Chitãozinho & Xororó

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Chitãozinho & Xororó
Ch&xr.jpg
Informação geral
Origem Astorga,  Paraná
País  Brasil
Gênero(s) sertanejo
Período em atividade (1970 - presente)
Gravadora(s) Copacabana (divisão da EMI Music Brasil), PolyGram, Universal Music, Radar Records
Página oficial Site oficial da dupla
Integrantes
José de Lima Sobrinho
Durval de Lima

José de Lima Sobrinho e Durval de Lima, ou simplesmente Chitãozinho & Xororó são dois irmãos naturais da cidade de Astorga, estado do Paraná, formam uma das mais reconhecidas duplas sertanejas do Brasil.

História[editar | editar código-fonte]

Não se sabe a data exata de gravação do primeiro disco de Chitãozinho e Xororó. O primeiro disco oficial foi "Galopeira" em 1970, mas o reconhecimento do grande público veio em 1982 com a canção "Fio de Cabelo" do disco Somos apaixonados, oitavo trabalho da dupla, que vendeu mais de 1,5 milhão de cópias e abriu as portas das rádios FM´s para a música sertaneja.

Em 1986 começaram a apresentar aos domingos o programa de TV "Chitãozinho e Xororó Especial" no SBT, no qual cantavam e recebiam convidados.

No mesmo ano participaram na Rede Globo do especial de Roberto Carlos cantando junto com o Rei da canção "De coração pra coração".

Chitãozinho

Gravaram em 1993 a canção "Words" com os Bee Gees para o disco Tudo por Amor lançado em português e espanhol. Além de "Words" o disco tinha a canção "Guadalupe" que fez parte da trilha da novela de mesmo nome transmitida pela Telemundo. O sucesso desse trabalho foi tão grande que a dupla conquistou em junho daquele ano o primeiro lugar do "Hot Latin Singles" na parada norte-americana da revista Billboard, só Roberto Carlos tinha conseguido essa marca em 1989.

Em 1994, gravaram a canção "Ela não vai mais chorar" ("She's Not Cryin' Anymore) com o cantor de música country Billy Ray Cyrus para o disco Coração do Brasil.

No ano de 1995 encabeçaram o evento Amigos, um show com as três principais duplas sertanejas do Brasil na época: Zezé di Camargo e Luciano, Leandro e Leonardo, e eles, Chitãozinho e Xororó. O show foi em São Caetano do Sul, no qual estiveram mais de 100 mil pessoas.

Durante o ano de 1999 apresentaram na TV Globo o programa "Amigos e Amigos" um especial em homenagem a Leandro com Zezé Di Camargo, Luciano e Leonardo.

Em 2000 completaram 30 anos de carreira e a marca de 30 milhões de discos vendidos.

Xororó

A dupla apresentou em 2004 na TV Record o programa Raízes do Campo, que era um show gravado numa casa de espetáculo, com convidados e a famosa Roda de Viola gravada na chácara de Chitãozinho no interior de São Paulo. O programa ficou no ar até maio de 2005.

Em 2005 a dupla foi homenageada no Carnaval de São Paulo pela escola X-9 Paulistana com o enredo "Nascidos pra cantar e também sambar", o resultado foi um 2º lugar para a escola.

Em 2006 gravaram a guarânia "Arrasta uma Cadeira" com Roberto Carlos, música que foi sucesso nacional, levando-os mais uma vez ao programa de fim de ano do cantor.

Em 2008, Chitãozinho e Xororó participaram do programa Estúdio Coca-Cola Zero com a banda de pop-rock Fresno. Ambos ainda se apresentaram no Show da Virada, da Rede Globo, exibido no dia 31 de Dezembro.

Em 2010, gravaram o cd e dvd, Chitãozinho e Xororó 40 Anos e a Nova Geração, que faz parte da comemoração dos 40 anos de carreira da dupla. Esse disco teve a participação de várias duplas da nova geração do sertanejo, chamado universitário, como Jorge e Mateus, João Bosco e Vinícius, Guilherme & Santiago, Hugo Pena e Gabriel, Eduardo Costa, João Neto e Frederico, Luan Santana, Zé Henrique e Gabriel, Maria Cecília e Rodolfo, entre outros.

Ainda em 2010 gravaram outro cd e dvd, Chitãozinho e Xororó 40 Anos Entre Amigos, ainda em comemoração aos seus 40 anos de carreira, o qual foi lançado em abril de 2011. Nesse dvd reuniram os grandes nomes da música sertaneja fazendo uma releitura de grandes sucessos. Participaram desse dvd, Rio Negro e Solimões, Milionário e José Rico, Edson, Zezé di Camargo e Luciano, Cezar e Paulinho, Sérgio Reis, Bruno e Marrone, Victor e Leo, César Menotti e Fabiano, Gian e Giovani, Leonardo, entre outros. Nesse disco regravaram a música "Amante", lançada originalmente em 1984, que foi muito criticada na época pela critica especializada pela sua letra ousada para os padrões do começo dos anos 80.

No ano de 2011, com a turnê de 40 anos de carreira, percorrem o Brasil passando pelas principais cidades brasileiras e feiras agropecuárias, apresentando o novo show que faz uma viagem no tempo mostrando as canções da década de 70, como "Galopeira", até as mais atuais do último disco de estúdio lançado em 2009, que emplacou sucessos como "Se for pra ser feliz" e "Coisa de amigo".

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • De acordo com o site oficial a dupla já passou de 35 milhões de discos vendidos.[1]

Estúdio[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Gravadora Vendagem Certificados[2]
1970 Galopeira (Copacabana) 10 mil --
1972 A Mais Jovem Dupla Sertaneja (Copacabana) 5 mil --
1974 Caminhos de Minha Infância (Copacabana) 15 mil --
1975 Doce Amada (Copacabana) 25 mil --
1977 A Força Jovem da Música Sertaneja (Copacabana) 30 mil --
1979 60 Dias Apaixonado (Copacabana) 180 mil Platinum.png Platina[1]
1981 Amante Amada (Copacabana) 400 mil[1] Platinum.png Platina[1]
1982 Somos Apaixonados (Copacabana) 1,5 milhão[1] Diamond2.png Diamante
1984 Amante (Copacabana) 1,8 milhão Diamond2.png Diamante
1985 Fotografia (Copacabana) 1,8 milhão Diamond2.png Diamante
1986 Coração Quebrado (Copacabana) 1,7 milhão de cópias Diamond2.png Diamante
1987 Meu Disfarce (Copacabana) 1,5 milhão de cópias Diamond2.png Diamante
1989 Nossas Canções Preferidas (Copacabana) 800 mil cópias Triple Platinum.png 3× Platina
1989 Os Meninos do Brasil (Polygram) 1,5 milhão de cópias Diamond2.png Diamante[3]
1990 Cowboy do Asfalto (Polygram) 1,5 milhão de cópias Diamond2.png Diamante
1992 Planeta Azul (Polygram) 1 milhão de cópias Diamond2.png Diamante
1993 Tudo por Amor (Polygram) 900 mil cópias Double Platinum.png 2× Platina
1994 Coração do Brasil (Polygram) 1 milhao cópias Diamond2.png Diamante
1995 Chitãozinho e Xororó (Polygram) 900 mil cópias Triple Platinum.png 3× Platina
1996 Clássicos Sertanejos (Polygram) 1,4 milhão de cópias Diamond2.png Diamante[4]
1997 Em Família (Polygram) 750 mil cópias Triple Platinum.png 3× Platina
1998 Na Aba do Meu Chapéu (Polygram) 600 mil cópias Double Platinum.png 2× Platina[4]
1999 Alô (Universal) 600 mil cópias Double Platinum.png 2× Platina
2000 Irmãos Coragem (Universal) 400 mil cópias Platinum.png Platina[4]
2001 Inseparáveis (Universal) 400 mil cópias Gold.png Ouro[4]
2002 Festa do Interior (Universal) 250 mil cópias Platinum.png platinum[5]
2004 Aqui o Sistema é Bruto (Universal) 180 mil cópias Platinum.png Platina[4]
2006 Vida Marvada (Universal) 50 mil cópias Gold.png Ouro
2007 Grandes Clássicos Sertanejos I Acústico -- 75 mil cópias Gold.png Ouro[6]
2007 Grandes Clássicos Sertanejos II Acústico -- 70 mil cópias Gold.png Ouro[6]
2009 Se For pra Ser Feliz (EMI Music) 15 mil cópias
2010 Chitãozinho & Xororó 40 Anos e a Nova Geração (Radar Records) 30 mil cópias
2011 Chitãozinho & Xororó 40 anos Entre Amigos (Radar Records) 30 mil cópias
2012 Chitãozinho & Xororó 40 anos Sinfônico (Radar Records) 45 mil cópiasGold.png Ouro[4]
2013 Do Tamanho do Nosso Amor (Radar Records) 20 mil cópias
Total de Vendas 21,470 milhões

Projetos Especiais[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Gravadora Vendagem Certificados[2]
1969 No Rancho Fundo (Som Global)
1987 Os Grandes Sucessos de Chitãozinho e Xororó (Copacabana)
1990 Disco de Ouro (Copacabana)
1991 Nascemos Para Cantar (Polygram)
1992 Ao Vivo (Polygram) 1 milhão de cópias Diamond2.png diamante
1993 Minha História (Polygram)
1994 Personalidade (Polygram)
1996 Amigos Ao Vivo (Som Livre) 750 mil Triple Platinum.png 3× Platina[4]
1996 Obras Primas (Polygram)
1997 Amigos Ao Vivo 2 (Som Livre) 500 mil Double Platinum.png 2× Platina[4]
1997 Nossa História na Cidade (Globo Disk)
1997 Nossa História no Sertão (Globo Disk)
1998 20 Músicas do Século XX11 (Polygram)
1998 Raízes Sertanejas (EMI) 100 mil cópias Gold.png Ouro[4]
1998 Amigos Ao Vivo 3 (Som Livre) 750 mil Triple Platinum.png 3× Platina[4]
1998 Todos os Supersucessos da Dupla (EMI)
1998 Pura Emoção: O Melhor de Chitãozinho & Xororó (Pantanal) 250 mil cópias Platinum.png Platinum[4]
1999 Amigos 99 (Som Livre)
1999 Bailão de Chitão e Xororó (Universal)
2000 Série Bis (EMI Music) 100 mil Gold.png Ouro[4]
2001 Sem Limites (Universal)
2002 Minha Vida Minha Música (Universal)
2002 Roda de Viola (Universal)
2002 Identidade (EMI)
2004 Retratos (EMI)
Total de Vendas 3,450 milhões

Participações em Outros Projetos (Músicas ou Versões Inéditas)[editar | editar código-fonte]

  • 1987 - Tributo A Paulo Sérgio - Faixa 02 - Capela com Paulo Sérgio
  • 1999 - Tributo A Leandro - Faixa 08 - Não Aprendi A Dizer Adeus
  • 1999 - Roberta Miranda Ao Vivo - A Majestade o Sabiá - Faixa 13 - A Majestade o Sabiá
  • 1999 - Roberto Carlos e as maiores estrelas da nossa música junto numa mesma oração Nossa Senhora - Faixa 01 - Nossa Senhora
  • 2000 - Brasil 500 Anos - Faixa 1 - Planeta Água - Com Daniel
  • 2000 - Padre Marcelo Rossi - Canções Para Um Novo Milênio - Faixa 6 - Parabéns Pra Jesus
  • 2001 - Direito de Viver - Vol 1 - Faixa 14 - Direito de Viver
  • 2002 - Direito de Viver - Vol 2 - Faixa 01 - Temporal do Amor
  • 2002 - Fagner - Duetos - Faixa 13 - Cabocla Tereza
  • 2003 - Direito de Viver - Vol 3 - Faixa 02 - Bem-ti-vi
  • 2004 - Um Barzinho Um Violão - CD 3 - Faixa 11 - Travessia
  • 2004 - Um Barzinho Um Violão - CD 4 - Faixa 05 - Corazón Partió
  • 2004 - Direito de Viver - Vol 4 - Faixa 08 - Causa Perdida, esta faixa também saiu em Direito de Viver - Vol 5 - 2005 - Faixa 14 e Direito de Viver - 2007 - Faixa 15
  • 2005 - Roberto Carlos - Duetos - Faixa 07 - Amazônia
  • 2006 - Roberto Carlos - Promessa - Faixa 04 - Arrasta uma cadeira, esta faixa também apareceu no CD de carreira - Vida Marvada - faixa 14 como faixa bônus
  • 2007 - Uma História De Sucesso - Gian e Giovani - Faixa 11 - Página De Amigos e Faixa 12 - Mil Corações
  • 2008 - Padre Marcelo Rossi - PAZ SIM VIOLÊNCIA NÃO - Vol 1 - Faixa 11 - Parabéns para Jesus
  • 2008 - Aguenta Coração Ao Vivo - José Augusto - Faixa 11 - Evidencias
  • 2010 - Roberto Carlos - Emoções Sertanejas - CD 2 - Faixa 10 - Eu Preciso de Você e Faixa 11 - É Preciso Saber Viver com Leonardo

Videografia[editar | editar código-fonte]

  • 1990 - Chitãozinho & Xororó - VHS - (Globo Video)- 10 mil
  • 1992 - Chitãozinho & Xororó Ao Vivo - VHS - (Globo Video/Polygram)- 10 mil
  • 2000 - 30 Anos de Coragem - DVD - (Universal) - 90 mil (disco de platina)
  • 2003 - Ao Vivo em Garibaldi - DVD - (Universal) - 60 mil (disco de platina)[7]
  • 2006 - Amigos - DVD - (Som Livre)
  • 2007 - Grandes Clássicos Sertanejos - Acústico - 70 mil (disco de platina)
  • 2010 - Chitãozinho & Xororó - DVD - 40 Anos Nova Geração - 30 mil (disco de ouro)
  • 2011 - Chitãozinho & Xororó - DVD - 40 Anos Entre Amigos - 30 mil (disco de ouro)
  • 2011 - Chitãozinho & Xororó - DVD - Sinfônico - 45 mil (disco de ouro)
  • 2013 - Chitãozinho & Xororó - DVD - Do Tamanho do Nosso Amor - Ao Vivo - 20 mil

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.