Ferrari 125 F1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ferrari 125 F1
Visão Geral
Produção 1948-1952
Fabricante Ferrari
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Gioacchino Colombo
Ficha técnica
Motor Motor Ferrari Colombo V12
Transmissão manual de 5 velocidades
Dimensões
Comprimento 3.685 mm
Largura 1.400 mm
Altura 1.025 mm
Peso 710 kg
Tanque 120 L
Cronologia
Último
Último
Ferrari 275 F1
Próximo
Próximo


O 125 F1 foi o primeiro carro de Fórmula 1 da Ferrari. Compartilhou seu motor com o 125 S que o antecedeu um ano antes e foi desenvolvido por Enzo Ferrari e Gioacchino Colombo.

O 125 F1 tinha chassi de aço tubular e um motor V12 sobrealimentado de 1,5 litro, que rendia 230 cv de potência a 7.000 rpm. Sua primeira corrida foi o XVIII Grande Premio da Itália, realizado em 5 de setembro de 1948, e teve como piloto Raymond Sommer trazendo o 125 F1 na 3ª colocação logo na sua estréia

Para 1949, o motor foi modificado sendo colocado um duplo comando de válvulas (embora ainda usasse apenas duas válvulas por cilindro) e um compressor mecânico ainda pouco confiável. Esta combinação deu ao carro a potência de 280 cv a 8.000 rpm, garantindo ao modelo mais 5 vitórias naquele ano com Alberto Ascari, Luigi Villoresie Peter Whitehead O desenvolvimento continuou o ano seguinte, mas o compressor problemático foi retirado em favor de um motor maior, o 275, projetado por Aurélio Lampredi.

Já na período da Fórmula 1 moderna, o modelo foi utilizado nas temporadas de 1950, 1951 e 1952 da F1. Foi guiado por Alberto Ascari, Raymond Sommer, Gigi Villoresi, José Froilán González, Giuseppe Farina e Piero Taruffi.

Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.