Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia

Coat of arms of Brazil.svg
Organização
Natureza jurídica Agência executiva
Atribuições Metrologia, Qualidade e Tecnologia
Dependência Governo Federal do Brasil
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
Localização
Jurisdição territorial Brasil
Sede Rio de Janeiro
Histórico
Antecessor Instituto Nacional de Pesos e Medidas
Criação 11 de dezembro de 1973
Sítio na internet
www.inmetro.gov.br
Fiscal do Inmetro vistoria caminhão que transporta produtos perigosos no Distrito Federal.

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) é uma autarquia federal brasileira, no formato de uma agência executiva, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Atuação do Inmetro[editar | editar código-fonte]

Ele atua como Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro), um colegiado interministerial, que é o órgão normativo do Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Sinmetro).

O Sinmetro, o Conmetro e o Inmetro foram criados pela Lei 5.966, de 11 de dezembro de 1973. Nesta ocasião, o Inmetro substitui o então Instituto Nacional de Pesos e Medidas (INPM), para ampliar significativamente o seu raio de atuação a serviço da sociedade brasileira.

No âmbito de sua ampla missão institucional, o Inmetro objetiva fortalecer as empresas nacionais, aumentando sua produtividade por meio da adoção de mecanismos destinados à melhoria da qualidade de produtos e serviços, bem como através do apoio ao desenvolvimento de inovações tecnológicas. Desta forma, adota como sua missão a promoção da qualidade de vida do cidadão e a competitividade da economia brasileira por meio da Metrologia e da Avaliação da conformidade.

Dentre as competências e atribuições do Inmetro, destacam-se:

  • Executar as políticas brasileiras de Metrologia e da Avaliação da Conformidade;
  • Verificar a observância das normas técnicas e das normas legais, no que se refere às unidades de medida, métodos de medição, medidas materializadas, instrumentos de medição e produtos pré-medidos;
  • Manter e conservar os padrões das unidades de medida, assim como implantar e manter a cadeia de rastreabilidade dos padrões das unidades de medida no País, de forma a torná-las harmônicas internamente e compatíveis no plano internacional, visando, em nível primário, à sua aceitação universal e, em nível secundário, à sua utilização como suporte ao setor produtivo, com vistas à qualidade de bens e serviços;
  • Fortalecer a participação do Brasil nas atividades internacionais relacionadas com Metrologia e Avaliação da Conformidade, além de promover o intercâmbio com entidades e organismos estrangeiros e internacionais;
  • Prestar suporte técnico e administrativo ao Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - Conmetro, bem como aos seus comitês de assessoramento, atuando como sua Secretaria-Executiva;
  • Fomentar a utilização da técnica de gestão da qualidade nas empresas brasileiras;
  • Planejar e executar as atividades de acreditação (credenciamento) de laboratórios de calibração e de ensaio, de provedores de ensaios de proficiência, de organismos de certificação, de inspeção, de treinamento e de outros, necessários ao desenvolvimento da infra-estrutura de serviços tecnológicos no Brasil; e
  • Coordenar, no âmbito do Sinmetro, a certificação compulsória e voluntária de produtos, de processos, de serviços e a certificação voluntária de pessoal;
  • Apoiar a inovação tecnológica na indústria nacional.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Durante o Primeiro Império, foram feitas diversas tentativas de uniformização das unidades de medir brasileiras. Mas apenas em 26 de junho de 1862, Dom Pedro II promulgava a Lei Imperial nº 1157 e com ela oficializava, em todo o território nacional, o sistema métrico decimal francês. O Brasil foi uma das primeiras nações a adotar o novo sistema, que seria utilizado em todo o mundo.

Com o crescimento industrial do século seguinte, fazia-se necessário criar no país instrumentos mais eficazes de controle que viessem a impulsionar e proteger produtores e consumidores.

Assim, em 1961, foi criado o Instituto Nacional de Pesos e Medidas (INPM), que implantou a Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade, o atual Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (IPEM), e instituiu o Sistema Internacional de Unidades (SI) em todo o território nacional.

Logo, verificou-se que isso não era o bastante. Era necessário acompanhar o mundo na sua corrida tecnológica, no aperfeiçoamento, na exatidão e, principalmente, no atendimento às exigências do consumidor. Era necessária a Avaliação da Conformidade.

Em 1973, em complementação ao Conselho Interministerial de Preços (CIP), nascia então o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial.

Apoio à inovação[editar | editar código-fonte]

Ao longo das últimas décadas, o Inmetro tem construído uma robusta infraestrutura científica e tecnológica. Com o lançamento, pelo Governo Federal, do Plano Brasil Maior essa infraestrutura passou também a ser empregada no apoio ao desenvolvimento tecnológico e inovação da indústria nacional.

Trabalhando em 42 laboratórios, a instituição conta com 190 doutores e 301 mestres. Em 2011 esses mestres e doutores foram responsáveis pela publicação de 220 artigos científicos em periódicos indexados e pela manutenção de um estoque de 7 patentes.

Dentre as áreas e subáreas científicas nas quais o Inmetro tem capacidade de realizar ensaios, testes e calibrações destacam-se:

  • Nanomateriais;
  • Biotecnologias;
  • Química orgânica;
  • Mecânica de precisão;
  • Força e atrito;
  • Óptica;
  • Fluidos;
  • Elétrica;
  • Acústica;
  • Software etc.

Objetivando otimizar o uso social das capacitações tecnológicas internas, foram criadas duas iniciativas, a Incubadora de Empresas e Projetos e o Parque Tecnológico do Inmetro. Ambas se localizam no Campus do Inmetro que por sua vez localiza-se em Xerém, distrito do Município de Duque de Caxias na baixada fluminense.

Marca Inmetro[editar | editar código-fonte]

A marca institucional do Inmetro é registrada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), garantindo sua propriedade.

O Certificado de Registro de Marca nº 821105124, tem como característica os serviços de regulamentação metrológica, verificação e fiscalização de instrumentos de medição e mercadorias pré-medidas, manutenção e disseminação dos padrões das unidades de medida, referenciando-os, direta ou indiretamente aos padrões internacionais.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]