Antonio Pizzonia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antonio Pizzonia
Informações pessoais
Nome completo Antonio Reginaldo Pizzonia Júnior
Nacionalidade Brasil Brasileira
Registros na Fórmula 1
Temporadas 2003-2005
Equipes Jaguar e Williams
GPs disputados 20
Títulos 0
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 8
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeiro GP GP da Austrália (2003)
Último GP GP da China (2005)

Antonio Reginaldo Pizzonia Júnior (Manaus, 11 de setembro de 1980) é um piloto de corrida brasileiro. É filho de Antonio Reginaldo Pizzonia e neto de Carmelo Pizzonia, família radicada em São Carlos. O piloto já foi casado com a atleta Maurren Maggi, com quem teve uma filha, Sofia.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Estreou na Fórmula 1 em 2003, como piloto de testes da WilliamsF1 e correu quatro grandes prêmios em 2004, no lugar de Ralf Schumacher, e em 2005 correu a temporada inteira subistitunido Ralf Schumacher.

Começou na Fórmula 1 na extinta equipe Jaguar, de propriedade da Ford, na época, dirigida pelo ex-piloto Niki Lauda. Após a demissão de Lauda e por seguidamente apresentar performances muito inferiores as de seu companheiro de equipe Mark Webber, Pizzonia foi demitido. Foi então contratado para ser novamente piloto de testes da equipe Williams, substituindo o alemão Ralf Schumacher em algumas provas durante a recuperação deste após grave acidente na temporada de 2004. Após algumas corridas substituindo Nick Heidfeld em 2005, foi preterido pelo estreante Nico Rosberg na vaga de titular da equipe de Frank Williams para a temporada de 2006.

Antonio Pizzonia fez vinte corridas na Fórmula 1 e marcou 8 pontos no total.

No final do ano de 2006, Pizzonia foi contratado pela equipe do piloto italiano Giancarlo Fisichella, a FMS, para disputar a temporada de 2007 da categoria de acesso à Fórmula 1, a GP2. Pizzonia participou de todos os testes da pré-temporada, terminando entre os cinco primeiros em todos eles, porém em junho de 2007, Antônio Pizzonia foi demitido da FMS devido a fracos resultados. Em seu lugar, o britânico Adam Carroll foi contratado.

No ano de 2007, disputou uma corrida no campeonato da Fórmula Mundial pela equipe Rocketsports. Terminou em 10º lugar em sua corrida de estréia mas como não conseguiu patrocínio, foi preterido pela equipe, sendo convidado, em 2008, também pela Rocketsports, para a última corrida da Fórmula Mundial, que teve sua fusão com a F-Indy.

Stock Car[editar | editar código-fonte]

Ainda em 2007 disputou algumas etapas da Stock Car pela equipe WIN Motorsports. No ano seguinte foi contratado para defender ao lado do piloto paranaense Thiago Marques a equipe Cimed-Action Power/Marques Motorsports (time B da equipe Action Power), tendo também dirigido o carro do Sport Club Corinthians Paulista na Fórmula Superliga.

Em 2009, competiu na Stock Car defendendo a equipe Amir Nasr Racing, a bordo da bolha do modelo Peugeot 307 e pilotando também o carro do Sport Club Corinthians Paulista.

Na temporada de 2010, Pizzonia passou a pilotar pela equipe Hot Car na Stock Car e também pela equipe CRT Brasil na GT Brasil a bordo de uma Ferrari F430 GT3, fazendo dupla com Walter Derani.

Posição de chegada nas corridas[editar | editar código-fonte]

Fórmula 3000[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Classificação Pontos
2001 Petrobras Junior Team INT
9
IMO
4
CAT
6
A1R
4
MON
Ret
NUR
6
MAG
10
SIL
3
HOC
1
HUN
Ret
SPA
8
MNZ
Ret
22
2002 Petrobras Junior Team INT
4
IMO
4
CAT
10
A1R
7
MON
4
NUR
3
SIL
5
MAG
4
HOC
Ret
HUN
Ret
SPA
Ret
MNZ
DSQ
18

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Classificação Pontos
2003 Jaguar Racing F1 Team Jaguar R4 Cosworth V10 AUS
Ret
MAL
Ret
BRA
Ret
SMR
14
ESP
Ret
AUT
9
MON
Ret
CAN
10
EUR
10
FRA
10
GBR
Ret
ALE
NP
HUN
NP
ITA
NP
EUA
NP
JAP
NP
21º 0
2004 BMW WilliamsF1 Team Williams FW26 BMW P84 3.0 V10 AUS
NP
MAL
NP
BHR
NP
SMR
NP
ESP
NP
MON
NP
EUR
NP
CAN
NP
EUA
NP
FRA
NP
GBR
NP
ALE
7
HUN
7
BEL
Ret
ITA
7
CHI
NP
JAP
NP
BRA
NP
15º 6
2005 BMW WilliamsF1 Team Williams FW27 BMW P84/5 3.0 V10 AUS MAL BHR SMR ESP MON EUR CAN EUA FRA GBR ALE HUN TUR ITA
7
BEL
15
BRA
Ret
JAP
Ret
CHN
13
22º 2

Champ Car[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 Classificação Pontos
2006 Rocketsports LBH
10
HOU
NP
MTY
NP
MIL
NP
POR
NP
CLE
NP
TOR
NP
EDM
NP
SJO
NP
DEN
NP
MTL
13
ROA
NP
SRF
10
MXC
12
18º 43

Fórmula Indy[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Classificação Pontos
2008 Rocketsports HMS
NP
STP
NP
MOT¹
NP
LBH¹
16
KAN
NP
IND
NP
MIL
NP
TXS
NP
IOW
NP
RIR
NP
WGL
NP
NSH
NP
MDO
NP
EDM
NP
KTY
NP
SNO
NP
DET
NP
CHI
NP
SRF²
NP
- 0
  • ¹ Etapas disputadas no mesmo dia
  • ² Etapa não valeu pontos

Stock Car Brasil[editar | editar código-fonte]

Corrida em negrito significa pole position; corrida em itálico significa volta mais rápida)

Ano Equipe Carro 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Classificação Pontos
2008 Action Power Peugeot 307 SAO
15
BSB
Ret
CTB
DSQ
SCZ
Ret
CGD
14
SAO
24
RIO
16
LON
Ret
CTB
NP
BSB
18
TAR
NP
SAO
13
31° 6
2009 Amir Nasr Racing Peugeot 307 SAO
3
CTB
4
BSB
Ret
SCZ
4
SAO
9
SAL
20
RIO
NP
LON
NP
CTB
NP
BSB
NP
TAR
NP
SAO
NP
16º 51
2010 Hot Car Competições Chevrolet Vectra SAO
16
CTB
Ret
VEL
NL
RIO RBP SAL SAO CGD LON SCZ BSB CTB
28º* 0*
  • * Temporada em andamento.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Devido a que no Campeonato Brasileiro de Stock Car implementa-se numeração fixa para seus participantes, Antonio Pizzonia curiosamente adotou o número 1 para decorar os laterais de seu carro. Como o número 1 não se tem em conta para identificar ao campeão, Pizzonia elegeu-o apesar de não o ser.

Recentemente Antonio Pizzonia gravou vídeos como um personagem criado por ele mesmo em homenagem ao ex-guitarrista do Guns N'Roses Slash. A serie de vídeos pode ser vista em seu perfil no YouTube.

Pizzonia se envolveu em uma polêmica em seu Twitter. Tudo porque ele postou, 'Messi tocou na bola 3 vezes, e fez 3, Neymar tocou na bola 10 vezes, e caiu 20 devido a má atuação do atacante brasileiro no amistoso contra a Argentina. O comentário, gerou revolta dos santistas.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antonio Pizzonia