Claes Oldenburg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Claes Oldenburg, 2012
Claes Oldenburg, Plantoir, 2001

Claes Thure Oldenburg (Estocolmo, 28 de janeiro de 1929) é um escultor norte-americano de origem sueca[1] e é, entre Andy Warhol e Roy Lichtenstein, o mais importante representante do Pop Art americano.

Com Oldenburg, desaparece qualquer vestígio de pintura, permanecem apenas as coisas-imagem, ampliadas e exageradas nas cores berrantes, intrometidas demais num espaço que parece roubar a nossa existência. Tais presenças são exageradas pelo vazio, pela nulidade da consciência. Estando a tratar com uma "sociedade de consumo" mas corrente, a comida: está implícito que a "cultura de massa" também é uma espécie de comida.

Para Oldenburg é a comida americana, industrializada e padronizada: os hamburgers, os hot-dogs, os ice-creams que são diariamente introduzidos em quantidades industriais, como combustível nos fornos, nos tubos digestivos de milhões de americanos. Os modelos não são sequer essas comidas , mas sua publicidade em cores: claro, na sociedade de consumo primeiro vem a imagem publicitária, depois a coisa.

Referências

  1. Enciclopédia Britannica. Claes Oldenburg.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Claes Oldenburg
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.