David Brabham

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde maio de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
David Brabham
David Brabham em 2007.
Informações pessoais
Nacionalidade Austrália Australiana
Registros na Fórmula 1
Temporadas 1990, 1994
Equipes Brabham, Simtek
GPs disputados 30 (24 largadas)
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 0
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP Grande Prêmio de Mônaco de 1990
Último GP Grande Prêmio da Austrália de 1994

David Philip Brabham (Wimbledon, Londres, 5 de setembro de 1965) é um ex-piloto australiano de Fórmula 1 que correu pelas equipes Brabham e Simtek. David é filho do tricampeão de Fórmula 1 Jack Brabham e irmão do também ex-piloto Gary Brabham.

História[editar | editar código-fonte]

Brabham encerra a carreira na Fórmula 1 em 1995, passando a competir em campeonatos de turismo e GT. Correu pela BMW do BTCC, mas sem sucesso. Em 1996 disputou o campeonato japonês de Super GT pela equipe Team Goh, onde foi campeão guinado uma McLaren F1 GTR junto com o suíço John Nielsen.

Em 1998 parte para os Estados Unidos para disputar a IMSA pela equipe Panoz, participando da transição para American Le Mans Series no ano seguinte, quando vence a Petit Le Mans com o modelo Panoz LMP-1 Roadster-SFord, guindo junto com o Frances Éric Bernard e o britânico Andy Wallace.

Competiu na Panoz nas classes GT e LMP até 2002, quando se transferiu para a Prodrive com uma Ferrari 550-GTS Maranello, terminando o campeonato em segundo lugar, com vitórias no Grande Prêmio de Washington e em Sonoma, guinado junto com Jan Magnussen.

No ano de 2004, disputou provas da ALMS pela ACEMCO Motorsports com um Saleen S7-R e na Krohn Racing com o modelo Lamborghini Murciélago R-GT. Em 2005 foi contratado pela Aston Martin Racing para guiar o modelo DBR9. Venceu as 12 Horas de Sebring. No ano seguinte mudou para a Multimatic Motorsports, vencendo novamente as 12 Horas de Sebring no carro Acura ARX-01, dividindo a direção com o canadense Scott Maxwell e o francês Sébastien Bourdais.

Brabham venceu em 2008 as etapas de Long Beach, Lime Rock, Road América, Mosport com o Acura ARX-01B na categoria LMP2, junto com Scott Sharp.

Em 2009 foi o vencedor geral das 24 Horas de Le Mans pela Peugeot, pilotando o modelo 908 HDi com o espanhol Marc Gené e o austriaco Alexander Wurz.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre David Brabham
Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.