Santa Inês (Maranhão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Santa Inês
"Princesinha do Vale do Pindaré, Capital do Vale do Pindaré"
Bandeira de Santa Inês
Brasão de Santa Inês
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 14 de março
Fundação 14 de março de 1967
Gentílico santa-inesense
Lema Governo sem fronteiras!
Prefeito(a) Ribamar Alves (PSB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Santa Inês
Localização de Santa Inês no Maranhão
Santa Inês está localizado em: Brasil
Santa Inês
Localização de Santa Inês no Brasil
03° 40' 01" S 45° 22' 48" O03° 40' 01" S 45° 22' 48" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Oeste Maranhense IBGE/2008[1]
Microrregião Pindaré IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Monção (Maranhão) (norte e oeste); Santa Luzia (Maranhão) (sul); Altamira do Maranhão (leste e sul); Vitorino Freire e Bela Vista do Maranhão (leste); Pindaré Mirim e Tufilândia (oeste).
Distância até a capital 250 km
Características geográficas
Área 381 157 km² [2]
População 82 680 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 202 76 hab/Km² hab./km²
Altitude 24 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,674 (BR: 3434º MA: 8º) – médio PNUD/2010[4]
PIB R$ 348 080,423 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 115,30 IBGE/2008[5]
Página oficial

Santa Inês é um município brasileiro do estado do Maranhão. Localiza-se a uma latitude 03º40'00" sul e a uma longitude 45º22'48" oeste, estando a uma altitude de 24 metros. Sua população é de 82 680 habitantes e densidade de 202,76 hab/km² segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2014. A cidade fica a 243 km da capital do estado, São Luís.

Possui uma área de 381,157 km² , dos quais 3,845 km² estão em zona urbana e Santa Inês é um município privilegiado por ter vários acessos rodoviários: (BR-316 e BR-222), ferroviário: Ferrovia Carajás (CVRD), hidroviário: Porto de Pindaré e aeroviário: Aeroporto Regional João Silva (SJBY) com pista homologada em pavimento asfáltico de 1500x30 metros.

A cidade de Santa Inês está em um forte processo de conurbação com Pindaré-Mirim. Juntas, as cidades contam com cerca de 120 mil habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Praça da Matriz de Santa Inês
Prefeitura Municipal

Conhecida primitivamente como “Ponta da Linha”, por estar localizada, em 1884, no final da via férrea construída pela Companhia Progresso Agrícola para percorrer as plantações de cana-de-açúcar que abasteciam o Engenho Central, em Pindaré-Mirim, Santa Inês deve sua origem a esse importante empreendimento agroindustrial.

Santa Inês que antes teve vários nomes, no inicio povoado chamado de Ponta da Linha devido ao trem carregava a cana para o engenho de Pindaré-mirim que na época Santa Inês era município de Pindaré.

A rua do Comércio, antes chamada de rua da Boiada, era o caminho percorrido pelas carroças de bois que carregavam as canas-de-açúcar para o engenho situado em Pindaré, este devido o engenho central, foi uma das primeiras cidades do Maranhão a receber luz elétrica.

Com o encerramento das atividades produtivas do Engenho Central ,por volta de 1910, a população de “Ponta da Linha” passou a dedicar-se à cultura de algodão, arroz, milho e mandioca, porém continuou dependendo de Pindaré-Mirim, a quem era subordinado administrativamente e por onde sua produção era escoada. Muito procurado por famílias nordestinas, que constituem atualmente, com seus descendentes, mais da metade da população local, o povoado cresceu rapidamente, a ponto de, no início da década de 60, tornar-se mais importante, em termos demográficos e econômicos, do que a sede do município a que pertencia.

A 14 de março de 1967, o antigo povoado de “Ponta da Linha”, já então conhecido como Santa Inês, conquistou sua autonomia. Beneficiado pela passagem da BR-222 e da Estrada de Ferro Carajás em sua sede, o município de Santa Inês é atualmente um dos mais importantes do Estado, tanto pela força de seu comércio e de sua agricultura como pela instalação, em seu território, de um distrito industrial que abriu largas perspectivas para seu desenvolvimento .

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

Cultura
  • Carnaval: Os carnavais de Santa Inês são considerados um dos melhores do estado. Anualmente milhares de pessoas de outras partes do estado se juntam aos santainesenses na folia, a tradição do município é que todo domingo de carnaval, aconteça na cidade o Arrastão Ponta da Linha, que é quando todos os blocos carnavalescos se juntam e percorrem as principais ruas da cidade, anualmente essa folia junta mais de 20 mil brincantes.
  • Festas Juninas: As festas juninas no município são realizadas no Parque da Raposa, espaço que pode comportar até 10 mil pessoas. Todo ano o Parque da Raposa lota de brincantes dessa festa, lá anualmente se apresentam vários bois da região e do estado.
  • Artesanato: Na cidade existe vários artesãos que trabalham com barro, seus trabalhos ficam expostos e à venda na Avenida da Amizade, no sentido Pindaré-Mirim, também existe vários pintores de tela na cidade.
Lazer

O lazer na cidade se dá principalmente às baladas noturnas, às praias de água doce, lagos e parque aquáticos.

  • Santa Inês Folia: O Santa Inês Folia (SIF) é um carnaval fora de época realizado no mês de dezembro em Santa Inês. A folia atrai milhares de pessoas do Maranhão e de outros estados.

Religião[editar | editar código-fonte]

A religião predominante é a Católica, porém, também existe várias outras denominações evangélicas, como por exemplo a Igreja Adventista,Testemunhas de Jeová, Igreja Batista, Assembleia de Deus, Igreja Maranata, Sara Nossa Terra, Igreja Batista Missionária. Também outras denominações como a Maçonaria.

Turismo[editar | editar código-fonte]

As principais atrações são as praias e os lagos. Por exemplo o Lago do Remanso: Lago de extrema beleza natural com cerca de 11 km de comprimento. Também nos meses de fevereiro, junho e dezembro a cidade formiga de turistas a procura de suas festas, que atualmente são consideradas uma das maiores do estado. Perdendo apenas para as cidades de São Luís e Imperatriz.


As atrações turísticas em Santa Inês são:

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população do município de Santa Inês, de acordo com o último censo realizado pelo IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, divulgado em 1º de dezembro de 2010, apresenta os seguintes dados:

  • População masculina: 37.303 habitantes - 47,71%,
  • População feminina: 40.879 habitantes - 52,29%,
    • Total das populações por gênero: 78.182 habitantes - 100,00%.
  • Zona urbana: 73.932 habitantes - 94,56%,
  • Zona rural: 4.250 habitantes - 5,44%,
    • Total da população do município: 78.182 habitantes - 100,00%.

Educação[editar | editar código-fonte]

Santa Inês tem se destacado como um pólo regional de educação. A cidade recebe diariamente alunos de cidades vizinhas tais como Pindaré-Mirim, Pio XII, Santa Luzia, Zé Doca e Bom Jardim. Há dois anos o Congresso Nacional aprovou a Proposta de Lei N° 7246/10 que "Autoriza o Poder Executivo a criar a Universidade Federal do Centro -Norte Maranhense , com sede no Município de Santa Inês, Estado do Maranhão."[6]

Escolas particulares
  • Escola Horas Alegres
  • Colégio Atuação
  • Colégio Adventista de Santa Inês (CASI)
  • Escola São João Batista
  • Escola Passos Firmes
  • AngloVest
  • Colégio Sinapsy
  • Britânico
  • Colégio ESI
  • Escola Tia Ana
  • Escola Roda Viva
  • Escola Cristã Evangélica
  • Escola Menino Jesus
  • Escola São joão Batista
Rede municipal
  • Escola Mun. Humberto de Campos
  • Escola Mun. Darcy Ribeiro
  • Escola Mun. Bandeira Tribuzzi I
  • Escola Mun. Bandeira Tribuzzi II
  • Escola Mun. Edmilson Gonçalves
  • Escola Mun. João Paulo II
  • Escola Mun. Maria Bringel
  • Creche Mun. Maria Aragão
  • Escola Pedro Lima
  • Escola Mun. Simone Macieira
  • Escola Mun. Benedito Sabbak Thomé
  • Creche Mãe Preta
Rede estadual
  • Centro de Ensino Padre Chagas
  • Centro de Ensinos Neuza de Carvalhos Bastos
  • Centro de Ensinos Estado de Pernambuco
  • Centro de Ensinos Governador Sarney
  • CEM Josué Diniz Alves
  • Escola 7 de Setembro
  • CEM Josué Montello
  • CAIC
  • CEM Inês Galvão
Rede federal
Ensino superior
Creche municipal no bairro COHAB

Comunicação[editar | editar código-fonte]

Sede da TV Remanso

Televisão[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

  • Mirante FM
  • Nova Santa Inês FM
  • Cultura FM
  • Esperança FM
  • Carajás FM
  • 94 FM
  • Cidade FM

Imprensa[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

Franquia da Carmen Steffens em Santa Inês
Mateus Supermercados de Santa Inês

A economia do município gira em torno, principalmente, do comércio. Santa Inês é a sede comercial para vários municípios em um raio de 200 km. Além do comércio outros setores que se destacam são as prestações de serviços, agricultura e recentemente o setor imobiliário.

Setor Imobiliário
Setor imobiliário aquecido
Novos condomínios surgem

Atualmente com o setor imobiliário aquecido várias empresas do ramo, tanto da cidade como de outras regiões, estão investindo em construções de condomínios e residenciais.

Setor de Viagens e Turismo

Santa Inês também conta com uma das agências de viagens e turismo da empresa LP TURISMO, que fica localizada na Av. Castelo Branco, 2785. E tem como missão transportar passageiros e turistas entre o estado do Maranhão e o estado de São Paulo, por meio rodoviário. A empresa tem viagens semanalmente e faz parte do GRUPO LP BRASIL.

Esporte[editar | editar código-fonte]

Anualmente na cidade ocorre vários torneios de futebol, handbol entre outros torneios, um dos principais deles é o JESI (Jogos Escolares de Santa Inês), onde vários atletas de escolas públicas e privadas do município se enfrentam. Sta Inês também possui um time, o Nacional que treina e joga no estádio municipal, o Estádio Artemas Santos conhecido como Binezão.

Rede bancária[editar | editar código-fonte]

Aeroportos[editar | editar código-fonte]

O aeroporto de Santa Inês estava sendo estudado para receber voos regulares da Litorânea Linhas Aéreas. E teria rotas para: São Luís, Imperatriz e Barra do Corda. Mas o projeto não progrediu por causa do encerramento da empresa.

TWO Táxi Aéreo no Aeroporto Regional de Santa Inês

Trânsito[editar | editar código-fonte]

Congestionamento em uma das avenidas de Santa Inês.

.

Congestionamento na Rua Getúlio Vargas, bairro Sto Antônio

Atualmente a frota de Santa Inês em 2011 segundo o Detran , é de 18.752 entre carros, motos, caminhões etc. Além da população de automóveis residentes na cidade, mais da metade dos carros que circulam diariamente por ela não emplacados na sua regional, fazendo com que o número de congestionamentos, lentidão e acidentes na cidade tenha aumentado nos últimos anos.

Transporte público[editar | editar código-fonte]

As cidades de Santa Inês e Pindaré são benefíciadas pelo Sistema Integrado de Transporte (SIT), com sede em Santa Inês. Possui uma frota de 10 ônibus urbanos que circulam nos 2 municípios e na ligação entre eles. Diariamente centenas de pessoas utilizam essa forma de transporte público para se deslocarem de um município a outro.

Também existe uma cooperativa de táxi sediada em Pindaré, que circulam no trajeto entre as duas cides. Facilidade em encontrar "transporte alternativo" através de vans para São Luís, Teresina, Imperatriz e Zé Doca na tradicional bifurcação das Laranjeiras.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

MAs, MA-320, BRs 316 e 222. Em Santa Inês cruzam-se duas BRs formando um entrocamento rodoviário, dando importância rodoviária à cidade. Sendo uma das principais do estado por isso.

Rede hospitalar[editar | editar código-fonte]

O Município possui 1 unidade hospitalar, 2 conveniadas e 23 unidades básicas ambulatoriais. Vários hospitais espalhados pela cidade são particulares, os que não são estão fechados, dificultando o atendimento às pessoas carentes. O principal hospital regional de Santa Inês é o Hospital Tomáz Martins (HTM)Que brevemente se tornará particular, ou dependendo do resultado das eleições continuará alugado para prefeitura, atende precariamente tanto a Sta Inês quanto a toda região circunvizinha. Além desse ainda existe o SPA (Suporte de Pronto Atendimento) e o Centro de Saúde Djalma Marques, que é o mais movimentado e precário do município.

Bairros[editar | editar código-fonte]

Rodoviária[editar | editar código-fonte]

Conurbação[editar | editar código-fonte]

O processo de conurbação é caracterizado por um crescimento que expande a cidade, prolongando-a para fora de seu perímetro absorvendo aglomerados rurais e outras cidades. Estas, até então com vida política e administrativa autônoma, acabam comportando-se como parte integrante da metrópole. A cidade de Santa Inês está se conurbando rapidamente com a cidade de Pindaré-Mirim. Com ruas e casas seguindo a Avenida da Amizade que ligam os dois municípios.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa populacional 2014 IBGE Estimativa populacional 2014 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2014). Visitado em 29 de agosto de 2014.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  6. Senado
  7. Unidersidade Federal Centro-Norte Maranhense

Ligações externas[editar | editar código-fonte]