IJN Musashi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
IJN Musashi
Japanese battleship Musashi.jpg
Musashi deixando Brunei em outubro de 1944 para ir a Batalha do Golfo de Leyte.
Carreira
Operador Marinha Imperial Japonesa
Homônimo Província de Musashi
Estaleiro Estaleiro Mitsubishi,Nagasaki
Batimento de quilha 29 de março de 1938
Lançamento 1 de novembro de 1940
Comissionamento 5 de agosto de 1942
Descomissionamento 31 de agosto de 1945
Estado Afundado durante a Batalha do Golfo de Leyte,24 de outubro de 1944
Características gerais
Tipo de navio Couraçado
Classe classe Yamato
Tonelagem 69 200 t
Comprimento 263 m
Boca 36,9 m
Calado 10,86 m
Velocidade 27,46 nós (50,86 km/h)
Blindagem
Cinturão de 410 mm
Anteparas de 300 a 340 mm
Barbetas de 380 a 560 mm
Torreta de 240 a 650 mm
Convés de 200 a 230 mm
Armamento
1942:
3 canhões de 460 mm
4 canhões triplos de 155 mm
6 canhões de 127 mm
12 canhões anti-aéreos de 25 mm
2 canhões anti-aéreos de 132 mm

1944:
3 canhões de 460 mm
2 canhões triplos de 155 mm
6 canhões de 127 mm
35(triplo),25 canhões anti-aéreos de 25 mm
2 canhões anti-aéreos de 132 mm
Aeronaves 6 a 7 Hidroaviões
Tripulação 2 500(1942) ,2 800(1944)

IJN Musashi (em japonês 武蔵) traduzido literalmente quer dizer Tesouro da Força Militar foi um grande couraçado da Marinha Imperial Japonesa.[1]

Foi o segundo a ser construído de uma classe de dois navios super-couraçados, a classe Yamato, e juntamente com o seu navio-irmão (com o nome da classe) formavam a mais poderosa classe jamais construída.

Design[editar | editar código-fonte]

A marinha já havia previsto que seria impossível acompanhar a produção americana, logo o tamanho e seu armamento foram desenhados para ser superior individualmente aos couraçados americanos.

Contando com 4 turbinas a vapor produzindo em um total de 110.000 KWh e com os maiores canhões navais jamais montados em um navio de guerra.É notório o uso de canhões secundários de 155 mm,usados em cruzadores da classe Mogami,dois deles foram removidos enquanto o navio se encontrava em reparos para o aumento de sua bateria anti-aérea.

Afundamento[editar | editar código-fonte]

O navio foi bombardeado com 19 torpedos,17 bombas e 20 balas de canhão e continuou a operar, most randy sua superioridade perante a outros couraçados da marinha japonesa.[2]

Foi afundado em 24 de Outubro de 1944 na Batalha do Golfo de Leyte após várias horas de combate ininterrupto contra centenas de aviões americanos.

1.376 de seus tripulantes foram resgatados, metade dos sobrevivente foi evacuados para o Japão e outra metade para defender as Filipinas.

Representação artística.
Musashi11 sob ataque durante a Batalha do Golfo de Leyte quando foi afundado.
O imperador Hirohito (no centro da primeira fila) a bordo do Musashi na Base Naval de Yokosuka(1943).

Referências

  1. Donald Macintyre. O ocaso do Musashi Golfo de Leyte, Ed. Renes. Página visitada em 17 de dezembro de 2012. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2012.
  2. A exata quantidade de danos que Musahsi tomou é desconhecida;fontes japonesas dizem que foram 11 torpedos e 10 bombas.Garzke & Dulin dizem que foram 20 torpedos e 10 bombas.E uma análise feita pelo US Naval Technical Mission to Japan dizem que foram 10 torpedos e 16 bombas.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.