Chariots of Fire

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Chariots of Fire
Momentos de Glória (PT)
Carruagens de Fogo (BR)
Pôster original de lançamento do filme
 Reino Unido
1981 • cor • 123 min 
Direção Hugh Hudson
Produção David Puttnam
Roteiro Colin Welland
Elenco Ben Cross
Ian Charleson
Cheryl Campbell
Alice Krige
Ian Holm
Género drama
Idioma inglês
Música Vangelis
Cinematografia David Watkin
Edição Terry Rawlings
Distribuição América do Norte:
Warner Bros.
The Ladd Company
Internacional:
20th Century Fox
Lançamento Março de 1981
Orçamento US$ 5.500.000
Receita US$ 55.593.332 (EUA)
Página no IMDb (em inglês)

Chariots of Fire (Carruagens de Fogo (título no Brasil) ou Momentos de Glória (título em Portugal)) é um filme britânico de 1981, do gênero drama, dirigido por Hugh Hudson.

A música-tema do filme, composta pelo grego Vangelis, tornou-se o hino oficial de todas as maratonas e maratonistas ao redor do mundo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme mostra a preparação da equipe olímpica de atletismo da Grã-Bretanha para os Jogos Olímpicos de 1924, em Paris.

As Olimpíadas de 1924, em Paris, se aproximam. Eric Liddell (Ian Charleson) e Harold Abrahams (Ben Cross) pretendem disputá-la, mas seguem caminhos bem diferentes. Liddell é um missionário escocês que corre em devoção a Deus. Já Abrahams é filho de um judeu que enriqueceu recentemente e deseja provar sua capacidade para a sociedade de Cambridge. Liddell corre usando seu talento natural, enquanto que Abrahams resolve contratar um treinador. Ambos seguem as eliminatórias sem problemas, até que uma das classificatórias de Liddell é marcada para domingo. Ele se recusa a competir, por ser este um dia santo. Percebendo a situação, um nobre oferece a Liddell sua vaga na disputa dos 400 metros. Ele aceita e vence a corrida, assim como Abrahams. A partir de então, os dois integram a equipe do Reino Unido para as Olimpíadas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1982 (EUA)

BAFTA 1982 (Reino Unido)

  • Venceu nas categorias de Melhor filme, Melhor ator coadjuvante/secundário (Ian Holm) e Melhor figurino.
  • Vangelis foi indicado/nomeado ao Prêmio Anthony Asquith de Melhor música para cinema.
  • Indicado nas categorias de Melhor direção, Melhor edição, Melhor fotografia (David Watkin), Melhor roteiro, Melhor direção de arte, Melhor som e Melhor ator coadjuvante (Nigel Havers).

Festival de Cannes 1981 (França)

  • Venceu na categoria de Melhor ator coadjuvante (Ian Holm).
  • Hugh Hudsons recebeu o Prêmio do Júri Ecuênico - Menção especial.
  • Indicado à Palma de Ouro.

Globo de Ouro 1982 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor filme estrangeiro.

Prêmio NYFCC 1981 (EUA)

  • Venceu na categoria de Melhor fotografia.

Academia Japonesa de Cinema 1983 (Japão)

  • Venceu na categoria de Melhor Filme em língua estrangeira.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.