Giancarlo Fisichella

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giancarlo Fisichella
Fisichella no Grande Prémio da Itália de 2009
Informações pessoais
Nome completo Giancarlo Fisichella
Nacionalidade Itália Italiano
Nascimento 14 de Janeiro de 1973 (41 anos)
Roma
Altura 1,72[1] m
Registros na Fórmula 1
Temporadas 19962009
Equipes Minardi, Jordan, Benetton, Sauber, Renault, Force India e Ferrari
GPs disputados 231 (228 largadas)
Títulos 0 (4 em 2006)
Vitórias 3
Pódios 19
Pontos 275
Pole positions 4
Voltas mais rápidas 2
Primeiro GP GP da Austrália de 1996
Primeira vitória GP do Brasil de 2003
Última vitória GP da Malásia de 2006
Último GP GP de Abu Dhabi de 2009

Giancarlo Fisichella (Roma, 14 de Janeiro de 1973) é um automobilista italiano.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Fisichella começou a carreira no kart aos onze anos de idade e competiu na Itália até os quinze anos. Foi vice-campeão europeu em 1989 e 1991 e campeão mundial em 1990. Em 1992, estreou na Fórmula 3 italiana. Na segunda temporada, foi vice-campeão, e conquistou o título em 1994.

Em 1995, participou do campeonato internacional de turismo com a Alfa Romeo.

Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

1996: Minardi[editar | editar código-fonte]

Em 1996, estreou na Fórmula 1. Competindo pela Minardi, substituindo o japonês Taki Inoue - que havia assinado com a equipe de Faenza, mas que havia sido dispensado por falta de pagamento de um patrocinador - disputou oito provas antes de ser substituído por seu compatriota, o veterano Giovanni Lavaggi. No mesmo ano, realizou testes para a Ferrari.

1997: Jordan[editar | editar código-fonte]

Para 1997, assinou contrato com a Jordan. No Canadá e na Bélgica, conquistou seus primeiros pódios, ambos na segunda colocação e terminou o campeonato em oitavo com vinte pontos. Teve como companheiro o alemão Ralf Schumacher.

1998-2001: Benetton[editar | editar código-fonte]

Na segunda temporada na Fórmula 1, correu pela terceira escuderia diferente: a Benetton. Os quatro anos que passou na Benetton não foram nada fáceis. Sem os motores Renault, a Benetton passou por sérios problemas.

Ainda assim, em 1998, no GP da Áustria, conseguiu cravar sua primeira pole position. Em Montreal e Mônaco, completou as provas em segundo lugar, porém não conseguiu mais pontos naquele ano, terminando em nono entre os pilotos. Na temporada seguinte, só esteve presente no pódio uma vez, novamente no GP do Canadá e repetiu a posição do campeonato anterior, com treze pontos.

No ano 2000, a situação melhorou um pouco e Fisichella ficou entre os três primeiros pilotos nos GPs de Mônaco, do Brasil e Canadá. Tal como ocorreria em 1999, não obteve mais pontos no restante da temporada, mas foi o sexto melhor colocado entre os pilotos. Em 2001, a Renault comprou a Benetton. Entretanto, Fisichella só conseguia brigar por posições contra os carros da Minardi e da Prost. No GP da Bélgica, o italiano conquistou o único pódio da equipe naquele ano e foi o décimo primeiro da competição, com oito pontos.

2002-2003: volta à Jordan[editar | editar código-fonte]

Preterido pela Renault, Giancarlo voltou para a Jordan em 2002 e só conseguiu contabilizar sete pontos, repetindo a mesma classificação do ano anterior.

Na temporada 2003, Fisichella não subiu no alto do pódio uma única vez sequer, mas conquistou sua primeira vitória no agitado e chuvoso GP do Brasil, que teria sido ganho por Kimi Räikkönen. Porém, a FIA reconheceu o erro e determinou que a vitória havia sido de Fisichella, que recebeu o troféu em uma cerimônia simbólica. Só em Indianápolis ele voltou a pontuar, graças a sua sétima posição. Fechando o mundial em décimo segundo lugar com doze pontos.

2004: Sauber[editar | editar código-fonte]

Em 2004, Fisichella troca a Jordan pela Sauber, e faz boas atuações nos GPs do Canadá, da Inglaterra e da Bélgica que lhe rendem vinte e dois pontos e a décima primeira colocação no campeonato.

2005-2007: Renault[editar | editar código-fonte]

Em 2005 volta a trabalhar com Flavio Briatore na Renault. Já na abertura do campeonato, Fisichella vence o GP da Austrália, entretanto, ao longo do ano, só consegue outro pódio no GP da Itália com uma terceira colocação e no GP do Japão com a segunda posição e terminando a temporada em quinto lugar na classificação geral, com cinquenta e oito pontos e vendo seu companheiro de equipe Fernando Alonso terminar com cento e trinta e três pontos e se tornando campeão mundial.

Em 2006 começou de forma parecida vencendo o GP da Malásia, porém nesse ano volta ao pódio em mais quatro oportunidades nos GPs da Espanha, Estados Unidos, China e Japão, todos eles na terceira colocação. Ao final do campeonato, foi o quatro colocado no mundial de pilotos, com setenta e dois pontos novamente atrás de seu companheiro de equipe que se sagrou bicampeão mundial com cento e trinta e quatro pontos.

Em 2007 a Renault não é a mesma e perde muito rendimento com a mudança na marca de pneus e a saída de Alonso da equipe. Dessa vez, Fisichella não consegue pódios e acaba o ano na oitava posição no mundial com vinte e um pontos, mais uma vez atrás de seu novo companheiro de equipe, o finlandês Heikki Kovalainen, que terminou o ano com uma segunda posição no GP do Japão e trinta pontos no mundial.

2008-2009: Force India[editar | editar código-fonte]

Em 11 de Janeiro, Fisichella foi confirmado como piloto da Force India, passando no "Vestibular da F.1." com Christian Klien, Ralf Schumacher, Giedo van der Garde, Roldán Rodríguez, Vitantonio Liuzzi e Franck Montagny. No GP de Mônaco de 2008 completou sua corrida de número 200.

No Grande Prêmio da Bélgica de 2009, surpreendeu a todos ao fazer a pole[2] e chegar em segundo lugar na corrida, conquistando o primeiro pódio e os primeiros pontos para sua equipe, até então considerada a mais fraca do campeonato.

2009: Ferrari[editar | editar código-fonte]

No dia 3 de Setembro de 2009, Fisichella foi anunciado como substituto de Luca Badoer na equipe Ferrari para o restante da temporada de 2009 a partir do GP da Itália, mantendo-se como piloto de testes e primeiro piloto reserva para 2010.[3]

Resultados na Fórmula 1[editar | editar código-fonte]

Legenda: (Corridas em negrito indicam pole position); (Corridas em itálico indicam volta mais rápida)

Temporada Equipe Chassis Motor 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 Classificação Pontos
1996 Minardi Team Minardi M195B Ford EDM2 3.0 V8
Ford EDM3 3.0 V8
AUS
Ret
BRA
ARG
EUR
13
SMR
Ret
MON
Ret
ESP
Ret
CAN
8
FRA
Ret
GBR
11
ALE
HUN
BEL
ITA
POR
JAP
NC 0
1997 Benson & Hedges Total
Jordan Peugeot
Jordan 197 Peugeot A14 3.0 V10 AUS
Ret
BRA
8
ARG
Ret
SMR
4
MON
5
ESP
9
CAN
3
FRA
9
GBR
7
ALE
11
HUN
Ret
BEL
2
ITA
4
AUT
4
LUX
Ret
JAP
7
EUR
11
20
1998 Mild Seven Benetton Playlife Benetton B198 Playlife GC37-01 3.0 V10 AUS
Ret
BRA
6
ARG
7
SMR
Ret
ESP
Ret
MON
2
CAN
2
FRA
9
GBR
5
AUT
Ret
ALE
7
HUN
8
BEL
Ret
ITA
8
LUX
6
JAP
8
16
1999 Mild Seven Benetton Playlife Benetton B199 Playlife FB01 3.0 V10 AUS
4
BRA
Ret
SMR
5
MON
5
ESP
9
CAN
2
FRA
Ret
GBR
7
AUT
12
ALE
Ret
HUN
Ret
BEL
11
ITA
Ret
EUR
Ret
MAL
11
JAP
14
13
2000 Mild Seven Benetton Playlife Benetton B200 Playlife FB02 3.0 V10 AUS
5
BRA
2
SMR
11
GBR
7
ESP
9
EUR
5
MON
3
CAN
3
FRA
9
AUT
Ret
ALE
Ret
HUN
Ret
BEL
Ret
ITA
11
EUA
Ret
JAP
14
MAL
9
18
2001 Mild Seven Benetton Playlife Benetton B201 Renault RS21 3.0 V10 AUS
13
MAL
Ret
BRA
6
SMR
Ret
ESP
14
AUT
Ret
MON
Ret
CAN
Ret
EUR
11
FRA
11
GBR
13
ALE
4
HUN
13
BEL
3
ITA
10
EUA
8
JAP
17
11º 8
2002 DHL Jordan Honda Jordan EJ12 Honda RA002E 3.0 V10 AUS
Ret
MAL
13
BRA
Ret
SMR
Ret
ESP
Ret
AUT
5
MON
5
CAN
5
EUR
Ret
GBR
7
FRA
DNQ
ALE
Ret
HUN
6
BEL
Ret
ITA
8
EUA
7
JAP
Ret
11º 7
2003 Benson & Hedges Jordan Ford Jordan EJ13 Ford RS1 3.0 V10 AUS
Ret
MAL
Ret
BRA
1
SMR
15
ESP
Ret
AUT
Ret
MON
10
CAN
Ret
EUR
12
FRA
Ret
GBR
Ret
ALE
13
HUN
Ret
ITA
10
EUA
7
JAP
Ret
12º 12
2004 Sauber Petronas Sauber C23 Petronas 04A 3.0 V10 AUS
10
MAL
11
BHR
13
SMR
9
ESP
7
MON
Ret
EUR
6
CAN
4
EUA
9
FRA
12
GBR
6
ALE
9
HUN
8
BEL
5
ITA
8
CHN
7
JAP
8
BRA
9
11º 22
2005 Mild Seven Renault F1 Team Renault R25 Renault RS25 3.0 V10 AUS
1
MAL
Ret
BHR
Ret
SMR
Ret
ESP
5
MON
12
EUR
6
CAN
Ret
EUA
DNS
FRA
6
GBR
4
ALE
4
HUN
9
TUR
4
ITA
3
BEL
Ret
BRA
5
JAP
2
CHN
4
58
2006 Mild Seven Renault F1 Team Renault R26 Renault RS26 2.4 V8 BHR
Ret
MAL
1
AUS
5
SMR
8
EUR
6
ESP
3
MON
6
GBR
4
CAN
4
USA
3
FRA
6
ALE
6
HUN
Ret
TUR
6
ITA
4
CHN
3
JAP
3
BRA
6
72
2007 ING Renault F1 Team Renault R27 Renault RS27 2.4 V8 AUS
5
MAL
6
BHR
8
ESP
9
MON
4
CAN
DSQ
EUA
9
FRA
6
GBR
8
ALE
10
HUN
12
TUR
9
ITA
12
BEL
Ret
JAP
5
CHN
11
BRA
Ret
21
2008 Force India Formula One Team Force India VJM01 Ferrari 056 2.4 V8 AUS
Ret
MAL
12
BAH
12
ESP
10
TUR
Ret
MON
Ret
CAN
Ret
FRA
18
GBR
Ret
ALE
16
HUN
15
EUR
14
BEL
17
ITA
Ret
CIN
14
JAP
Ret
CHN
17
BRA
18
19º 0
2009 Force India Formula One Team Force India VJM02 Mercedes FO108W 2.4 V8 AUS
11
MAL
18
CHN
14
BHR
15
ESP
14
MON
9
TUR
Ret
GBR
10
ALE
11
HUN
14
EUR
12
BEL
2
15º 8
Scuderia Ferrari
Marlboro
Ferrari F60 Ferrari 056 2.4 V8 ITA
9
CIN
13
JAP
12
BRA
10
ABU
16

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Giancarlo Fisichella