Fernando Anitelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fernando Anitelli
Foto: Luiz Rodrigues
Informação geral
Nome completo Fenando Anitelli
Origem Presidente Prudente, SP
País  Brasil
Gênero(s) Pop rock
MPB
Instrumento(s) Voz
Violão
guitarra
Período em atividade 1988 - atualmente
Afiliação(ões) Madalena 19
Teatro Mágico
Fernando Anitelli Trio
Página oficial oteatromagico.mus.br

Fernando Anitelli (Presidente Prudente, 20 de maio de 1974) é um ator, músico, compositor e responsável pela criação do projeto O Teatro Mágico,[1] [2] um projeto que mistura arte circence, cultura, poesia e discussões políticas, nas quais Fernando debate assuntos relacionados a temas como a importância da arte e da cultura independente[carece de fontes?], pluraridade[3] e distribuição livre de conteúdo.[4] Atualmente mantém ainda um trabalho solo chamado "As Claves da Gaveta", se apresenta em formatos de voz e violão, dá palestras e oficinas relacionados à música e educação.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foto: Rodrigo Rosa

Fernando Anitelli nasceu em Presidente Prudente e foi criado na cidade de Osasco, São Paulo. Anitelli brincava com arranjos e melodias desde os 13 anos. Após entrar na Faculdade de Comunicação Social formou a banda Madalena 19, como primeira forma de amadurecimento como musico. Foram quase dez anos de ensaios e apresentações de pequeno porte.

Então Anitelli obtve experiências como ator, trabalhando com diretores como Oswaldo Montenegro, Ismael Araújo e Caio Andrade,[carece de fontes?] e outros tipos de oficinas e conhecimento que lhe renderam noções básicas de expressão corporal, domínio de palco e outros elementos vindos da escola do teatro, indispensáveis em seus shows.

Em 2011 lançou seu primeiro trabalho solo, As Claves da Gaveta com antigas composições suas. Este CD possui a licença Creative Commons, que permite que internautas obtenham as músicas por download digital gratuitamente. Anitelli é um defensor desta forma de licenciamento e distribuição de conteúdos musicais.[5]

Em 2014, participa do álbum "Sambô Em Estúdio e Em Cores, da banda Sambô, na faixa Tempo Perdido.[6]

O Teatro Mágico[editar | editar código-fonte]

Fernando Anitelli foi o responsável em dezembro de 2003 pela criação da trupe do Teatro Mágico projeto inspirado no livro O Lobo da Estepe do escritor alemão Hermann Hesse, de onde também originou-se o nome do primeiro álbum "Entrada para raros".

Foto: Luiz Rodrigues

A banda é composta pelo elenco:

  • Fernando Anitelli ( Voz e Violão)
  • Ricardo Braga ( Percussão)
  • Rafael dos Santos ( Bateria)
  • Guilherme Ribeiro ( Teclados)
  • Sergio Carvalho ( Baixo)
  • Daniel Santiago ( Guitarra)
  • Andrea Barbour (Bailarina Performática)
  • Kátia Tortorella (Bailarina Performática)

As Claves da Gaveta[editar | editar código-fonte]

Foto: Luiz Rodrigues

Há 15 anos, Fernando Anitelli tinha um amontoado de canções gravadas, em roupagem simples "voz e violão"... Músicas que se encontram na internet todas disponíveis para download em sites de compartilhamentos.

No ano de 2011 em um período de férias com o Teatro Mágico, Fernando anunciou a reformulação dessas canções em um novo Disco intitulado "As Claves da Gaveta" que foi lançado na internet dia 15 de março de 2011, com canções de outrora reformuladas com novas roupagens e arranjos reconstruídos.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Solo[editar | editar código-fonte]

Ano Título Formato
2011 As Claves da Gaveta CD e download digital

Com o Teatro Mágico[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]
Ano Título Formato
2003 O Teatro Mágico: Entrada para Raros CD
2008 O Teatro Mágico: Segundo Ato CD
2011 A Sociedade do Espetáculo CD
2013 Recombinando Atos CD
2014 Grão do Corpo CD
Álbuns Ao Vivo[editar | editar código-fonte]
Ano Título Formato
2007 Fragmentos III DVD
2008 Entrada para Raros - Ao Vivo DVD
2009 Segundo Ato - Ao Vivo DVD
2013 Recombinando Atos - Ao Vivo DVD

Outras Participações[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Anitelli participou do Fórum Social Mundial 2009 e foi convidado pelo MST e pela Marcha Mundial das Mulheres para cantar na cerimônia de recepção aos presidentes: Hugo Chavez (Venezuela), Fernando Lugo (Paraguai), Evo Morales (Bolívia) e Rafael Correa (Equador).[7]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]