Pasquale Cipro Neto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Professor Pasquale
Prof. Pasquale e Mirian Bottan
Nome completo Pasquale Cipro Neto
Nascimento 22 de dezembro de 1954 (60 anos)
Guaratinguetá, São Paulo
 Brasil
Ocupação Professor, apresentador de televisão

Pasquale Cipro Neto (Guaratinguetá, 22 de Dezembro de 1954) é um professor de língua portuguesa e apresentador de televisão brasileiro, também conhecido apenas pela alcunha de Professor Pasquale, com a qual se apresenta.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de imigrantes italianos, Pasquale Cipro Neto licenciou-se em Letras na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. Professor de português desde 1975, é também colunista dos jornais Folha de S.Paulo, O Globo e Diário do Grande ABC, entre outros, e da revista literária Cult. É o idealizador e apresentador do programa Nossa Língua Portuguesa, transmitido pela Rádio Cultura (São Paulo) AM e pela TV Cultura, e do programa Letra e Música, transmitido pela Rádio Cultura AM.

Pasquale notabilizou-se por popularizar a interpretação de textos e em especial as dúvidas de gramática, levando-a à televisão em 1994 e utilizando exemplos de textos jornalísticos, poemas e músicas, entre outros, para embasar suas explanações. Ficou famoso ao estrelar comerciais da rede de fast food Mc Donalds, onde fazia correções ou explicações do modo correto de utilização da língua portuguesa. Às vezes criticado por lingüistas, o professor tenta valer-se tanto de uma abordagem normativa como descritiva, além de procurar levar em consideração as diferenças regionais e, também, as diferenças da norma coloquial para a norma culta do português falado e escrito.

Acordo Ortográfico de 1990[editar | editar código-fonte]

Em relação ao Acordo Ortográfico de 1990 o professor Pasquale Cipro Neto é um crítico e afirma que "é uma reforma meia-sola, que não unifica a escrita de fato".[1]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Gramática de Língua Portuguesa (com Ulisses Infante). Scipione. São Paulo: 1998.
  • O dia-a-dia da nossa língua. Publifolha. São Paulo: 2002.
  • Nossa Língua Curiosa. Publifolha. São Paulo: 2004.
  • Nossa Língua em Letra e Música.
  • Ao pé da letra.
  • CD-ROM Nossa Língua Portuguesa.
  • Coleção Passo a Passo.
  • Coleção Professor Pasquale Explica. Gold. São Paulo: 2011.
  • Vivo Português com Professor Pasquale. (www.professorpasquale.com.br) 2012

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Pasquale Cipro Neto

Ligações externas[editar | editar código-fonte]