Chevrolet Meriva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chevrolet Meriva
Chevrolet Meriva.jpg
Visão Geral
Nomes
alternativos
Vauxhall Meriva
Opel Meriva
Produção 2002 - 2012
Fabricante Chevrolet, Opel
Modelo
Classe Minivan monovolume
Carroceria Monovolume
Designer David Rand
Ficha técnica
Motor 1.8 8V Flexpower
1.4 8V EconoFlex
Transmissão 5 marchas, manual
5 marchas, automatizado Easytronic
Modelos relacionados Chevrolet Zafira
Fiat Idea
Honda Fit
Nissan Livina
Dimensões
Comprimento 4.042
Entre-eixos 2.630
Largura 1.694
Altura 1.573
Peso 1.820
Cronologia
Último
Último
Chevrolet Corsa SW
Chevrolet Spin
Próximo
Próximo


A Meriva é uma minivan compacta fabricada pela Chevrolet no Brasil e pela Opel na Europa. Feita a partir da mesma plataforma que do Chevrolet Corsa/Opel Corsa, desenvolvido comunemente por General Motors do Brasil e Opel[1] , foi lançada no Brasil e na Europa em 2002.

Totalmente projetada na filial brasileira da General Motors, a Meriva tem motores 1.4 Econo.Flex de 99/105 cv e 1.8 Flexpower, de 112/114 cv. Foi produzida na unidade de São José dos Campos (SP) e em Zaragoza, Espanha.

Feita para para substituir o Corsa Wagon, que apresentava baixas vendas em comparação aos seus principais concorrente na época (Fiat Palio Weekend, Volkswagen Parati). Deixou de ser produzida em 2012, devido a entrada da Chevrolet Spin, seguindo o conceito iniciado pela Livina, da Nissan.

A Opel, sucessora da GM na Europa, deu todos os créditos da produção da minivan Meriva para a Chevrolet brasileira[carece de fontes?], e acabou levando-a para a Europa, fazendo o caminho inverso de outros veíulos da Opel/Chevrolet, vindos de lá para cá.

Seus concorrentes no Brasil eram: Nissan Livina, Citroën Picasso, Fiat Idea, Honda Fit, Volkswagen Spacefox.

O nome "MERIVA é uma sigla, criada pela própria Chevrolet, embora esse nome esteja presente no Torá, Livro sagrado dos judeus e se pronuncia |meríva|. A Chevrolet afirma que o nome é uma junção aleatória de letras feitas por computador:

  • M - Monovolume
  • E - Elástico
  • R - Revolucionário
  • I - Inovador
  • V - Versátil
  • A - Ágil

História[editar | editar código-fonte]

Lançada em 2002, já como modelo 2003, a Meriva chegou com dois motores: 1.8 8V e 1.8 16V, e uma nomeclatura: CD. Em 2003, já modelo 2004, ela deixa o motor 1.8 16V e chega com motorização 1.8 Flexpower. Em 2004, a Chevrolet lança mais pacote de opicionais para sua minivan, acabando com a nomeclatura CD, e chegando com 4 novas versões: Joy, Maxx, Premium e SS (visual esportivo), todas com motores 1.8 Flexpower.

E assim ficou até metade de 2008, quando a Chevrolet lança o câmbio Easytronic, somente na versão Premium. Passado três meses, é adicionado na linha o motor 1.4 Econo.Flex (da linha Celta/Prisma), devido a queda nas vendas com motor 1.8, por causa do alto consumo. A estratégia adotada funcionou, aumentando notávelmente as vendas do Corsa, exclusivamente nas versões Joy e Maxx (que deixaram os motores 1.8). E o motor 1.8 aderiu totalmente o câmbio Easytronic, nas versões Expression (lançada especificamente para a versão automatizada), Premium e SS. Recebeu, também, uma leve reestilização, aderindo a gravata dourada da Chevrolet, sem o arco (nova linguagem da marca), e lanternas traseiras cromadas.

No início de 2012, as versões Expression e SS foram descontinuadas devido a vários problemas no quesito cambio automatizado, por ter seus principais adeptos os taxistas que utilizavam de forma absurda o cambio ate sua exaustão, o que gerou alto índice de rejeição por partes dos taxistas e um aumento no numero de reclamação nas concessionarias da GM. Devido a isto alguns opcionais, como Air Bag, passaram a ser de série nas versões Maxx e Premium, mantendo o preço.

Sua produção e da irmã Zafira foram encerradas em julho de 2012, com o lançamento da Série Collection, com 500 unidades de cada modelo, todos em verde metálico. Os modelos Opala (este como Collectors) e Vectra receberam a série no final de suas produções.

Crash Test[editar | editar código-fonte]

A Meriva (com airbag) recebeu da Latin NCap, 3 estrelas das 5 possíveis, na proteção de adulto, e 2 estrelas proteção criança,[2] pela Euro NCap ela recebeu 5 estrelas das 5 possíveis.[3] Isso acontece porque aqui no Brasil a Chevrolet economizou em alguns equipamentos de segurança.

Versões e motorizações (antes do final da produção)[editar | editar código-fonte]

  • "CD" - 1.8 Gasolina
  • Joy - 1.4 Econo.Flex
  • Maxx - 1.4 Econo.Flex
  • Premium - 1.8 Flexpower

Versões Extintas[editar | editar código-fonte]

  • Joy - 1.8 Flexpower
  • Maxx - 1.8 Flexpower
  • CD - 1.8 8V
  • CD 1.8 16V
  • Expression 1.8 Flexpower
  • SS Super Sport 1.8 Flexpower

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Chevrolet Imprensa - Brasil (2012). Chevrolet Meriva media.gm.com.. Página visitada em 21 October 2012. "Monovolume desenvolvido de forma global dentro da General Motors do Brasil e da Opel, subsidiária da GM na Europa, o Meriva está entre os modelos mais vendidos da Chevrolet no País"
  2. Lati Ncap - CHEVROLET - Meriva GL Plus + Airbag
  3. Euro Ncap - Opel/Vauxhall Meriva

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.