RBA TV

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde abril de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
TV RBA
Sistema Clube do Pará de Comunicação Ltda.
Tipo Rede de Televisão Comercial
País  Brasil
Fundação 15 de dezembro de 1988 (25 anos)
por Jair Bernardino
Pertence a Grupo RBA de Comunicação
Presidente Camilo Centeno
Formato de vídeo 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Afiliações Rede Bandeirantes
Cobertura Grande Belém e região
Disponibilidade aberta e gratuita
analógico
Canal 13 (Belém)
digital
Canal 35 (Belém)
Disponibilidade por cabo
ORM Cabo
9 480i (SDTV)/ 505 1080i (HDTV)
NET
13 480i (SDTV)/ 522 1080i (HDTV)

A RBATV, também conhecida como RBA (Rede Brasil Amazônia de Televisão) é uma emissora de televisão brasileira afiliada à Rede Bandeirantes em Belém, no Estado do Pará.

História[editar | editar código-fonte]

Antigo microfone da emissora.

Entrou no ar em 15 de dezembro de 1988 pelo empresário Jair Bernardino, então proprietário da Concessionária Volkswagen Belauto, como afiliada a Rede Manchete.

Em 5 de agosto de 1989, ocorre a morte de Jair Bernardino em um desastre aéreo na Baía do Guajará, próximo à cidade de Belém. Os parentes assumem o comando da emissora.

Em 1990, a emissora foi vendida pelos parentes de Bernardino para o político local Jader Barbalho, à época eleito governador do estado do Pará.

Em junho de 1993 deixa a Rede Manchete, por conta da crise da rede que enfrentava desde 1992 e passa a ser afiliada da Rede Bandeirantes. Na época, a Bandeirantes era transmitida parcialmente pela TV Cultura do Pará (hoje Rede Cultura do Pará) por quase três anos, depois que a antiga afiliada, a TV Guajará, teve graves divergências com a rede, que na qual resolveu não renovar com a emissora. Essa condição mantém até hoje.

Nos anos seguintes, a RBA amplia sua cobertura no norte, nordeste, leste e sudoeste do estado, através do sinal via satélite. A principal emissora do interior é a TV RBA de Marabá.

Em 26 de julho de 2009, a RBA iniciou oficialmente os testes da transmissão do sinal digital através do canal 35, sendo a primeira emissora digital da capital paraense.

Desde 2010, a emissora é conhecida por enviar reportagens para Brasil Urgente, sobre criminalidade em Belém e nas cidades paraenses, que cresceu nos últimos anos.

Em 2011, a emissora anunciou que vai mudar a logomarca. É a primeira mudança desde que entrou no ar, prevista para 2 de maio.[1]

No dia 17 de maio de 2012, a RBA TV dá mais um grande salto para o futuro na televisão paraense. Após a TV Record Belém começar a transmitir a programação local em HD, foi a vez da RBA TV também transmitir em HD. Além de começar a transmitir a programação 100% HD, a emissora ganhou um novo carro de externas, novos cenários, e um novo programa, o Brasil Urgente Pará, apresentado por Ronaldo Porto, que deixa o comando do Barra Pesada após 20 anos para Agenor Santos.

Programas Locais e Apresentadores[editar | editar código-fonte]

  • Cidade Contra o Crime - Seg. à Sex. - Apresentado por Luís Eduardo Anaice.
  • Barra Pesada - Seg. à Sab. - Apresentado por Agenor Santos.
  • Metendo Bronca - Seg. à Sex. - Apresentado por Joaquim Campos.
  • Brasil Urgente - PA - Seg. à Sex. - Apresentado por Ronaldo Porto.
  • Jornal RBA - Seg. à Sex. - Apresentado por Daiane Balbinot.
  • Rota Cidadã 190 - Sab. - Apresentado por Joaquim Campos.
  • Argumento - Ter. - Apresentado por Mauro Bonna.
  • Paranoia - Dom. - Apresentado por Magela e Cia.
  • Camisa 13 - Seg. à Sex. - Apresentado por Zaire Filho e Sianne Neno.
  • Bola na Torre - Dom. - Apresentado por Guilherme Guerreiro.

Sinal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. RBA fixa nova marca e novas fronteiras. Diário do Pará (Domingo, 1º de maio de 2011, 1h26). Página visitada em 01-05-2011.

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre emissoras da Band é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.