Egon Mayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Egon Mayer
Nascimento 19 de Agosto de 1917
Constança, Bodensee
Morte 2 de Março de 1944 (26 anos)
Montmédy
Nacionalidade Alemanha Alemão
Cargo Kommodore da Jagdgeschwader 2
Serviço militar
Tempo de serviço 1937-1944
Patente Oberstleutnant
Unidades Jagdgeschwader 2
Batalhas/Guerras Segunda Guerra Mundial
Condecorações Espadas de Cruz de Cavaleiro

Egon Mayer (Constança, 19 de agosto de 1917Montmédy, 2 de março de 1944) foi um piloto alemão durante a Segunda Guerra Mundial.[1] [2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Entrou para a Luftwaffe no ano de 1937. Após concluir o seu treinamento de piloto, o Fahnenjunker Mayer foi enviado para a I./JG 2 no dia 6 de Dezembro de 1939.[2]

Com o início da Segunda Guerra Mundial, Mayer participou da Invasão da França, onde ele serviu juntamente com o 6./JG 2. A sua primeira vitória aérea veio no dia 13 de Junho de 1940 ao abater o caça francês Morane.[2]

Serviu na Jagdfliegerschule Werneuchen em 1 de Agosto de 1940, retornando em seguida para a JG 2 em Setembro de 1940, sendo então enviado para a 3./JG 2, com base em Beaumont-le-Roger na França. Abateu um caça Hurricane da RAF próximo de Portland no dia 7 de Outubro, sendo esta a sua segunda vitória.[2]

O Leutnant Mayer foi transferido para a 8./JG 2, e em seguida, em 10 de Junho de 1941, o então Oberleutnant Mayer foi designado Staffelkapitän da 7./JG 2, com base em St. Pol-Brias.[2]

Ao atingir a sua 20ª vitória aérea, foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro no dia 1 de Agosto de 1941. Mais tarde, em Novembro de 1942, o Hauptmann Mayer foi designado como sendo o Gruppenkommandeur do III./JG 2.[2]

No dia 23 de Novembro, Mayer atingiu as suas primeiras vitórias contra os bombardeiros quadrimotores da USAF, quando ele abateu neste dia dois B-17 e um B-24.[2]

Pelas suas ações em combate e por atingido a sua 63ª vitória, foi condecorado com as Folhas de Carvalho da Cruz de Cavaleiro no dia 16 de Abril de 1943 sendo o 232º soldado da Wehrmacht a receber esta condecoração. O Oberstleutnant Mayer foi designado Kommodore da JG 2 no dia 1 de Julho de 1943, após a saída do Oberst Walter Oesau (127 vitórias, RK-S, morto em ação 11 de Maio de 1944) para se tornar Jafü Bretagne.[2]

No dia 6 de Setembro de 1943 Meyer abateu, num período de 19 minutos, três bombardeiros quadrimotores B-17 da USAAF. Atingiu a sua 90ª vitória no dia 31 de Dezembro e no dia 5 de Fevereiro de 1944, foi o primeiro piloto a chegar nas 100 vitórias aéreas sobre o Canal da Mancha, ao abater um caça P-47 próximo de Arguen.[2]

Morte[editar | editar código-fonte]

Registrou a sua 101ª e a 102ª e última vitória no dia 6 de Fevereiro quando abateu dois caças P-47 em Sens. No dia 2 de Março de 1944, Mayer liderou uma formação de JG 2 contra aeronaves da USAF. Um P-47 que fazia a escolta atacou o Fw 190 A-6 (W.Nr. 470 468) de Mayer e ele foi abatido e morto próximo de Montmédy. Foi postumamente condecorado com as Espadas.[2]

Egon Mayer atingiu um total de 102ª vitórias aéreas confirmadas. Todas as suas vitórias foram na Frente Ocidental, destas, 26 era bombardeiros quadrimotores, 51 Spitfire e 12 caças P-47.[2]

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Egon Mayer (em português). Luftwaffe 39-45. Página visitada em 29 de março de 2009.
  2. a b c d e f g h i j k l m n o Egon Mayer (em inglês). Aces of the Luftwaffe. Página visitada em 29 de março de 2009.