Lawrence da Arábia (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lawrence da Arábia
Lawrence of Arabia
Peter O'Toole in Lawrence of Arabia.png
 Reino Unido
1962 • cor • 216 min 
Direção David Lean
Roteiro Robert Bolt
Michael Wilson
Elenco Peter O'Toole
Omar Sharif
Alec Guiness
Anthony Quinn
Claude Rains
Género aventura
drama
guerra
Idioma inglês, árabe e turco
Edição Anne V. Coates
Página no IMDb (em inglês)

Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia) é um filme épico de 1962, baseado na obra de T. E. Lawrence,[1] Seven Pillars of Wisdom (Os Sete Pilares da Sabedoria) e dirigido por David Lean.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O argumento do filme baseia-se na biografia de T.E. Lawrence (1888-1935) descrita no seu livro Sete Pilares da Sabedoria. O filme explora a excentricidade e a personalidade enigmática de Lawrence.

Em 1916, em plena I Guerra Mundial, o jovem tenente do exército britânico estacionado no Cairo pede transferência para a península arábica, onde vem a ser oficial de ligação entre os rebeldes árabes e o exercito britânico, aliados contra os turcos, que desejavam anexar ao seu Império Otomano a península arábica. Lawrence, admirador confesso do deserto e do estilo de vida beduíno, oferece-se para ajudar os árabes a se libertarem dos turcos.

O filme mostra quatro episódios principais da vida de Lawrence durante a sua estada na Arábia: a conquista de Aqaba; o seu rapto e tortura pelos turcos em Deraa; o massacre de Tafas; e o fim do sonho árabe de Damasco.[2]

Elenco[editar | editar código-fonte]


Crítica[editar | editar código-fonte]

Lawrence of Arabia tem aclamação por parte da crítica profissional. Com a pontuação de 98% em base de 65 críticas, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "O épico de todos os épicos, Lawrence da Arábia marcou o estado do diretor David Lean no panteão de cinema com quase quatro horas de grande alcance, performances brilhantes e bela cinematografia".[4]

Principais prémios e nomeações[editar | editar código-fonte]

Peter O'Toole como Lawrence da Arábia

Oscar 1963 (EUA)

Bafta 1963 (Reino Unido)

  • Venceu nas categorias de melhor ator britânico (Peter O'Toole), melhor filme britânico, melhor roteiro britânico e melhor filme de qualquer Origem
  • Indicado nas categorias de melhor ator estrangeiro (Anthony Quinn).

Prêmio David di Donatello 1964 (Itália)

  • Venceu, em 1964, na categoria de melhor filme estrangeiro.

Globo de Ouro 1963 (EUA)

  • Venceu nas categorias de melhor fotografia colorida, melhor filme drama, melhor diretor, melhor ator coadjuvante (Omar Sharif) e ator novato mais promissor (Omar Sharif).
  • Indicado na categoria de ator novato mais promissor (Peter O' Toole).

Referências

  1. Lawrence da Arábia - Cinecartaz (em português). Página visitada em 24 de dezembro de 2013.
  2. CRÍTICA - Lawrence da Arabia - CINEPOP (em português). Página visitada em 21 de dezembro de 2013.
  3. Lawrence of Arabia - InterFilmes.com (em português). Página visitada em 21 de dezembro de 2013.
  4. Lawrence of Arabia - Rotten Tomatoes (em inglês). Página visitada em 21 de dezembro de 2013.
  5. The 35thAcademy Awards - Oscar Legacy (em inglês). Página visitada em 24 de dezembro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]