo 2011,[1] enquanto o Agile compartilha a plataforma do Corsa B de 1993.

Em 2012 a Chevrolet lançou as novas motorizações 1.8, com a opção da transmissão automática de seis velocidades nos modelos 2013, nas versões LT e LTZ.

Referências

  1. Testes: Chevrolet Cobalt LTZ 1.4 8V - Quatro Rodas. quatrorodas.abril.com.br. Página visitada em 6 de junho de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.