Kramer vs. Kramer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kramer vs. Kramer
Kramer contra Kramer (PT)
Kramer versus Kramer (BR)
KramervsKramer.jpg
 Estados Unidos
1979 • cor • 105 min 
Direção Robert Benton
Roteiro Robert Benton
Elenco Dustin Hoffman
Meryl Streep
Justin Henry
Jane Alexander
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Kramer vs. Kramer (br: Kramer versus Kramer / pt: Kramer contra Kramer) é um filme estado-unidense de 1979, do gênero drama, dirigido por Robert Benton e com roteiro baseado no romance homónimo de Avery Corman. O Filme conta a história de um divórcio, relatando seu impacto sobre a vida dos envolvidos, com foco nas nuances da briga judicial pela guarda do filho do ex-casal, ainda criança.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Para Ted Kramer, o trabalho vem antes da família e Joanna, sua mulher, descontente com a situação, sai de casa, deixando Billy, o filho do casal, com o pai. Ted então tem que se preocupar com o menino, dividindo-se entre o trabalho, o cuidado com o filho e as tarefas domésticas. Quando consegue ajustar a estas novas responsabilidades, Joanna reaparece exigindo a guarda da criança. Ted porém se recusa e os dois vão para o tribunal lutar pela custódia de Billy.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 1980 (EUA)

Globos de Ouro 1980 (EUA)

  • Venceu em quatro categorias: melhor filme - drama, melhor roteiro de cinema, melhor ator - drama (Dustin Hoffman) e melhor atriz coadjuvante (Meryl Streep).
  • Recebeu ainda outras quatro indicações, nas categorias de melhor diretor, melhor ator coadjuvante (Justin Henry), melhor atriz coadjuvante (Jane Alexander) e melhor revelação masculina (Justin Henry).

BAFTA 1981 (Reino Unido)

  • Indicado nas categorias de melhor ator (Dustin Hoffman), melhor atriz (Meryl Streep), melhor direção, melhor edição, melhor filme e melhor roteiro.

Prêmio César 1981 (França)

  • Indicado na categoria de melhor filme estrangeiro.

Prêmio David di Donatello 1980 (Itália)

  • Venceu nas categorias de melhor ator estrangeiro (Dustin Hoffman) e melhor filme estrangeiro.
  • Justin Henry recebeu um prêmio especial.

Prêmio NYFCC 1979 (New York Film Critics Circle Awards, EUA)

  • Venceu nas categorias de melhor filme, melhor ator (Dustin Hoffman) e melhor atriz coadjuvante (Meryl Streep).

Academia Japonesa de Cinema 1981 (Japão)

  • Venceu na categoria de melhor filme estrangeiro.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Kate Jackson era a escolha original para o papel de Joanna Kramer, mas seu comprometimento com a série televisiva Charlie's Angels a impediu de ficar com o papel.
  • Jane Fonda recusou o papel de Joanna Kramer.
  • O papel de Ted Kramer foi oferecido a James Caan, porém ele o recusou.
  • Meryl Streep redigiu o discurso que fez na cena do julgamento por sugestão do diretor Robert Benton, depois que ela comentou que não estava satisfeita com o discurso que constava no roteiro original.
  • Dustin Hoffman, que tinha acabado de se separar, contribuiu com muitos momentos pessoais e diálogos no filme. O diretor chegou a sugerir que seu nome constasse nos créditos do filme como roteirista, mas o ator recusou.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Kramer vs. Kramer (em inglês) no Internet Movie Database