João Bosco & Vinícius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de João Bosco e Vinícius)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
João Bosco & Vinícius
Informação geral
Origem Campo Grande, MS
País  Brasil
Gênero(s) Sertanejo
Período em atividade 1994 - presente
Gravadora(s) Universal
Página oficial jbev.com.br

João Bosco & Vinícius são uma dupla de cantores de música sertaneja do Brasil formada por João Bosco Homem de Carvalho Filho (Rondonópolis, 11 de setembro de 1981) e Vinícius Fernando Karlinke (Naviraí, 31 de dezembro de 1980).

História[editar | editar código-fonte]

João Bosco e Vinícius se conheceram em 1991 com 10 anos de idade cada, na cidade de Coxim, onde residiam. Em [1993] participaram do Festival da Canção, não como dupla, e sim como adversários, concorrendo ao prêmio com outros jovens. O festival finalizou com os dois empatados em segundo lugar. Depois disso parentes e amigos incentivaram a formação da dupla. A idéia não foi aceita inicialmente, mas quando João Bosco e Vinícius, por si sós, decidiram que não mais cantariam sozinhos, deixaram para trás as pequenas participações em festivais para apresentarem-se em bares e eventos do Mato Grosso do Sul.

Em 1999 rumaram do interior para capital sul-matogrossense Campo Grande, quando João Bosco começou a cursar Odontologia e Vinícius ingressou na faculdade para fazer Fisioterapia. O público da dupla passou a ser composto basicamente de universitários, iniciando a renovação do gênero sertanejo no Brasil: o 'Sertanejo Universitário'. Atualmente a dupla reside e possui escritório no município de Ribeirão Preto, no interior paulista, por motivos de estarem mais próximos ao eixo Rio-SP. Mas as origens Pantaneiras estão preservadas. Os pais de João Bosco continuam residindo em Coxim, ja os de Vinicius agora residem em Campo Grande.

O primeiro álbum foi lançado 2002, chamado Acústico no Bar, vendeu 40 mil cópias no Mato Grosso do Sul, a cada 10 cds vendidos na época nas barraquinhas de camelô estima-se que 8 eram da dupla. O segundo disco, João Bosco & Vinícius, foi lançado em 2003. O terceiro álbum e primeiro DVD da dupla sai em 2005, chamado João Bosco & Vinícius - Ao Vivo 2005, com a canção sucesso "Quero Provar Que Te Amo".

Em 2007, sai o quarto disco e segundo DVD, Acústico pelo Brasil. Esse projeto contou com a participação da dupla César Menotti e Fabiano em Vou Doar Meu Coração, e do Grupo Tradição na música Quero Um Beijo. Neste ano também fizeram sucesso com a música "Falando Sério".

Em 2009 lançam o CD Curtição, pela gravadora Sony BMG Brasil, e traz os sucessos "Sufoco", "Chora, Me Liga", "Curtição" e "Coração Só Vê Você" tema da novela Paraíso. Esse CD foi indicado ao Grammy Latino. No mesmo ano, fazem uma participação especial no primeiro CD solo do ex-vocalista do Grupo Tradição, Michel Teló, na música "Ei, Psiu, Beijo Me Liga". A música Chora, Me Liga", foi a música nacional mais executada no ano de 2009.

No ano de 2010, lançam o sexto disco e terceiro DVD gravado em Ribeirão Preto, diante de quase 40 mil pessoas. Intitulado de Coração Apaixonou, entre os sucessos estão "Sem Esse Coração", "Tema Diferente","2 Anos" e também conta com outros sucessos como "Chora, Me Liga", "Curtição" e "Coração Só Vê Você". O projeto contou com a presença do cantor Leonardo na música "Deixaria Tudo".

São novamente indicados ao Grammy Latino, com o CD Coração Apaixonou. Fizeram dois shows fora do país, nas cidades de Boston, e Newark. Para confirmar o sucesso, a música "Sem Esse Coração", é a mais executada nas rádios no primeiro semestre de 2010. No final de 2010, lançam sua nova música "Chuva", que nas primeiras semanas já era um sucesso nas rádios.

Em 2011, no mês de fevereiro fizeram shows no exterior: Madri, Londres, Lisboa e Porto. Todos os shows com lotação máxima. No mês de março participaram do carnaval de Salvador, juntos com Fernando & Sorocaba, Guilherme & Santiago e Michel Teló. No mesmo mês, lançaram a música Abelha, com a participação especial da dupla Jorge & Mateus.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 2003 - Acústico no Bar (CD)
  • 2004 - João Bosco & Vinícius (CD)
  • 2005 - Ao Vivo (CD/DVD)
  • 2007 - Acústico pelo Brasil (CD/DVD)
  • 2009 - Curtição (CD)
  • 2010 - Coração Apaixonou (CD/DVD)
  • 2011 - João Bosco & Vinícius (CD)
  • 2012 - A Festa - Ao Vivo (CD/DVD)

Indicações e premiações[editar | editar código-fonte]

Falando Sério[editar | editar código-fonte]

Considerada por muitos uma das melhores música da carreira da dupla, "Falando Sério" foi lançada pouco depois do CD e DVD "Acústico pelo Brasil", e ficou de fora do álbum. Mesmo assim, se difundiu pelo país e se tornou um grande sucesso. Mesmo não estando presente em nenhum álbum da dupla até então, era cantada em quase todos os shows e acompanhada por multidões. Pelo fato de se tornar um dos maiores sucessos da dupla, a música teve que ser gravada oficialmente em um álbum, e isso aconteceu no "Coração Apaixonou - Ao Vivo". A música é a última faixa do disco e ganhou um arranjo um pouco diferenciado: agora é tocada como encerramento dos shows, começando com o público cantando a capella depois de Vinícius puxar "Você não tem limite...", logo depois com o acompanhamento da dupla e no final da canção, o arranjo ganhou um solo maior, tocado enquanto a dupla se despede da apresentação.

Foi composta por Elizandra Santos e também gravada por Luan Santana e outros artistas menos conhecidos.

Chora, me liga[editar | editar código-fonte]

Carro chefe do CD "Curtição" e com certeza o maior sucesso da carreira, no ano de 2009 quando foi apresentada ao Brasil, a música foi a mais executada entre todas as rádios brasileiras. Um ano depois, foi divulgada pelo ECAD como a música mais executada em shows no ano. Vários artistas do nordeste regravaram a música pela sua letra e melodia. Também ganhou uma versão em pagode (Pique Novo), remixes e até versão dance (Richard Cabrera feat. Victoria). Já no exterior a música foi regravada por várias personalidades, abaixo segue uma parte destes artistas:

  • Grupo Play
  • Alejandro Palacio
  • Oscar Bonilla
  • Andy
  • Sonido Professional
  • La Champions Liga
  • Los Palmeras

Pela primeira vez uma música brasileira ficou no TOP 10 da Argentina e Paraguai, segundo críticos no assunto foi a maior música que existiu no chamado novo sertanejo ("universitário"), realmente uma canção para ficar na história.

Porém, em recente entrevista ao blog Universo Sertanejo, Euler Coelho, compositor da música, revelou que nenhuma gravação da canção além da feita pela dupla João Bosco & Vinícius foi autorizada.

A música poderia fazer parte do repertório da dupla Bruno & Marrone, mas a experiência de Euler, que também é empresário e produtor, viu que a música "foi feita" para a dupla João Bosco & Vinícius: nas vozes de Bruno & Marrone provavelmente seria apenas mais uma.

Curtição[editar | editar código-fonte]

Também conhecida como "Faz de Conta" - mesmo nome de uma das primeiras músicas gravadas pela dupla e também já gravada por nomes como Bruno e Marrone e Hugo Pena & Gabriel part. Rud & Robson - foi o segundo single do álbum "Curtição". A música é criticada por vários fãs de Luan Santana, que a gravou antes da dupla João Bosco & Vinícius e inclusive foi lançada como single, antes do "Gurizinho", como era chamado, se tornar conhecido nacionalmente. Algo semelhante aconteceu com "Sufoco" e a citada anteriormente "Falando Sério". Enquanto uns chamam de "roubo de um sucesso" e afins, outros defendem que a música nem era do Luan Santana, o que aconteceu foi que duas vozes diferentes gravaram a mesma música, composta por Elizandra Santos.

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 2003-2007

- Faz de Conta (marcou a carreira da dupla na fase que começaram gravar CDs)/ - Tatuagem/ - Magia e Mistério (também gravada por Guilherme & Santiago)/ - Querendo Te Encontrar/ - Quero Provar Que Te Amo

  • 2007 - álbum Acústico pelo Brasil

- Falando Sério/ - Vou doar meu coração (part. César Menotti & Fabiano)/ - Não é mais como antes/ - Ah é?

  • 2008

- Sufoco (primeiro single do álbum "Curtição"

  • 2009

- Chora, Me Liga/ - Curtição/ - Coração só Vê Você (embora não foi single, se tornou conhecida ao entrar na trilha sonora de uma novela da Rede Globo. É uma regravação da dupla César & Paulinho)

  • 2010

- Sem Esse Coração (primeiro single do "Coração Apaixonou"/ - Tema Diferente/ - Chuva (primeiro single do novo álbum)

  • 2011

- Abelha (part. Jorge & Mateus)/ - Tarde Demais

  • 2012

- Constelações/ - Final de Semana/ - Colo Colo (part. Xande do Aviões do Forró)/ - Química

  • 2013

- Girassol/ - Um Lugarzinho Na Sua Cama/

  • 2014

- Eu Vou Morrer de Amor

Participações Especiais Oficiais[editar | editar código-fonte]

  • Quem mandou largar de mim (Grupo Tradição part. João Bosco & Vinícius) - Micareta Sertaneja
  • Vou Doar Meu Coração (João Bosco & Vinícius part. César Menotti & Fabiano) - Acústico pelo Brasil
  • Quero Um Beijo (João Bosco & Vinícius part. Grupo Tradição) - Acústico pelo Brasil
  • Tô Falando, Tá Teimando (João Bosco & Vinícius part. Juliano Cézar) - Acústico pelo Brasil
  • Ei, Psiu! Beijo, Me Liga (Michel Teló part. João Bosco & Vinícius) - Balada Sertaneja
  • Boiadeiro Errante (Zé Henrique & Gabriel part. João Bosco & Vinícius) - (CD deixou de ser lançado)
  • É Nóis no Batidão (Evandro & Agnaldo part. João Bosco & Vinícius) - Evandro & Agnaldo
  • Do Outro Lado da Rua (Juliano Cézar part. João Bosco & Vinícius) - Assim Vive Um Cowboy
  • Deixaria Tudo (João Bosco & Vinícius part. Leonardo) - Coração Apaixonou
  • Página de Amigos (Chitãozinho & Xororó part. João Bosco & Vinícius) - 40 Anos - Nova Geração
  • Sua Chance Foi Embora (Marcos Paulo e Rulian part. João Bosco & Vinícius) - Single
  • Mania de você (Durval e Davi part. João Bosco & Vinícius) - CD e DVD Durval e Davi Ao Vivo em Araraquara/SP
  • Não Adianta Chorar (Calcinha Preta part. João Bosco & Vinícius) - CD e DVD 360
  • Um dia a gente se encontra (Marcos e Belutti part. João Bosco & Vinícius) - DVD Ao vivo
  • Abelha (João Bosco & Vinícius part. Jorge & Mateus) - CD 2011
  • Mais uma dose (João Bosco & Vinícius part. Bruno & Marrone) - CD 2011
  • Me beija (Kleo Dibah & Rafael part. João Bosco & Vinícius) - Single
  • Colo Colo (João Bosco & Vinícius part. Aviões do Forró) - A Festa - Ao Vivo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.