Paul Frère

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paul Frère
Nacionalidade    Bélgica Belga
Data de nascimento 30 de janeiro de 1917
Data de falecimento    23 de fevereiro de 2008 (91 anos)
Registros na Fórmula 1
Anos 1952 - 1956
Times 3 (HWM, Gordini e Ferrari)
Campeonatos 0 (7º em 1956)
Pontos 11
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP Bélgica GP da Bélgica, Spa-Francorchamps, 1952
Último GP Bélgica GP da Bélgica, Spa-Francorchamps, 1956
GPs Poles Pódios Vitórias
11 0 1 0

Paul Frère (Le Havre, 30 de janeiro de 191723 de fevereiro de 2008) foi um piloto e jornalista belga).

Participou em onze Grandes Prémios do Campeonato do Mundo de Fórmula 1, estreando-se a 22 de junho de 1952, e assegurando uma finalização no pódio, e com um total de onze pontos em campeonatos. Correu também em várias corridas de Fórmula 1 que não contavam para o campeonato.

Venceu também as 24 Horas de Le Mans em 1960, guiando um Ferrari com o seu compatriota Olivier Gendebien.

Depois de se retirar das corridas em 1960, trabalhou como jornalista dedicado ao automobilismo, trabalhando na Europa (era o editor europeu da revista Road & Track). Foi ainda consultor de várias marcas de automóveis.

Frère, a par de Piero Taruffi e Denis Jenkinson foi um dos primeiros escritores a tratar as capacidades de pilotar um automóvel como algo analisável, explicável e ensinável. O seu livro Sports Car and Competitive Driving de 1963, é ainda hoje uma obra de referência no campo. Influenciou o desenvolvimento de escolas de condução de competição, tais como as fundadas por Jim Russel, Bob Bondurant, e muitos outros.

Semanas antes do seu 90º aniversário, em janeiro de 2007, sofreu um acidente perto de Nürburgring, e foi hospitalizado durante 14 dias nos cuidados intensivos.

Paul Frère faleceu a 23 de fevereiro de 2008 em Saint-Paul-de-Vence (França).