Ford F-250

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ford F-250
'05-'07 Ford F-250 Crew Cab V10.JPG F-250 Cabine dupla
Visão Geral
Produção 1999 - 2012
Fabricante Ford
Modelo
Classe Pick-up grande
Ficha técnica
Motor MaxPower Diesel
Transmissão 5 Marchas Manual
Modelos relacionados
Chevrolet Silverado/Chevrolet D20, Dodge Ram
Dimensões
Comprimento 5.755 (comprimento total)
Entre-eixos 3.480
Largura 2.370(com retrovisores)
Altura 2.000
Tanque 110l
Cronologia
Último
Último
Ford F-1000
Ford Ranger 2013
Próximo
Próximo

A F-250 foi uma pickup produzida pela Ford do Brasil desde 1999, quando substituiu a F-1000 e descontinuada em 2012 para dar lugar a nova Ranger.

Características[editar | editar código-fonte]

Possui potência líquida máxima de 203cv (@2.900rpm) e torque líquido máximo de 56kgfm (@1.500rpm), além de capacidade máxima de tração (CMT) de 5.500kg. Está disponível nas versões cabine simples ou dupla.

Versões[editar | editar código-fonte]

A pick-up Ford F-250 Maxpower esteve disponível em sete variações de modelos:

Cabine Dupla:

Ford F250 4X4 MaxPower Cabine Dupla XLT

Ford F-250 4X2 MaxPower Cabine Dupla XLT

Ford F250 4X2 MaxPower Cabine Simples XL

Cabine Simples:

Ford F-250 4X4 MaxPower Cabine Simples XLT

Ford F-250 4X4 MaxPower Cabine Simples XL

Ford F-250 4X2 MaxPower Cabine Simples XLT

Ford F-250 4X2 MaxPower Cabine Simples XL com projetos 2012 da nova f-250

Histórico[editar | editar código-fonte]

Lançada em 1999 com duas opções de motor um 4.2 6 cilindros em linha a diesel da MWM de 180 cavalos de potência e 50,9 kgfm de torque e um a gasolina que contava com um motor 6 cilindros em V com 205 cavalos e 35,8 kgfm de torque que foi extinto dois anos depois.

Em 2003 foi lançada a versão cabine dupla. Exibindo um comprimento de 6,25 metros um entre-eixos 3,97 metros essa versão exigia ,segundo a lei federal, carteira C (a de vans) uma vez que seu peso bruto total excedia os 3500 quilos tolerados pela carteira B.

Em 2006 a F-250 passou por uma reestilização que se estendia do novo conjunto de faróis, grades e parachoques até a nova motorização e agora apresentava a tão esperada tração 4x4. A mecânica seguia a nova jurisdição adotando a injeção eletrônica e assim como a linha de caminhões da Ford a F-250 passou a contar com um motor da renomada marca Cummins. Esbanjando potencia esse propulsor de quatro cilindros contava com 203 cavalos de potência (20 a mais do que o ultimo modelo que tinha 6 cilindros)tudo isso devido ao novo sistema de injeção - que também fazia parte da frota de caminhões Ford.

Em 2012 deixou de ser produzida para dar lugar a Ford Ranger 2013, com um design mais atual e com maior tecnologia.

Mesmo com um motor mais potente que transformava a caminhonete em um poderoso off-road a nova F-250 deixou a desejar na aceleração e na velocidade final uma vez que ambas eram inferiores às marcas da F-250 6 cilindros, mas ainda sim superiores a da sua concorrente Dodge Ram.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]