Sébastien Bourdais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sébastien Bourdais
Bourdais.jpg
Sébastien Bourdais na Champcar
Nome completo Sébastien Olivier Bourdais
Nacionalidade    França Francesa
Local de nascimento Le Mans, França
Data de nascimento 28 de Fevereiro de 1979 (35 anos)
Registros na Fórmula 1
Anos 2008-2009
Times Toro Rosso
Campeonatos 0 (17º em 2008)
Pontos 6
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP Austrália GP da Austrália de 2008
Último GP Alemanha GP da Alemanha de 2009
GPs Poles Pódios Vitórias
27 0 0 0
Registros na IndyCar Series
Anos 2005, 2011-presente
Times 4 (Newman Haas, Coyne,
Dragon, KV Racing)
Campeonatos 0 (12º em 2013)
Pontos 1167 (incluindo a temporada de 2014)
Voltas mais rápidas 2
Primeira corrida Indianapolis, 2005
Primeira vitória Toronto1, 2014
Última vitória Toronto1, 2014
Última corrida Milwaukee, 2014
GPs Poles Pódios Vitórias
54 2 5 1
Registros na CART/Champ Car
Anos 2003-2007
Times 1 (Newman Haas)
Campeonatos 4 (2004, 2005, 2006 e 2007)
Pontos 1627
Voltas mais rápidas 34
Primeira corrida São Petersburgo, 2003
Primeira vitória Brands Hatch, 2003
Última vitória Nazareth, 2007
Última corrida Cidade do México, 2007
GPs Poles Pódios Vitórias
73 31 44 31
Registros nas 24 Horas de Le Mans
Anos 1999-2002, 2004, 2007, 2009-2012
Times Labre, Pescarolo, Peugeot
Melhor colocação 2º em 2007, 2009, 2011
Títulos
1998-1999
2002
2004-2007
França Fórmula 3
Fórmula 3000 Internacional
(4) Champ Car

Sébastien Olivier Bourdais (Le Mans, 28 de Fevereiro de 1979) é um piloto de automóveis francês.

Fórmula 3000[editar | editar código-fonte]

Foi campeão da Fórmula 3000 Internacional em 2002 pela equipe Super Nova Racing.

Champ Car[editar | editar código-fonte]

Em 2003 estreou na Champ Car, na equipe Newman-Haas, sendo tetracampeão (2004, 2005, 2006 e 2007).

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Sébastien Bourdais estreou na Fórmula 1 pela Scuderia Toro Rosso e tendo como companheiro o jovem piloto alemão Sebastian Vettel. Logo na estreia, no Grande Prêmio da Austrália, Bourdais vinha numa ótima 4ª posição, mas um problema no motor faltando três voltas fez com que o estreante piloto terminasse em 7º lugar. Idem na Bélgica, quando esteve na 4ª posição até o início da última volta, na qual, chovendo, ele permaneceu com pneus para pista seca e foi ultrapassado por três pilotos; finalizou em 7º lugar.

Em 2009 corre novamente pela STR e tem como companheiro o suíço Sébastien Buemi.

Em 16 de julho de 2009 a Toro Rosso anunciou oficialmente a demissão do francês, alegando que Bourdais não correspondia as expectativas da equipe.[1]

Fórmula Superliga[editar | editar código-fonte]

Em setembro de 2009, após ser demitido da STR, Bordais é anunciado pelo Sevilla FC como piloto da equipe da Fórmula Superliga, logo na estreia, venceu a grande final, onde largou em segundo, mas foi favorecido por um erro de Antonio Pizzonia, que vinha em primeiro pilotando o carro do SC Corinthians.[2] [3]

IndyCar Series[editar | editar código-fonte]

↑1 Campeonato em andamento

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

500 Milhas de Indianápolis[4] [editar | editar código-fonte]

CART/Champ Car[editar | editar código-fonte]

↑2 Novo sistema de pontos a partir de 2004.

24 Horas de Le Mans[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Sébastien Bourdais