Mario Aurelio Poli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mario Aurelio Poli
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo de Buenos Aires
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Buenos Aires
Nomeação 28 de março de 2013
Entrada solene 20 de abril de 2013
Predecessor Jorge Mario Bergoglio
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 25 de novembro de 1978
por Juan Carlos Aramburu
Nomeação episcopal 8 de fevereiro de 2002
Ordenação episcopal 20 de abril de 2002
por Jorge Mario Bergoglio
Lema episcopal Concédeme Señor un corazón que escuche
Nomeado arcebispo 28 de março de 2013
Cardinalato
Criação 22 de fevereiro de 2014
por Papa Francisco
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Roberto Belarmino
Lema CONCÉDEME SEÑOR UN CORAZÓN QUE ESCUCHE
Dados pessoais
Nascimento Buenos Aires
29 de novembro de 1947 (66 anos)
Nacionalidade Argentina Argentina
Funções exercidas - Bispo-auxiliar de Buenos Aires
(2002-2008)
- Bispo de Santa Rosa
(2008-2013)
Títulos anteriores Bispo-titular de Abidda
(2002-2008)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Dom Mario Aurelio Poli (Buenos Aires, 29 de novembro de 1947) é um cardeal católico argentino, atual arcebispo de Buenos Aires.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Ele completou a sua educação primária nas escolas públicas e do ensino secundário na igreja paroquial de São Pedro Apóstolo. Frequentou a Faculdade de Direito e Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires, onde obteve Licenciatura em Serviço Social.

Em 1969 entrou no Seminário Metropolitano da Imaculada Conceição, de Buenos Aires, onde cursou filosofia e teologia.[1]

Foi ordenado sacerdote em 25 de novembro de 1978, sendo designado vigário paroquial na paróquia de San Cayetano, em Liniers, onde permaneceu até 1980. Desde 1980, ele ensinou História da Igreja na Faculdade de Teologia da Pontifícia Universidade Católica da Argentina.onde também fez doutorado em teologia.

Entre 1980 e 1988 dirigiu o Seminário Maior de Buenos Aires e de1988 a 1991 foi capelão das Religiosas Misioneras Siervas del Espíritu Santo. Entre 1988 e 1992, Poli foi também assistente eclesiástico de associação laica Fraternidades y Agrupaciones Santo Tomás de Aquino.[2]

Em 1992, o então arcebispo de Buenos Aires, cardeal Antonio Quarracino, o nomeou diretor do Instituto Vocacional São José.

Em 8 de fevereiro de 2002, o Papa João Paulo II o nomeou bispo auxiliar de Buenos Aires, recebendo a ordenação episcopal em 20 de abril de 2002.[3] Em 2008, o Papa Bento XVI o promoveu a bispo de Santa Rosa.[1]

Na Conferencia Episcopal Argentina, é presidente da Comissão para a Catequese e Pastoral Bíblica.

Em 28 de março de 2013, foi elevado a arcebispo metropolitano de Buenos Aires, sucedendo a Jorge Mario Bergoglio, que foi eleito Papa. Recebeu o pálio, na Basílica de São Pedro, das mãos do Papa Francisco, em 29 de junho de 2013, por ocasião da Solenidade de São Pedro e São Paulo.

Cardinalato[editar | editar código-fonte]

Em 12 de janeiro de 2014, foi anunciada a nomeação de Mario Aurelio Poli como cardeal, investidura que foi efetivada em 22 de fevereiro de 2014, no primeiro consistório ordinário do Papa Francisco.[4] Recebeu o título de cardeal-presbítero de São Roberto Belarmino.

Referências

  1. a b c Mario Poli, el sucesor del papa Francisco como arzobispo de Buenos Aires (27 de março de 2013). Página visitada em 27 de março de 2013.
  2. El obispo Mario Poli sucederá a Bergoglio en el Arzobispado de Buenos Aires (27 de março de 2013). Página visitada em 27 de março de 2013.
  3. Agencia Informativa Católica Argentina (1996-2006). Ordenación episcopal de Mons. Mario Poli. Página visitada em 27 de março de 2013.
  4. Consistory - 2014 (em inglês) Catholic Hierarchy (2014). Página visitada em 21 de fevereiro de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Mario Aurelio Poli
Precedido por
Peter Louis Cakü
BishopCoA PioM.svg
Bispo titular de Abidda

20022008
Sucedido por
Carlos Suárez Cázares
Precedido por
Rinaldo Fidel Brédice
BishopCoA PioM.svg
Bispo de Santa Rosa

20082013
Sucedido por
Raúl Martín
Precedido por
Jorge Mario Bergoglio, S.J.
ArchbishopPallium PioM.svg
Arcebispo de Buenos Aires

2013presente
Sucedido por
(incumbente)
Precedido por
Jorge Mario Bergoglio, S.J.
CardinalPallium PioM.svg
Cardeal-presbítero de
São Roberto Belarmino

2014presente
Sucedido por
(incumbente)