Knowing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Knowing
Sinais do Futuro (PT)
Presságio (BR)
 Estados Unidos
2009 • cor • 121 min 
Direção Alex Proyas
Produção Todd Black
Jason Blumenthal
Steve Tisch
Roteiro Ryne Douglas Pearson
Juliet Snowden
Elenco Nicolas Cage
Rose Byrne
Adrienne Pickering
Nadia Townsend
Ben Mendelsohn
Chandler Canterbury
Terry Camilleri
Angie Diaz
Sally Anne Arnott
Liam Hemsworth
Lara Robinson
Anna Anderson
Género Drama
Suspense
Idioma inglês
Edição Richard Learoyd
Lançamento Estados Unidos 20 de março de 2009
Brasil 10 de abril de 2009
Orçamento US$ 50 milhões
Receita US$ 187,858,642
Página no IMDb (em inglês)

Knowing (Presságio (título no Brasil) ou Sinais do Futuro (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 2009, do gênero suspense e ficção científica, dirigido por Alex Proyas e com Nicolas Cage no papel principal.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em 1959, a estudante Lucinda Embry ouve sussurros quando ela olha para o sol. Mais tarde, ela escreve uma página cheia de números aparentemente aleatórios e a adiciona em uma cápsula do tempo na inauguração de sua escola, a abertura da cápsula está prevista para ser aberta em 50 anos.

Em 2009, Caleb Koestler é um estudante da mesma escola. Quando a cápsula do tempo é aberta, Caleb recebe a folha escrita por Lucinda, seu pai John (Nicolas Cage), um professor de astrofísica no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, percebe que os números têm um conjunto específico de sequências referentes aos horários e locais de desastres fatais nos últimos 50 anos, incluindo 9.11.0.12996 (a data e o número de mortos dos Ataques de 11 de setembro de 2001). Os últimos três conjuntos de dígitos são datados no futuro imediato.

Nos dias seguintes, um carro passa pela casa da família com dois estranhos. Eles dão a Caleb uma pequena pedra lisa. Caleb depois sonha com um dos homens estranhos, que aponta para a janela que mostra o mundo em chamas ardentes com animais correndo da floresta.

John consegue localizar a filha de Lucinda: Daiana e sua filha Abby. Apesar de apreensiva e assustada, Diana finalmente decide ajudar John. Ela diz que sua mãe costumava ouvir vozes e que a próxima data no documento, 19 de outubro, foi o dia em que Lucinda sempre disse que ela iria morrer. "

Cópia da gravura "A Carruagem de Ezekiel (1670) feita por Matthäus Merian.

Eles vão até a casa de Lucinda, onde encontram imagens dos desastres previstos ela, uma cópia da gravura da "visão da carruagem" de Ezequiel feita por Matthäus Merian, e uma pilha de pequenas pedras lisas perto da cama de Lucinda.

O último número do documento parece ser "33", mas eles percebem que é realmente "EE" escrito ao contrário. Eles descobrem que EE significa "Everyone Else" (todos os outros), representando um cataclismo que ninguém vai escapar.

Lá fora, mais estranhos alienígenas vão até o carro onde as crianças estão. John pergunta as crianças o que aquelas pessoas queriam, Abby responde: "Eles disseram que podemos ir com eles, se nós quisermos".

No dia seguinte, John tem uma súbita revelação no Observatório do ITM, ele descobre que uma enorme tempestade solar em breve chegará à Terra, tornando-a inabitável.

Diana quer se esconder em algumas cavernas. John relutantemente concorda em primeiro lugar, mas Diana decide levar os filhos para as cavernas sem ele. John vai atrás deles, pelo telefone ele tenta convencer Diana a não ir para as cavernas. Ele avisa que a explosão solar irá penetrar quilômetros sob a terra.

Enquanto Diana para em um posto de gasolina, os alienígenas levam as crianças. Diana os persegue, mas seu carro é atingido de lado por um caminhão. John chega ao local do acidente e dentro da ambulância Diana morre, ele encontra uma das pedras lisas na mão dela. Ele volta para a casa de Lucinda, e encontra as crianças e os alienígenas à espera de um leito de rio seco coberto com as pedras lisas. Uma nave espacial desce do céu. Os alienígenas não permitem que John entre na nave, apenas Calleb e Abby. A nave decola com as crianças e um par de coelhos, e já no espaço são mostrados muitos veículos similares deixando a Terra.

Na manhã seguinte, o céu está em chamas da explosão solar. John luta contra seu caminho através das ruas caóticas de Boston, chegando a casa de seu pai. Toda família se abraça enquanto a explosão solar queima a atmosfera e incinera a superfície da Terra, destruindo toda a vida no planeta.

O filme termina com Caleb e Abby em um planeta parecido com a Terra. Eles são vistos com alegria correndo por um campo em direção a uma árvore gigante.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas mistas. O Rotten Tomatoes informou que 34% dos críticos deram ao filme comentários positivos com base em uma amostra de 176 críticos com uma pontuação média de 4,7 em 10[1] .

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.