Gilberto Ribeiro Gonçalves

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gil
Informações pessoais
Nome completo Gilberto Ribeiro Gonçalves
Data de nasc. 13 de setembro de 1980 (34 anos)
Local de nasc. Andradina (SP),  Brasil
Nacionalidade  Brasil
Altura 1,72 m
Canhoto
Apelido Gil, Legislador
Informações profissionais
Clube atual Sem Clube
Posição Atacante
Clubes de juventude
19952000 Brasil Corinthians
Clubes profissionais12
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20002005
20052006
2006
20062007
20072008
2008
20092010
2011
2014
Brasil Corinthians
Japão Verdy Tokyo
Brasil Cruzeiro
Espanha Gimnàstic
Brasil Internacional
Brasil Botafogo (emp.)
Brasil Flamengo
Brasil União Mogi
Brasil ABC
0263 000(57)
0016 0000(2)
0014 0000(3)
0019 0000(0)
0030 0000(5)
0017 0000(1)
0002 0000(0)
0000 0000(0)
Seleção nacional3
2003 Brasil Brasil 0006 0000(2)


1 Partidas e gols pelo clube profissional
contam apenas partidas das ligas nacionais,
atualizados até 30 de Maio de 2009.
2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 30 de Maio de 2009.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 30 de Maio de 2009.

Gilberto Ribeiro Gonçalves (Andradina, 13 de setembro de 1980), conhecido como Gil, é um ex-jogador de futebol brasileiro que atua na posição de atacante. Atualmente está sem clube.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Revelado pelo Corinthians, Gil começou a aparecer ao futeol nacional em 2001, quando foi campeão paulista e vice - campeão da copa do brasil de 2001 ,Gil ganhou destaque com as conquistas do torneio Rio-São Paulo e Copa do Brasil de Futebol de 2002 quando formava um bom lado esquerdo com Kléber e Ricardinho. Também ficou conhecido como um dos jogadores mais rápidos do futebol brasileiro na época que defendia o Corinthians. Naquela mesma temporada ganhou a cobiçada Bola de Prata de Placar, em um Campeonato Brasileiro no qual a sua equipe havia sido vice-campeã. Em relação à sua conquista pessoal, o jogador já sonhava com ela: "vi uma [ Bola de Prata ] na casa do Luizão e passei a sonhar com a minha" .[1]

Apesar de, junto com seu empresário, Gilmar Rinaldi, ter traçado um plano de carreira que, na ordem, o levaria à seleção, o faria, em seguida, titular dela e, por último, visava à sua transferência ao exterior [2] ,Gil foi Campeão Paulista de 2003 sendo o jogador mais talentoso do elenco, a dramática eliminação corintiana na Libertadores de 2003 para o River Plate, da Argentina, e as instáveis campanhas do clube nas competições seguintes, que quase culminaram no rebaixamento alvinegro para a segunda divisão paulista de 2004, fizeram com que Gil perdesse um valioso espaço dentro do Parque São Jorge.

Em 2005, com a chegada de Carlos Tévez ao Corinthians, contratado pela MSI, o prata da casa perdeu a camisa 10 e foi negociado para o futebol japonês, mas retornou ao Brasil para defender o Cruzeiro. Jogou no clube mineiro até agosto daquele ano quando foi vendido ao Gimnàstic de Terragona, da Espanha, por 1,2 milhão de dólares. Em agosto de 2007, Gil rescindiu seu contrato com a equipe espanhola e se transferiu para o Internacional. Em meados de 2008, foi emprestado ao Botafogo para disputa do Campeonato Brasileiro de 2008 e em 2009 voltou para o Internacional. Afastado do grupo principal do Internacional, em 2009 foi para o Flamengo em que teve poucas chances, e em 2010 teve seu contrato encerrado. Desde então,permaneceu sem clube.[3] Em agosto de 2011, acertou com o União, de Mogi das Cruzes, para a disputa da 4ª divisão paulista.[4]

Em 2013, após quase três anos longe dos gramados, Gil não sabe se ainda volta ao futebol. Para que isso ocorra, o ex-corintiano impôs uma única condição: ser contratado por um clube paulista competitivo. Caso contrário, ele afirma ter se preparado financeiramente para concretizar sua aposentadoria.[5]

Após tanto tempo longe dos gramados, Gil acabou encerrando sua carreira de forma precoce, aos 32 anos. O jogador não recebeu propostas e não pode continuar atuando profissionalmente. Seu último clube foi o União Mogi, do Interior de São Paulo.

Gil foi contratado pelo ABC de Natal para disputar o restante da Série B de 2014, com contrato firmado até março de 2015.[6] Gil acabou sendo dispensado pelo ABC após ter uma queda do rendimento apresentada no decorrer dos treinos realizados.[7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Cruzeiro
Internacional
Flamengo

Prêmios Individuais[editar | editar código-fonte]

Corinthians

Referências

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.