Ford Motor Company

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Ford Motor Company
Ford logo.svg
Slogan "Go Further"
(em Inglês)
"Ir mais longe"
(em Português)
Tipo Empresa de capital aberto
Cotação NYSEF
Indústria Automotiva
Fundação 16 de junho de 1903 (111 anos)
Fundador(es) Henry Ford
Sede Estados Unidos Dearborn, Michigan
Presidente Alan Roger Mulally
Pessoas-chave William C. Ford Jr.,Alan Roger Mulally
Produtos Automóveis
Divisões FPV
Subsidiárias Troller •Lincoln
Página oficial www.ford.com.br

Ford Motor Company é uma produtora de automóveis estadunidense, uma das maiores do mundo, fundada em 1903 por Henry Ford. Sediada em Dearborn, subúrbio de Detroit, no estado de Michigan nos Estados Unidos, é constituída pelas marcas Ford, Lincoln, e recentemente a Troller, montadora de veículos off-road do estado do Ceará, no Brasil. Atualmente o C.E.O. da empresa é o engenheiro e executivo norte americano, Alan Mulally.

Sede da Empresa em Dearborn nos Estados Unidos.

História[editar | editar código-fonte]

A primeira companhia fundada por Henry Ford levava seu nome Henry Ford Company, em 3 de Novembro de 1901. Em 22 de Agosto do ano seguinte ela se tornou a Cadillac Company, logo depois Henry Ford deixa a companhia e carrega os direitos de seu nome. A Ford Motor Company foi fundada em 1903 com um investimento de US$ 28.000 de doze investidores, dentre eles os irmãos John Dodge e Horace Dodge (que futuramente sairiam da Ford e fundariam a Dodge). Durante os primeiros anos, a companhia produzia apenas alguns carros por dia em sua fábrica na Mack Avenue em Detroit, Michigan. Grupos de dois ou três homens trabalhavam em cada carro, fazendo a montagem com partes que em sua maioria eram produzidas por fornecedores contratados pela Ford. Na década seguinte a companhia passou a liderar o mundo com a expansão e refinamento com o seu conceito na área de linha de montagem. Ford trouxe a grande parte da produção das peças para dentro da fábrica em uma integração vertical que se mostrou um caminho muito melhor naquela era.

Em 1908, H. Ford introduz o primeiro motor com cabeça de cilindro removível no Modelo T. Após o primeiro carro moderno ter sido criado em 1886 pelo alemão Carl Benz (Benz Patent-Motorwagen), métodos de produção mais eficientes eram necessários para tornar o automóvel mais acessível para a classe média. Com o isso, em 1913 Henry Ford desenvolveu a primeira linha de montagem móvel, decaindo os preços na produção. Tão eficiente que a ideologia de produção de Ford é usado até hoje, 100 anos depois e sendo administrado pela família durante todo esse tempo. Henry Ford tinha 39 anos quando fundou a Ford Motor Company, que logo se tornou a maior e mais lucrativa companhia do mundo, além de sobreviver a grande depressão de 1929.

Já na década de 30, Ford apresenta o Modelo A, o primeiro carro com o vidro para-brisa temperado para maior segurança. Lança o primeiro motor V8 de baixo custo em 1932. Mais de 20 anos depois, em 1956, a fábrica passa a oferecer o primeiro pacote de segurança automotiva que incluía inovações como volante com regulagem de profundidade, grade frontal, os primeiros cintos-de-seguranças dos bancos traseiros e um painel de instrumentos opcional. Além das travas de seguranças para crianças na porta em 1957 e nesse mesmo ano a primeira capota rígida retrátil e um carro de seis lugares produzido em massa. O Ford Mustang é introduzido na linha produção em 1964 e no ano seguinte a inovadora luz-de-aviso do cinto de segurança.

Nos anos 80, vários veículos de sucesso são apresentados pela Ford ao redor do mundo. Com isso a Ford surge com o seu primeiro grande slogan "Have you driven a Ford, lately" (Você tem dirigido um Ford, ultimamente?) com a intenção de trazer novos consumidores para a marca e fazer com seus que seus veículos parecessem mais modernos. Respectivamente em 1990 e 1994, a Ford compra a Jaguar Cars e a Aston martin. Nos meados do anos 90, a companhia continua a vender uma grande quantidade de veículos, em uma economia americana estável e com baixo preço de combustível. Com a chegada do novo milênio, os gastos com planos de saúde, aumento do preço de combustível e a economia se desfazendo em um mercado em quedas, ocasionou o declínio das vendas e a redução da margem de lucros. A maior parte do lucro da empresa hoje vem do crédito de financiamento fornecido pela Ford Motor Credit Company.

Ford Século XXI[editar | editar código-fonte]

A Ford nos últimos anos vem passando por uma reformulação com vistas a redução de folha de pagamento e custos de produção. Vendeu algumas marcas do seu acervo, tais como a Aston Martin, Land Rover, Jaguar e Volvo.

O conceito de carro global atualmente é uma coisa necessária em função de redução de custos de produção e ciente disso a Ford já elegeu seu carro chefe dessa nova fase: O Ford Fiesta. Carro elaborado com base no conceito Verve é o novo projeto global da marca, a Ford disse recentemente em nota oficial de que o novo Ford Fiesta é o Ford T do século XXI.

Esse lançamento vem com certeza firmar a boa participação da Ford no velho continente.

No ano de 2008 a Ford lidera as vendas de automóveis por lá vendendo até agosto mais de um milhão de automóveis.Com relação ao seu principal mercado, os EUA, a Ford pretende depois de muitos anos lançar o novo Fiesta por lá. O novo Fiesta será fabricado no México e comercializado em toda américa do norte. Existem especulações de que não só o novo Fiesta bem como o novo Ford Ka seria também comercializado na América do Norte.

Ford e Suas Pesquisas em Combustíveis Alternativos[editar | editar código-fonte]

Com toda essa crise girando em torno do petróleo e por ser o petróleo uma riqueza não renovável faz-se mister pesquisar mais profundamente outras variações de combustíveis que não sejam derivados de petróleo. E é isso que a quase duas décadas vem fazendo a Ford em seu seu Centro de Pesquisa em Aachen na Alemanha.

Ford no Brasil[editar | editar código-fonte]

A Ford do Brasil começou seus primeiros investimentos em 1919, sendo a primeira produtora de automóveis a se instalar no Brasil. Possui atualmente fábricas nas cidades paulistas de São Bernardo do Campo, Taubaté e sede na cidade baiana Camaçari (BA), além de um campo de provas na cidade de Tatuí - SP.

O Crossover estadunidense de luxo Ford Edge.

Modelos comercializados no Brasil[editar | editar código-fonte]

O modelo Ford EcoSport.

Outros modelos[editar | editar código-fonte]

O novo conceito da Ford Ford Verve do qual derivou o New Fiesta.
O novo conceito da Ford Ford Verve do qual derivou o New Fiesta.
Ford Street Ka - versão conversível européia do Ford Ka.

Tratores[editar | editar código-fonte]

Trator Ford 8 BR Diesel, modelo 1963

Em 1960 a Ford Motor Company lançou o seu primeiro trator agrícola produzido no Brasil, o Ford 8-BR Diesel, modelo muito popular que foi fabricado até 1976. Os primeiros modelos eram pintados nas cores verde e amarelo, em homenagem às cores da nossa bandeira. Posteriormente saiam de fábrica pintados de azul médio. Nos primeiros anos de produção o trator vinha equipado com um motor diesel de 44 cavalos de potencia. "A produção do primeiro trator nacional foi iniciada em 1960, sendo que coube à Ford Motor do Brasil S.A. a apresentação do 1º trator brasileiro, cujo lançamento se deu a 09/12/1960, em solenidade especial." "Nesse mesmo ano de 1960, segundo a A.N.F.A.V.E.A., foram produzidos no país, 37 unidades. No ano seguinte, a produção nacional de tratores se elevou a 2.466 e, em 1962, o número de tratores atingiu a marca de 11.092 unidades. Em 1963 e 1964, os recordes de produção foram quebrados, alcançando as cifras de 22.110 e 33.399 unidades respectivamente, sendo que em 1964, os dados se referiam até o mês de Outubro." Segundo a revista Mundo Agrícola de Junho de 1965, edição Nº 162 - Caderno especial sobre Mecanização Agrícola. Até o início dos anos 60, todos os tratores vendidos no Brasil eram importados. A produção de um trator no país começou a tomar forma na década de 60, com a implantação de empresas estrangeiras por aqui, e o encarecimento do produto importado. A Ford do Brasil já produzia caminhões e picapes desde a década de 1950 por isso poderiam se aventurar em produzir um trator agrícola, que antes do lançamento havia sido rigorosamente testado na Fazenda Experimental Ipanema, do Ministério da Agricultura, na cidade de Sorocaba, São Paulo. Durante o II Salão do Automóvel realizado no ano de 1961 no Pavilhão da Indústria e do Comércio do Parque do Ibirapuera em São Paulo, o Presidente Juscelino Kubitschek, um dos maiores incentivadores da indústria automobilística nacional (e também dos tratores), foi fotografado sentado no recém lançado trator Ford 8-BR Diesel em exibição naquele salão.

Modelos conceituais[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]