Medievalismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Idade Média no Romantismo: Pintura Pré-Rafaelita de um cavaleiro e uma dama (Lamia de John William Waterhouse, 1905).

Medievalismo é o sistema de crenças e práticas características da Idade Média, ou a devoção a elementos desse período, que foi expressa em áreas como arquitetura, literatura, música, arte, filosofia, estudos acadêmicos e vários veículos de cultura popular.

Desde o século XVIII, uma variedade de movimentos usaram o período medieval como modelo ou inspiração para a atividade criativa, incluindo o romantismo, arquitetura neogótica, a Irmandade Pré-Rafaelita, o movimento Arts & Crafts e o neomedievalismo (termo muitas vezes usado como sinônimo de medievalismo).

Medievalismo também pode ser usado depreciativamente, implicando conservadorismo e atitudes ultrapassadas. A palavra "medieval" foi registrada pela primeira vez em 1881 e a palavra "medievalismo" no século XX.[1] O termo "medieval" deriva do latim medium aevum (Idade Média). Este termo advém da ideia de que a Idade Média foi uma interrupção no avanço do aprendizado clássico.

Referências

  1. Dicionário Houaiss.