Daniel Tani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Daniel Tani

Astronauta da NASA
Nacionalidade Estados Unidos norte-americano
Nascimento 1 de fevereiro de 1961 (53 anos)
Estados UnidosRidley Park, Pensilvânia, Estados Unidos
Missões STS-108, STS-120, Expedição 16, STS-122
Insígnia
da missão
Sts-108-patch.png Sts-120-patch.svg STS-122 patch.png ISS Expedition 16 patch.png

Daniel Michio Tani (Ridley Park, 1 de fevereiro de 1961) é um astronauta norte-americano.

Formado em engenharia mecânica pelo Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT), trabalhou após a universidade na Hughes Aircraft Corporation, como engenheiro projetista na área de comunicações e tecnologia espacial.

Selecionado pela NASA para o curso de astronauta em 1996, Tani foi qualificado como especialista de missão em 1998 e assumiu diversas funções técnicas na agência até subir ao espaço em dezembro de 2001, na missão STS-108 do ônibus espacial Endeavour, para onze dias em órbita, quando acumulou quatro horas de atividades extra-veiculares.

Neste vôo, em que Tani serviu como especialista de missão, a Endeavour levou até a ISS os integrantes da Expedição 4 e retornou com a equipe da Expedição 3, transferiu toneladas de equipamentos e suprimentos e instalou o módulo logístico multi-funcional Rafaello na estação espacial.

Em outubro de 2007, foi novamente ao espaço com a tripulação da nave Discovery na missão STS-120, como integrante da Expedição 16 que passou seis semanas na estação espacial, retornando à Terra em dezembro de 2007, a bordo da STS-122.

Ver também[editar | editar código-fonte]