Lacombe Lucien

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lacombe Lucien
Lacombe Lucien (PT/BR)
 França
1974 • pb • 140 min 
Direção Louis Malle
Produção Louis Malle
Roteiro Louis Malle
Patrick Modiano
Elenco Pierre Blaise
Aurore Clément
Holger Löwenadler
Género drama
Idioma Francês
Música Django Reinhardt, André Claveau, Irène de Trébert
Supervisor técnico Suzanne Baron
Direção de fotografia Tonino Delli Colli
Cronologia
Último
Último
O Sopro do Coração
Lua Negra
Próximo
Próximo

Lacombe Lucien é um filme de Louis Malle, lançado em 1974.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Lucien Lacombe, um jovem do campo da região do Sudoeste da França, trabalhando na cidade, em junho de 1944, retorna à casa dos pais. O seu pai foi preso pelos alemães e a sua mãe vive com um outro homem. Ele reencontra o seu professor que se tornou um membro da Resistência, a quem confidencia o desejo de ingressar nos maquis, mas é recusado.

Ao retornar para a cidade é preso pela Gestapo e após um hábil interrogatório denuncia o seu professor. Por isso, é engajado pela polícia alemã. Logo, passa a viver como um agente policial, mas enamora-se de uma jovem judia.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Pierre Blaise : Lacombe
  • Holger Löwenadler : Albert Horn
  • Aurore Clément : France Horn
  • Thérèse Giehse : Bella Horn
  • Stéphane Bouy : Jean-Bernard de Voisin
  • Loumi Iacobesco : Betty Beaulieu
  • René Bouloc : Faure
  • Jacqueline Staup : Lucienne
  • Gilberte Rivet : a mãe de Lucien
  • Ave Ninchi : a proprietária do hotel
  • Pierre Saintons : o miliciano negro

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

É o único filme, ou, o único notável do seu ator principal, Pierre Blaise, que reapareceu numa série televisiva antes de morrer num acidente de automóvel, em agosto de 1975.

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Prix Méliès, em 1974
  • BAFTA de melhor filme

Ver também[editar | editar código-fonte]

Milícia Francesa

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]