Grande Prêmio da Austrália de 2014 (Fórmula 1)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Grande Prêmio da Austrália de F-1 2014
Albert Lake Park Street Circuit in Melbourne, Australia.svg
Grande Prêmio da Austrália de 2014 (Fórmula 1).
Detalhes da corrida
Data 16 de março de 2014
Nome oficial 2014 Formula 1 Rolex Australian Grand Prix
Local Circuito de Albert Park
Percurso 5 303 km
Total 58 voltas / 307,574 km
Pole
Piloto
Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes
Tempo 1:44.231
Volta mais rápida
Piloto
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Tempo 1:32.478 (na volta 57)
Pódio
Primeiro
Alemanha Nico Rosberg Mercedes
Segundo
Dinamarca Kevin Magnussen McLaren
Terceiro
Reino Unido Jenson Button McLaren

O Grande Prêmio da Austrália de 2014 (formalmente denominado 2014 Formula 1 Rolex Australian Grand Prix)[1] foi uma corrida realizada no Circuito de Albert Park em Melbourne em 16 de março de 2014 como etapa de abertura[2] do mundial de Fórmula 1. A Mercedes fez a pole position com Lewis Hamilton e venceu com Nico Rosberg.

O regulamento da temporada de temporada de 2014 permitiu a volta dos motores V6 turbo[3] cuja última participação fora na Austrália em 1988. Esta é a 79ª edição do Grande Prêmio da Austrália e a 30ª válida pelo mundial de Fórmula 1 a partir da vitória de Keke Rosberg em 1985.[4]

O Alemão Nico Rosberg venceu pela quarta vez na carreira pilotando um Mercedes F1 W05. Quase 30 segundos depois cruzou Kevin Magnussen numa McLaren MP4-29 obtendo, já em sua estreia, o primeiro pódio dinamarquês na categoria e em terceiro ficou Jenson Button que atingiu 50 pódios. Originalmente segundo colocado, o australiano Daniel Ricciardo foi desclassificado após uma inspeção técnica constatar irregularidades no fluxo de combustível de sua Red Bull.[5]

Pneus Utilizados[editar | editar código-fonte]

Nome do composto Cor Banda de rolamento Condições de condução Dry Type* Aderência Longevidade
Macio Neumático F1 Blando.png Slick Seco Soft Médio Médio
Médio Neumático F1 Medio.png Slick Seco Medium Médio Médio

Resultados[editar | editar código-fonte]

Treino Classificatório[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Q1 Q2 Q3 Grid
1 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 1:31.699 1:42.890 1:44.231 1
2 3 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 1:30.775 1:42.295 1:44.595 2
3 6 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 1:32.564 1:42.264 1:45.087 3
4 20 Dinamarca Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 1:30.949 1:43.247 1:45.745 4
5 14 Espanha Fernando Alonso Ferrari 1:31.388 1:42.805 1:45.819 5
6 25 França Jean-Éric Vergne STR-Renault 1:33.488 1:43.849 1:45.864 6
7 27 Alemanha Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 1:33.893 1:43.658 1:46.030 7
8 26 Rússia Daniil Kvyat STR-Renault 1:33.777 1:44.331 1:47.368 8
9 19 Brasil Felipe Massa Williams-Mercedes 1:31.228 1:44.242 1:48.079 9
10 77 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes 1:31.601 1:43.852 1:48.147 151
11 22 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 1:31.396 1:44.437 10
12 7 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 1:32.439 1:44.494 11
13 1 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 1:31.931 1:44.668 12
14 99 Alemanha Adrian Sutil Sauber-Ferrari 1:33.673 1:45.655 13
15 10 Japão Kamui Kobayashi Caterham-Renault 1:34.274 1:45.867 14
16 11 México Sergio Pérez Force India-Mercedes 1:34.141 1:47.293 16
17 4 Reino Unido Max Chilton Marussia-Ferrari 1:34.293 17
18 17 França Jules Bianchi Marussia-Ferrari 1:34.794 18
19 21 México Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 1:35.117 221
20 9 Suécia Marcus Ericsson Caterham-Renault 1:35.157 19
21 8 França Romain Grosjean Lotus-Renault 1:36.993 20
22 13 Venezuela Pastor Maldonado Lotus-Renault No Time 21
Tempo dos 107%: 1:37.129
Fonte:[6]
Notas

Corrida[editar | editar código-fonte]

Pos. Nu. Piloto Construtor Voltas Tempo/Retirado Grid Pontos
1 6 Alemanha Nico Rosberg Mercedes 57 1:32:58.710 3 25
2 20 Dinamarca Kevin Magnussen McLaren-Mercedes 57 +26.777 4 18
3 22 Reino Unido Jenson Button McLaren-Mercedes 57 +30.027 10 15
4 14 Espanha Fernando Alonso Ferrari 57 +35.284 5 12
5 77 Finlândia Valtteri Bottas Williams-Mercedes 57 +47.639 15 10
6 27 Alemanha Nico Hülkenberg Force India-Mercedes 57 +50.718 7 8
7 7 Finlândia Kimi Räikkönen Ferrari 57 +57.675 11 6
8 25 França Jean-Éric Vergne Toro Rosso-Renault 57 +1:00.441 6 4
9 26 Rússia Daniil Kvyat Toro Rosso-Renault 57 +1:03.585 8 2
10 11 México Sergio Pérez Force India-Mercedes 57 +1:25.916 16 1
11 99 Alemanha Adrian Sutil Sauber-Ferrari 56 +1 Volta 13
12 21 México Esteban Gutiérrez Sauber-Ferrari 56 +1 Volta 22
13 4 Reino Unido Max Chilton Marussia-Ferrari 55 +2 Voltas 17
Ret 17 França Jules Bianchi Marussia-Ferrari 49 +8 Voltas 18
Ret 8 França Romain Grosjean Lotus-Renault 45 ERS 20
Ret 13 Venezuela Pastor Maldonado Lotus-Renault 31 ERS 21
Ret 9 Suécia Marcus Ericsson Caterham-Renault 29 Pressão do óleo 19
Ret 1 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull-Renault 5 Motor 12
Ret 44 Reino Unido Lewis Hamilton Mercedes 4 Cilindro 1
Ret 19 Brasil Felipe Massa Williams-Mercedes 0 Batida 9
Ret 10 Japão Kamui Kobayashi Caterham-Renault 0 Batida 14
DSQ 3 Austrália Daniel Ricciardo Red Bull-Renault 57 Desclassificado 2
Fonte:[7]

Tabela do campeonato após a corrida[editar | editar código-fonte]

Observe que somente as cinco primeiras posições estão incluídas na tabela.

Referências

Prova Anterior:
Campeonato do Mundo da FIA
Fórmula 1, Temporada 2014
Próxima Prova:
GP da Malásia de 2014

Prova Anterior:
GP da Austrália de 2013
Grande Prêmio da Austrália Próxima Prova:
GP da Austrália de 2015