Ford Mondeo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ford Mondeo
Ford Mondeo ST220 Blue.jpg
Visão Global
Nomes
alternativos
Ford Contour
Mercury Mystique  Estados Unidos
Produção 1993- presente
Brasil: 1995 - 2006
Fabricante Ford
Modelo
Classe D
Carroceria Sedan; Station Wagon; Hatchback
Ficha técnica
Motor Zetec e Duratec
Transmissão 5 marchas manual
4 marchas automática
Modelos relacionados Ford/Mercury Cougar
Jaguar X-type
Renault Laguna
Opel Vectra
Peugeot 406
Volkswagen Passat
Toyota Avensis
Nissan Primera
Honda Accord
Citroën C5
Mazda6
Tanque 62
Cronologia
Último
Último
Ford Sierra
Ford Versailles(Brasil)
Ford Fusion(Brasil)
Próximo
Próximo


O Ford Mondeo é um modelo de porte médio grande produzido pela Ford desde 1993 na planta de Genk, Bélgica. De início existiam três versões possíveis: hatchback, sedan e station wagon. Foi fabricado nos Estados Unidos sob o nome de Ford Contour, entre 1995 e 2000, tendo também tido uma versão para a Mercury, chamada de Mystique. No Brasil desde 1995, foi oferecido nas configurações hatch, sedan e station wagon.

Em 1997 este modelo foi reestilizado, procedendo-se apenas a modificações estéticas, já que a estrutura e motores mantiveram-se inalterados. O hatch deixou de ser oferecido no Brasil, mas ainda sendo vendido fora do país.

Em 2002 a Ford decidiu alterar profundamente o seu carro de segmento familiar: a estrutura, interiores, exteriores e mecânica foram totalmente revistos. Desde essa data, os motores Diesel passaram a ter tecnologia semelhante ao Common Rail e o design passou a ser influenciado pela nova política da marca, a qual chamou de New Edge.

Versões[editar | editar código-fonte]

No Brasil foi vendido em três versões: CLX, GLX e Ghia.

CLX: Ar-condicionado, banco do motorista com regulagem de altura, direção hidráulica escamoteável, vidros, travas e espelhos elétricos, desembaçador do vidro traseiro e retrovisores externos, air bag do motorista e cintos com pré-tensionadores.

GLX: todos os itens de série do CLX, acrescentando de airbag duplo, ar digital, banco do motorista elétrico, faróis de neblina, freio a disco com ABS nas quatro rodas, rodas de liga leve, e acabamento mais primoroso, tendo como opcionais bancos em couro e câmbio automático.

Ghia: todos os opcionais do CLX e GLX, contando com bancos em couro totalmente elétricos e com aquecimento, controle de tração e motor V6. Externamente, o que difere o V6 das demais versões é a presença de aerofólio, aro diferenciado, pára-lamas dianteiros com friso, e escape com ponteira cromada, além da inscrição V6 nos pára-lamas dianteiros.

As motorizações disponíveis em cada modelo são:

1993 - 1996: 1.8 16V de 115 cv; 2.0 16V de 136 cv

1997 - 1998: 2.0 16V de 130 cv

1999 - 2001: 2.0 16V de 130 cv; 2.5 24V V6 de 170 cv

Obs: Nos motores de dois litros a partir de 1999 foram adotados tuchos de acionamento mecânico, que até então eram acionados hidraulicamente.

O Duratec 2.5 24V V6 é dotado de 2 correntes para acionar os comandos e conta com coletor variável, é um dos mais leves motores V6, fabricado todo em alumínio. Na Europa existe um Duratec 3.0 de 226 cv que equipa a versão esportiva ST220.

2002 - 2006: 2.0 16V (Duratec) de 143 cv.

Em toda a Europa e América do Sul é chamado de Mondeo, nos EUA existe um modelo semelhante às gerações MK1 e MK2 conhecido como Contour.

A geração MK4 já foi lançada na Europa, inaugurando o novo conceito Kinetic, mas sua importação para o Brasil não é realizada pelas boas vendas do Ford Fusion.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]