Temporada de tufões no Pacífico de 2008

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Temporada de tufões no Pacífico de 2008
Primeiro sistema1 formado: 01W- em 13 de Janeiro de 2008
Sistemas ativos1: Temporada encerrada
Total de tempestades nomeadas: 22
Total de tufões: 12 (não oficial)
Grandes tufões (Cat. 3+): 8 (não oficial)
Tempestade mais forte: Jangmi - 905 mbar, 270 km/h.
Número de sistemas1 que atingiram terras emersas: 10
Danos totais: Desconhecido
ECA Total:
Fatalidades confirmadas: 1.717
1Inclui depressões tropicais e depressões subtropicais

A temporada de tufões no Pacífico de 2008 foi um evento em andamento do ciclo anual de formação de ciclones tropicais. Entretanto, a maioria dos ciclones tropicais tende a se formar entre Maio e Novembro.[1] Estas datas delimitam por convenção o período de cada ano durante o qual a maioria dos ciclones tropical se forma no Oceano Pacífico noroeste.

O objetivo deste artigo é limitado ao Oceano Pacífico noroeste, ao norte da Linha do Equador e a oeste da Linha Internacional de Data. Sistemas tropicais que se formam ao norte da Linha do Equador e a leste da Linha Internacional de Data. Os ciclones formados em todo o Pacífico noroeste são monitorados e ganham um nome dado pela Agência Meteorológica do Japão. Depressões tropicais que se formam nesta bacia são numerados e ganham um 'W' como sufixo. Sistemas, inclusive depressões tropicais, que se formam ou adentram na área de responsabilidade da Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA) ganham um segundo nome. Isto pode resultar que uma mesma tempestade poderá ter dois nomes.

O tufão Neoguri foi o primeiro ciclone tropical intenso da temporada, quando se formou no Mar da China Meridional durante abril. Neoguri foi o primeiro sistema tropical a afetar a China num mês de abril em 50 anos. O tufão Fengshen, que afetou as Filipinas e a China em junho, causou a morte de mais de 1.350 pessoas, sendo que 700 dessas morreram num naufrágio quando o barco onde estavam virou devido às fortes ondulações. O tufão Hagupit foi o mais intenso tufão a atingir a costa na temporada, quando atingiu a costa da província chinesa de Guangdong com ventos de até 220 km/h, segundo o JTWC. Hagupit também foi o mais custoso tufão da temporada; os prejuízos causados pelo sistema são estimados em mais de 3000 milhões de dólares (valores em 2008). Hagupit também causou 67 fatalidades na China e no Vietnã. O tufão Jangmi foi o tufão mais intenso da temporada, e de todo o mundo no ano de 2008, quando atingiu seu pico de intensidade com ventos de até 270 km/h, segundo o JTWC, e uma pressão central mínima de 905 mbar. Jangmi atingiu Taiwan dias mais tarde e mais enfraquecido, causando 2 fatalidades. O tufão Dolphin foi o último ciclone da temporada, quando se formou em meados de dezembro. Apesar de não atingir terras emersas, Dolphin causou 47 fatalidades, a maioria num outro naufrágio nas Filipinas.

Previsões para a temporada[editar | editar código-fonte]

Previsões de atividade tropical para a temporada de 2008
Fonte Data Total
de TTs
Tempestades
nomeadas
Tufões
UCHK Média (1950–2000)[2] 31 27 17
UCHK 8 de Abril de 2008[2] 33 30 19
Atividade atual 22 11 7

Desde a temporada de 2000, o Laboratório de Pesquisas Atmosféricas na Universidade da cidade de Hong Kong tem previsto o número esperado de ciclones tropicais, tempestades nomeadas e tufões numa temporada. As previsões são liberadas em Abril e Junho.[2]

Esta temporada, a UCHK previu uma temporada ligeiramente acima do normal. Uma temporada média, de acordo com a UCHK, tem 31 ciclones tropicais, 27 tempestades nomeadas e 17 tufões. Em sua previsão de Abril, a UCHK previu 33 ciclones tropicais, 30 tempestades nomeadas e 19 tufões.[2]

Tempestades[editar | editar código-fonte]

A classificação da intensidade dos ciclones tropicais é feita da seguinte maneira pela AMJ: Depressão tropical - menos que 63 km/h, tempestade tropical - entre 63 e 88 km/h, tempestade tropical severa - entre 88 e 117 km/h e tufão - mais que 117 km/h. Os ventos máximos são coletados na média máxima entre 10 minutos.

O JTWC utiliza outro sistema de classificação, baseado na escala de furacões de Saffir-Simpson: Depressão tropical - menos que 63 km/h, tempestade tropical - entre 63 e 117 km/h, tufão - entre 118 e 177 km/h e super tufão - mais que 177 km/h. Os ventos máximos são coletados na média máxima entre 1 minuto.

A China utiliza um sistema de classificação baseado em parte na Escala de Beaufort: Depressão tropical - níveis 6 e 7 na Escala de Beaufort, tufão - níveis 12 e 13, tufão severo - níveis 14 e 15 e super tufão - níveis 16 e 17. Os ventos máximos são coletados na média máxima entre 2 minutos.

O Japão e o Taiwan, em seus próprios idiomas, utilizam um sistema próprio cada. Para facilidade de entendimento, é utilizada aqui a escala de furacões de Saffir-Simpson, utilizado pelo JTWC. É especificado a diferença de ventos em 1 e 10 minutos.

Tempestade tropical 01W[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical 01W
Depressão tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} 1-W 2008 track.png
Duração 13 de Janeiro de 2008—16 de Janeiro de 2008
Intensidade 35 nós (65 km/h, 40 mph) 1 min
30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 1004 hPa (mbar)

Em 9 de Janeiro, uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sudeste das Filipinas. Aos poucos, o sistema se intensificou assim que passava sobre o arquipélago. Em 13 de Janeiro, o sistema foi declarado como uma depressão tropical pelo Joint Typhoon Warning Center (JTWC). No dia seguinte, o JTWC classificou a depressão como uma tempestade tropical assim que o sistema estava situado sobre o Mar da China Meridional. Sobre as águas frias do Mar da China Meridional, a tempestade começou a se enfraquecer e tornou-se uma depressão tropical no final de 14 de Janeiro. Na manhã de 15 de Janeiro, o JTWC emitiu seu último aviso sobre 01W assim que a depressão tornou-se uma área de baixa pressão remanescente. Entretanto, o JTWC teve que recomeçar os avisos sobre a depressão, pois a área de baixa pressão se regenerou a sudeste do Vietnã. Mas em 16 de Janeiro, o JTWC emitiu seu último aviso sobre 01W.

Tufão Neoguri (Ambo)[editar | editar código-fonte]

Tufão Neoguri
Tufão 02W (Ambo)
Tufão  (AMJ)
Categoria 3  (EFSS)
{{{image}}} Neoguri 2008 track.png
Duração 13 de Abril de 2008—19 de Abril de 2008
Intensidade 100 nós (185 km/h, 115 mph) 1 min
80 nós (148 km/h, 92 mph) 10 min, 960 hPa (mbar)

Uma depressão tropical formou-se nas Filipinas em 13 de Abril, segundo a Agência Meteorológica do Japão (AMJ),[3] ou em 14 de Abril, segundo o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) e a Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA). Ainda em 14 de Abril, o JTWC classificou a depressão numa tempestade tropical.[4] Continuando a se consolidar, a AMJ classificou o sistema, em 15 de Abril, como a tempestade tropical Neoguri. "Neoguri" foi atribuído pela Coreia do Sul, que significa cão-guaxinim em coreano.[5] No começo da madrugada (UTC) de 16 de Abril, a AMJ classificou Neoguri numa tempestade tropical severa[6] e horas depois, tanto o JTWC quanto a AMJ classificaram o sistema num tufão.[7] [8] Em 17 de Abril, o tufão atingiu o pico de intensidade, com ventos constantes de 175 km/h, assim que varria as Ilhas Paracel.

Águas mais frias e ventos de cisalhamento começaram a enfraquecer o sistema assim levou ventos e chuvas fortes para Hainan, China.[9] Neoguri atingiu a china continental no começo da madrugada de 19 de Abril. Logo em seguida, o JTWC emitiu seu último aviso sobre o sistema[10] e mais tarde, a AMJ fez o mesmo.[11]

Neoguri causou 3 fatalidades na China e $68 milhões de dólares em prejuízos.[12]

Tufão Rammasun (Butchoy)[editar | editar código-fonte]

Tufão Rammasun
Super tufão 03W (Butchoy)
Tufão  (AMJ)
Categoria 4  (EFSS)
{{{image}}} Rammasun 2008 track.png
Duração 7 de Maio de 2008—12 de Maio de 2008
Intensidade 135 nós (250 km/h, 155 mph) 1 min
105 nós (194 km/h, 121 mph) 10 min, 915 hPa (mbar)

Em 7 de Maio, o JTWC começou a emitir avisos regulares sobre a recém-formada depressão tropical 03W.[13] Praticamente ao mesmo tempo, a Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA) notou a formação de uma depressão tropical na região e lhe atribuiu o nome Butchoy. Logo depois, Agência Meteorológica do Japão (AMJ) também classificou o sistema numa depressão tropical.[14] Mais tarde, tanto o JTWC quanto a AMJ classificaram o sistema como uma tempestade tropical.[15] [16] A AMJ atribuiu ao sistema o nome Rammasun, que se refere ao deus do trovão na mitologia tailandesa.[5] Na noite (UTC) de 8 de Maio, a AMJ classificou Rammasun como uma tempestade tropical severa.[17]

Continuando a seguir para o norte e a se intensificar, o JTWC classificou Rammasun num tufão no início da madrugada (UTC) de 9 de Março,[18] enquanto que a AMJ fez o mesmo três horas depois.[19] O sistema continuou a sofrer rápida intensificação e em 10 de Maio, o JTWC classificou Rammasun num super tufão, o primeiro da temporada.[20] No entanto, em 11 de Maio, Rammasun, continuando a seguir para o norte, foi desclassificado pelo JTWC assim que o sistema começou a interagir com a zona baroclínica de médias latitudes.[21] Continuando a seguir para nordeste, Rammasun tornou-se totalmente extratropical em 12 de Março e o JTWC emitiu seu último aviso sobre o sistema,[22] enquanto que a AMJ desclassificou Rammasun como uma tempestade tropical severa[23] e horas depois, emitiu seu último aviso sobre o sistema.[23]

O tufão causou pelo menos duas fatalidades indiretas nas Filipinas, quando chuvas torrenciais e deslizamentos de terra afetaram a região.[24] O tufão também provocou ressacas na costa sudeste do Japão.[25]

Tempestade tropical severa Matmo (Dindo)[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical Matmo
Tempestade tropical 04W (Dindo)
Tempestade tropical severa  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Matmo 2008 track.png
Duração 14 de Maio de 2008—17 de Maio de 2008
Intensidade 40 nós (74 km/h, 46 mph) 1 min
50 nós (93 km/h, 58 mph) 10 min, 992 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a leste das Filipinas em 13 de Maio. O sistema se consolidou e o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) emitiu um alerta de formação de ciclone tropical sobre o sistema.[26] No começo da madrugada de 14 de Maio, o JTWC emitiu seu primeiro aviso sobre a recém-formada depressão tropical 04W.[27] Em 15 de Maio, a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) classificou o sistema uma tempestade tropical,[28] e lhe atribuiu o nome Matmo, que foi submetido pelo Estados Unidos da América e significa chuva forte numa das línguas da Micronésia.[5] Horas depois, o JTWC também classificou o sistema como uma tempestade tropical.[29]

No entanto, o sistema, seguindo para nordeste, adentrou a zona baroclínica de médias latitudes e sofreu transição extratropical e o JTWC emitiu seu último aviso sobre o sistema.[30] A AMJ fez o mesmo no começo da madrugada (UTC) de 17 de Maio.[31]

A Agência Meteorológica do Japão continuou a seguir o ciclone extratropical remanescente de Matmo até o sistema cruzar a Linha Internacional de Data. A partir de então, o Ocean Prediction Center da National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA) começou a monitorar o sistema até 20 de Maio, quando os remanescentes extratropicais de Matmo dissiparam-se totalmente ao sul das Ilhas Aleutas.

Em análises pós-tempestade, a AMJ classificou Matmo para uma tempestade tropical severa.[32]

Tempestade tropical severa Halong (Cosme)[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical severa Halong
Tufão 05W (Cosme)
Tempestade tropical  (AMJ)
Categoria 1  (EFSS)
{{{image}}} Halong 2008 track.png
Duração 14 de Maio de 2008—20 de Maio de 2008
Intensidade 75 nós (139 km/h, 86 mph) 1 min
60 nós (111 km/h, 69 mph) 10 min, 975 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos foi classificada como uma depressão tropical em 14 de Maio pela Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA). O sistema foi denominado pela agência filipina como Cosme. Em 15 de Maio, o JTWC emitiu seu primeiro aviso regular sobre a recém-formada depressão tropical 05W.]].[33] Em 16 de Maio, tanto a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) quanto o JTWC classificaram o sistema como uma tempestade tropical.[30] [34] A AMJ atribuiu o nome Halong para a tempestade, que foi submetido pelo Vietnã, que se refere a uma bonita baía vietnamita, a Baía de Ha Long.[5] Mais tarde, a AMJ classificou Halong como uma tempestade tropical severa.[35] Em 17 de Maio, o JTWC classificou Halong como um tufão.[36] Horas depois, o sistema fez landfall em Luzon, norte das Filipinas, com ventos de até 150 km/h. Na região, Halong provocou 44 fatalidades e $87 milhões de dólares em prejuízos.).[37]

Logo após, o sistema emergiu no Mar das Filipinas, enfraquecendo-se para uma tempestade tropical.[38] [39] No entanto, em 19 de Maio, a AMJ voltou a classificar Halong como uma tempestade tropical severa,.[40] mas desclassificando novamente para uma tempestade tropical horas depois.[41]

Na madrugada de 20 de Maio, o JTWC emitiu o último aviso sobre o sistema, notando que Halong já tinha completando a sua transição extratropical.[42] Mais tarde, a AMJ fez o mesmo.[43]

Tufão Nakri (Enteng)[editar | editar código-fonte]

Tufão Nakri
Tufão  (AMJ)
Categoria 4  (EFSS)
{{{image}}} Nakri 2008 track.png
Duração 27 de Maio de 2008—3 de Junho de 2008
Intensidade 125 nós (232 km/h, 144 mph) 1 min
100 nós (185 km/h, 115 mph) 10 min, 930 hPa (mbar)

Ao meio-dia (UTC) de 26 de Maio, a AMJ considerou a formação de uma fraca depressão tropical.[44] No dia seguinte, o JTWC também classificou o sistema como uma depressão tropical,[45] enquanto que a AMJ classificou o sistema como uma tempestade tropical e lhe atribuiu o nome Nakri.[46] O nome Nakri foi submetido pelo Camboja e refere-se a um tipo de flor.[5]

Mais tarde, o JTWC também classificou o sistema como uma tempestade tropical.[47] Durante aquela noite, a AMJ classificou o sistema numa tempestade tropical severa.[48] Em 28 de Maio, o JTWC classificou Nakri como um tufão.[49] Mais tarde, a AMJ fez o mesmo.[50] A partir do final da noite de 28 de Maio e durante a madrugada (UTC) de 29 de Maio, Nakri sofreu rápida intensificação e em apenas 12 horas, intensificou-se de um tufão equivalente a um furacão de categoria 1 para um de categoria 4. Mais tarde, Nakri atingiu seu pico de intensidade com ventos máximos sustentados de 230 km/h.[51]

No entanto, a influência da alta subtropical ao seu nordeste e o aumento do cisalhamento do vento começaram a afetar o sistema, que começou a se enfraquecer,[52] apesar de voltar a se intensificar ligeiramente e atingir o pico secundário de intensidade com ventos máximos sustentados de 150 km/h em 2 de Junho.[53] No entanto, o tufão entrou em contanto com a zona baroclínica e o JTWC emitiu seu último aviso sobre Nakri em 3 de Junho assim que o sistema tornou-se um ciclone extratropical.[54]

Tufão Fengshen (Frank)[editar | editar código-fonte]

Tufão Fengshen
Tufão 07W (Frank)
Tufão  (AMJ)
Categoria 3  (EFSS)
{{{image}}} Fengshen 2008 track.png
Duração 18 de Junho de 2008—25 de Junho de 2008
Intensidade 110 nós (204 km/h, 127 mph) 1 min
90 nós (167 km/h, 104 mph) 10 min, 945 hPa (mbar)

Em 18 de Junho, o JTWC classificou o sistema como a depressão tropical 07W,[55] enquanto que a AMJ classificou o sistema como uma depressão tropical plena.[56] Enquanto isso, a PAGASA também classificou o sistema como uma depressão tropical e atribuiu-lhe o nome não oficial de Frank. Horas depois, o JTWC classificou o sistema para uma tempestade tropical,[57] enquanto que a AMJ também fez isso, atribuindo ao sistema o nome Fengshen,[58] que foi submetido à lista de nomes de tufões pela China e significa em chinês 'deus do vento'.[5] Fengshen continuou a se intensificar e em 19 de Junho, a AMJ classificou o sistema para uma tempestade tropical severa[59] e posteriormente para um tufão.[60] Durante a noite do mesmo dia, o JTWC também classificou o sistema para um tufão.[61] A partir de 20 de Junho, Fengshen começou a afetar a região central das Filipinas com ventos de até 205 km/h.[62]

Ao todo, 1.356 fatalidades foram causadas pelo tufão, 1.340 nas Filipinas e 16 na China, principalmente devido a enchentes e deslizamentos de terra.[63] 800 pessoas morreram somente quando um navio com 856 passageiros e tripulantes afundou na região central do arquipélago filipino.[63]

Após deixar as Filipinas e seguir para o Mar da China Meridional, Fengshen começou a ser duramente afetado por forte cisalhamento do vento e tanto o JTWC quanto a AMJ desclassificaram Fengshen para uma tempestade tropical.[64] No começo da madrugada (UTC) de 25 de Junho, a AMJ desclassificou novamente Fengshen, desta vez para uma simples tempestade tropical,[65] quando o sistema atingiu Shenzhen, na província chinesa de Guangdong, logo a leste de Hong Kong, com ventos de até 95 km/h.[66] Durante a tarde de 25 de Junho, o JTWC desclassificou Fengshen para uma depressão tropical e emitiu seu último aviso sobre o sistema.[67] Logo após, a AMJ fez o mesmo.[65]

Depressão tropical Gener (PAGASA)[editar | editar código-fonte]

Depressão tropical Gener
Depressão tropical  (EFSS)
{{{image}}} PAGASA TD Gener.png
Duração 4 de Julho de 2008—5 de Julho de 2008
Intensidade 30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 1000 hPa (mbar)

A Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA) classificou uma área de convecção a leste da ilha Luzon como a depressão tropical Gener.[68] No entanto, a PAGASA parou de monitorar o sistema assim que Gener saiu de sua área de responsabilidade no começo da madrugada (UTC) de 5 de Julho.[69]

Tufão Kalmaegi (Helen)[editar | editar código-fonte]

Tufão Kalmaegi (Helen)
Tufão  (AMJ)
Categoria 2  (EFSS)
{{{image}}} Kalmaegi 2008 track.png
Duração 14 de Julho de 2008—20 de Julho de 2008
Intensidade 90 nós (167 km/h, 104 mph) 1 min
65 nós (120 km/h, 75 mph) 10 min, 970 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a nordeste das Filipinas. O sistema se desenvolveu e tornou-se uma depressão tropical em 13 de Julho, segundo a Agência Meteorológica do Japão (AMJ).[70] Seguindo para oeste-sudoeste, o sistema gradualmente se intensificou e tornou-se uma tempestade tropical em 15 de Julho, sendo que a AMJ atribuiu-lhe o nome Kalmaegi,[71] que foi submetido à lista de nomes de tufões pela Coreia do Sul, significando gaivota em coreano.[5] O sistema continuou a se intensificar e se organizar gradualmente até 17 de Julho, quando o sistema começou a sofrer rápida intensificação, alcançando ventos máximos sustentados de 165 km/h[72] antes de se enfraquecer assim que atingiu a ilha de Taiwan no mesmo dia.[73] No começo da madrugada do dia seguinte, Kalmaegi, já enfraquecido pela interação com terra, seguiu para o estreito de Taiwan. Ainda no mesmo dia, o sistema atingiu a costa da província chinesa de Fujian como uma tempestade tropical.[74] Kalmaegi então começou a seguir para o norte e nordeste, perdendo rapidamente sua organização,[75] seguindo para o mar Amarelo antes de se dissipar totalmente sobre a península da Coreia em 20 de Julho.

Nas Filipinas, Kalmaegi provocou chuvas torrenciais sobre o norte da ilha de Luzon, onde o sistema causou duas fatalidades e afetou mais de 30.000 pessoas.[76] Em Taiwan, Kalmaegi provocou ventos fortes e chuvas torrenciais, causando severas enchentes e deslizamentos de terra, afetando mais de 115.000 pessoas e causando pelo menos 19 fatalidades, deixando outras seis desaparecidas.[77] Na China, Kalmaegi provocou apenas ligeiros danos, apesar de mais de 350.000 pessoas terem deixado suas residências como preparativo à chegada da tempestade.[78]

Tufão Fung-wong (Igme)[editar | editar código-fonte]

Tufão Fung-Wong
Tufão 09W (Igme)
Tufão  (AMJ)
Categoria 2  (EFSS)
{{{image}}} Fung-wong 2008 track.png
Duração 24 de Julho de 2008—29 de Julho de 2008
Intensidade 95 nós (176 km/h, 109 mph) 1 min
85 nós (157 km/h, 98 mph) 10 min, 960 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se em 18 de Julho a leste-sudeste das ilhas Ryukyu do Japão. No entanto, a Agência Meteorológica do Japão somente considerou a formação de uma depressão tropical na região em 23 de Julho.[79] Enquanto seguia para oeste, direção que seguiu praticamente durante todo o seu período de existência, o sistema foi classificado para uma tempestade tropical em 25 de Julho pela AMJ, que também lhe atribuiu o nome Fung-wong,[80] que foi submetido à lista de nome dos tufões pelo Hong Kong e refere-se ao nome de um pico local, também significando Fênix em cantonês.[5] Intensificando-se gradualmente, Fung-wong atingiu sei pico de intensidade em 27 de Julho quando atingia a costa leste da ilha de Taiwan, com ventos sustentados em 1 minuto de até 195 km/h, segundo o JTWC, ou 140 km/h, segundo a AMJ.[81]

Após atingir Taiwan, Fung-wong começou a se enfraquecer rapidamente devido ao terreno montanhoso da região. Em 28 de Julho, Fung-wong foi desclassificado para uma tempestade tropical enquanto cruzava o estreito de Taiwan,[82] atingindo a costa leste da China ainda naquele dia.[83] Sobre a China continental, Fung-wong continuou a se desorganizar rapidamente e se dissipou completamente em 29 de Julho.[84]

As bandas externas de tempestade causaram fortes chuvas em Luzon, norte das Filipinas, causando pelo menos cinco fatalidades.[85] Em Taiwan, Fung-wong causou destruição generalizada, principalmente na agricultura, além de duas fatalidades. Os prejuízos totais na ilha taiwanesa chegaram a cerca de 30 milhões de dólares (valores em 2008).[86] Na China, Fung-wong também causou danos generalizados em praticamente todas as suas províncias orientais. Mais de 4 milhões de pessoas foram afetadas pelas chuvas torrenciais. Os prejuízos totais na China ultrapassaram 500 milhões de dólares (valores em 2008). 15 fatalidades foram relatadas no país.[87] [88] [89]

Tempestade tropical severa Kammuri (Julian)[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical severa Kammuri
Tempestade tropical 10W (Julian)
Tempestade tropical severa  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Kammuri 2008 track.png
Duração 3 de Agosto de 2008—7 de Agosto de 2008
Intensidade 50 nós (93 km/h, 58 mph) 1 e 10 min, 975 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos ficou mais bem organizada, se tornando uma depressão tropical em 3 de Agosto.[90] Seguindo para oeste-noroeste, a depressão se intensificou e se tornou uma tempestade tropical no dia seguinte,[91] sendo que a Agência Meteorológica do Japão atribuiu-lhe o nome Kammuri,[92] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pelo Japão e se refere à constelação Corona Borealis em japonês.[5] Devido a sua grande desorganização, Kammuri não foi capaz de se intensificar rapidamente, embora tenha se tornado uma tempestade tropical severa pouco antes de atingir a costa da província chinesa de Guangdong com ventos máximos sustentados de até 95 km/h.[93]

Após atingir a costa, Kammuri começou a se enfraquecer, mas ainda se manteve como uma tempestade tropical pois seguia paralelamente à costa.[94] Mais tarde naquele dia, Kammuri perdeu sua identidade quando começou a se dissipar sobre a região montanhosa do norte do Vietnã.[95]

Apesar de Kammuri não ser um sistema excepcionalmente intenso, a tempestade provocou chuvas torrenciais no sul da China, e na região norte da Indochina. As regiões autônomas de Guangxi e de Yunnan, sul da China, tiveram impactos econômicos diretos de mais de 150 milhões de dólares,[96] [97] além da perda de 40 vidas devido às severas enchentes e aos deslizamentos de terra.[97] As chuvas torrenciais também causaram danos generalizados a todas as províncias setentrionais do Vietnã, causando pelo menos 133 fatalidades[98] e 70 milhões de dólares em prejuízos.[99] No Laos e no nordeste da Tailândia, as chuvas causaram o transbordamento do rio Mekong, que chegou ao seu nível recorde nos últimos cem anos.[100] Pelo menos quatro pessoas morreram no Laos devido às enchentes,[101] que causaram também causaram cerca de 66,5 milhões de dólares em prejuízos no nordeste da Tailândia.[102] No total, 177 pessoas morreram devido à passagem de Kammuri pela região, que também provocou prejuízos econômicos diretos de mais de 250 milhões de dólares (valores em 2008).

Tempestade tropical severa Phanfone[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical severa Phanfone
Tempestade tropical severa  (AMJ)
{{{image}}} Phanfone 2008 track.png
Duração 10 de Agosto de 2008—11 de Agosto de 2008
Intensidade 50 nós (93 km/h, 58 mph) 10 min, 996 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sudeste do Japão em 6 de Agosto. No entanto, o sistema não demonstrou sinais de organização até em 9 de Agosto, quando a Agência Meteorológica do Japão classificou o sistema como uma depressão tropical.[103] No dia seguinte, a AMJ classificou a depressão para uma tempestade tropical e lhe atribuiu o nome Phanfone,[104] que foi submetido à lista de nomes dos tufões por Laos, que se refere a "animal" na língua laociana.[5]

No entanto, em 11 de Agosto, o sistema começou a sofrer transição extratropical a leste do Japão, depois de ter atingido o pico de intensidade com ventos máximos sustentados de 75 km/h,[105] e, com isso, a AMJ emitiu seu aviso final sobre o sistema ainda naquele dia[106] O Joint Typhoon Warning Center (JTWC) nunca considerou o sistema como além de uma perturbação tropical devido às suas naturezas híbridas (subtropicais).[107]

Devido à sua distância da costa, nenhum impacto associado à tempestade foi relatado. Em análises pós-tempestade, Phanfone foi classificado para uma tempestade tropical severa.[108]

Tempestade tropical 11W[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical 11W
Depressão tropical  (AMJ)
Depressão tropical  (EFSS)
{{{image}}} 11-W 2008 track.png
Duração 12 de Agosto de 2008—14 de Agosto de 2008
Intensidade 35 nós (65 km/h, 40 mph) 1 min
30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 998 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sul-sudeste da ilha de Taiwan em 11 de Agosto. O Joint Typhoon Warning Center começou a monitorar o sistema como uma perturbação tropical mais tarde naquele dia,[109] enquanto que a Agência Meteorológica do Japão classificou o sistema para uma fraca depressão tropical no começo da madrugada (UTC) do dia seguinte.[110] O sistema continuou a mostrar sinais de organização e o JTWC classificou o sistema para uma depressão tropical em 13 de Agosto.[111]

No entanto, seguindo sobre águas mais frias e para áreas com maior cisalhamento do vento, a depressão não foi capaz de se intensificar e se degenerou para uma área de baixa pressão remanescente sobre mar do Japão em 14 de Agosto.[112] O sistema remanescente seguiu para leste, se dissipando completamente sobre o Japão no dia seguinte.

Como o sistema era fraco e passou a maior parte de seu ciclo de vida distante da costa, seus efeitos foram mínimos ou desprezíveis. Não houve a necessidade de alertas ou avisos de ciclone tropical sobre o sistema.

Tempestade tropical severa Vongfong[editar | editar código-fonte]

Tempestade tropical severa Vongfong
Tempestade tropical severa  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Vongfong 2008 track.png
Duração 14 de Agosto de 2008—17 de Agosto de 2008
Intensidade 55 nós (102 km/h, 63 mph) 1 min
50 nós (93 km/h, 58 mph) 10 min, 990 hPa (mbar)

Uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sudeste do Japão em 10 de Agosto. No entanto, o sistema apenas começou a mostrar sinais de organização em 13 de Agosto, quando o Joint Typhoon Warning Center começou a monitorar o sistema como uma perturbação tropical.[113] A partir de então, o sistema começou a se organizar continuamente e, com isso, o JTWC emitiu um "Alerta de Formação de Ciclone Tropical" (AFCT) em 14 de Agosto.[114] Mais tarde naquele dia, o sistema ganhou organização suficiente para ser declarado como uma depressão tropical, segundo o JTWC.[115] Praticamente ao mesmo tempo, a Agência Meteorológica do Japão também considerou o sistema como uma fraca depressão tropical.[116] No dia seguinte, a AMJ considerou o sistema como uma depressão tropical plena,[117] enquanto que o JTWC emitiu seu primeiro aviso sobre a tempestade tropical 12W.[118] Ainda naquele dia, a AMJ também classificou a depressão para uma tempestade tropical e lhe atribuiu o nome Vongfong,[119] que foi submetido à lista de nomes dos tufões por Macau e significa "vespa" em cantonês.[5]

Seguindo para norte-nordeste e depois para nordeste, Vongfong atingiu seu pico de intensidade com ventos máximos sustentados de 95 km/h[120] antes de começar a se enfraquecer e começar a sofrer transição extratropical. Em 16 de Agosto, Vongfong já havia perdido suas características tropicais e se tornando um sistema extratropical. Com isso, o JTWC emitiu seu aviso final sobre o sistema.[121] A AMJ ainda manteve o sistema como uma tempestade tropical até em 17 de Agosto, quando também emitiu seu aviso final sobre o sistema.[122]

Mesmo passando ao largo da costa sudeste do Japão, Vongfong causou apenas danos mínimos ou desprezíveis ao país, já que o núcleo do sistema passou relativamente distante da costa. Não houve a necessidade de avisos e alertas de ciclone tropical sobre o sistema. Em análises pós-tempestade, a AMJ classificou Vongfong para uma tempestade tropical severa.[123]

Tufão Nuri (Karen)[editar | editar código-fonte]

Tufão Nuri
Tufão 13W (Karen)
Tufão  (AMJ)
Categoria 3  (EFSS)
{{{image}}} Nuri 2008 track.png
Duração 17 de Agosto de 2008—23 de Agosto de 2008
Intensidade 100 nós (185 km/h, 115 mph) 1 min
75 nós (139 km/h, 86 mph) 10 min, 955 hPa (mbar)

Nuri formou-se a partir de uma perturbação tropical em 17 de Agosto a oeste-noroeste de Guam.[124] Seguindo rapidamente para oeste-noroeste, o sistema se tornou uma tempestade tropical no começo da madrugada de 18 de Agosto, segundo a Agência Meteorológica do Japão (AMJ), que deu ao sistema o nome Nuri,[125] que significa "periquito" em língua malaia.[5] Continuando a se intensificar, Nuri se tornou um tufão, segundo a AMJ, mais tarde naquele dia,[126] atingindo o seu pico de intensidade com ventos de até 185 km/h, segundo o JTWC, ou 140 km/h, segundo a AMJ,[127] enquanto passava a poucos quilômetros da costa norte da ilha filipina de Luzon. Após adentrar o mar da China Meridional, Nuri começou a ser afetado por forte cisalhamento do vento, que provocou um enfraquecimento gradual do sistema.[128] Nuri finalmente atingiu diretamente Hong Kong em 22 de Agosto como uma simples tempestade tropical.[129] Após seguir sobre terra pelo sudeste da China, Nuri se enfraqueceu rapidamente, se dissipando completamente em 23 de Agosto.[130]

Enquanto passava ao longo da costa norte da ilha de Luzon, Nuri trouxe chuvas e ventos fortes para a ilha filipina. Cerca de 430.000 pessoas foram afetadas pelo tufão; mais de 10.000 residências foram danificadas ou destruídas devido aos ventos fortes, às severas enchentes e aos deslizamentos de terra. Naquele país, os prejuízos econômicos diretos foram de aproximadamente 34,5 milhões de dólares e foram registradas 15 fatalidades.[131] Na China, cerca de 250.000 pessoas tiveram que deixar suas residências da região costeira da província de Guangdong.[132] Naquele país, 3 pessoas morreram diretamente devido à tempestade.[133]

Tempestade tropical 14W (Lawin)[editar | editar código-fonte]

14W (Lawin)
Depressão tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} 14-W 2008 track.png
Duração 25 de Agosto de 2008—28 de Agosto de 2008
Intensidade 35 nós (65 km/h, 40 mph) 1 min
30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 1002 hPa (mbar)

A Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA) identificou a formação de uma depressão tropical a leste das Filipinas em 25 de Agosto.[134] No dia seguinte, tanto o Joint Typhoon Warning Center (JTWC)[135] quanto a Agência Meteorológica do Japão classificaram o sistema para uma depressão tropical.[136] No início da madrugada de 27 de Agosto, o JTWC classificou o sistema como uma tempestade tropical.[137]

No entanto, horas depois, houve um intenso aumento no cisalhamento do vento, impedindo o desenvolvimento do sistema e o enfraquecendo novamente para uma depressão tropical, segundo o JTWC.[138] Com isso, a AMJ parou de emitir avisos regulares sobre o sistema[139] e o JTWC fez o mesmo no começo da madrugada de 28 de Agosto.[140]

Tufão Sinlaku (Marce)[editar | editar código-fonte]

Sinlaku
15W (Marce)
Tufão  (AMJ)
Categoria 4  (EFSS)
{{{image}}} Sinlaku 2008 track.png
Duração 8 de Setembro de 2008—21 de Setembro de 2008
Intensidade 125 nós (232 km/h, 144 mph) 1 min
100 nós (185 km/h, 115 mph) 10 min, 935 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas que persistia a leste das Filipinas começou a mostrar sinais de organização em 7 de setembro.[141] O sistema continuou a se organizar, e o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) classificou-o como uma depressão tropical no dia seguinte.[142] Pouco antes, a PAGASA também tinha o classificado também como uma depressão tropical e atribuiu-lhe o nome Marce.[143] Mais tarde naquele dia, a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) considerou a formação de uma depressão tropical plena naquela região.[144] Ainda em 8 de setembro, tanto a AMJ[145] quanto o JTWC classificaram a depressão como uma tempestade tropical,[146] sendo que a AMJ atribuiu-lhe o nome Sinlaku,[145] nome submetido à lista de nomes de tufões pela Estados Federados da Micronésia, e se refere a um deus lendário em Kosrae.[5] Em 9 de Setembro, Sinlaku continuou a se intensificar gradualmente e, com isso, o JTWC classificou o sistema como um tufão,[147] enquanto que a AMJ classificou o sistema como uma tempestade tropical severa,[148] e também como um tufão mais tarde naquele dia.[149]

Após se intensificar rapidamente para um tufão com intensidade equivalente a um furacão de categoria 4 na escala de furacões de Saffir-Simpson,[150] Sinlaku começou a se enfraquecer devido a sucessivos ciclos de substituição da parede do olho.[151] Sinlaku fez landfall em Taiwan em 13 de Setembro, perto de Tou Cheng, com ventos de até 165 km/h.[152] A partir de então, Sinkalu começou a se enfraquecer rapidamente com o grande aumento do cisalhamento do vento, e tanto a AMJ quanto o JTWC desclassificaram Sinlaku para uma tempestade tropical.[153] No entanto, Sinlaku voltou a se intensificar gradualmente assim que o cisalhamento do vento começou a diminuir. A AMJ voltou a classificar o sistema para uma tempestade tropical severa, enquanto que o JTWC voltou a classificar Sinlaku para um tufão em 17 de Setembro.[154] Mas o sistema voltou a se enfraquecer assim que passava ao sul do Japão. Em 20 de Setembro, o JTWC emitiu seu aviso final sobre Sinlaku assim que o sistema começou a sofrer transição extratropical a leste do Japão.[155] A AMJ fez o mesmo no começo da madrugada do dia seguinte.[156]

Sinlaku causou fortes chuvas nas Filipinas, em Taiwan e na China. Em Taiwan, as chuvas foram torrenciais; 1.611 mm de precipitação foram registrados. Isto faz de Sinlaku o quarto ciclone tropical mais chuvoso da história do Taiwan. Os prejuízos à agricultura foram severos; pelo menos 20 milhões de dólares foram contabilizados como prejuízos econômicos diretos. Pelo menos 11 pessoas morreram como consequência dos efeitos de Sinlaku na Ásia.

Tempestade tropical 16W[editar | editar código-fonte]

16W
Depressão tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} 16-W 2008 track.png
Duração 10 de Setembro de 2008—11 de Setembro de 2008
Intensidade 35 nós (65 km/h, 40 mph) 1 min
30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 1002 hPa (mbar)

No começo da madrugada (UTC) de 10 de Setembro, o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) notou a formação de uma tempestade tropical a sudeste do Japão.[157]

No entanto, assim que as áreas de convecção associadas à tempestade começaram a se desorganizar, o JTWC desclassificou o sistema para uma depressão tropical.[158] Após um breve período de intensificação,[159] o JTWC emitiu seu aviso final sobre o sistema em 11 de setembro, assim que a depressão começou a se tornar um ciclone extratropical assim que seguia para o norte paralelamente à costa leste do Japão.[160]

Tempestade tropical 17W[editar | editar código-fonte]

17W
Depressão tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} 17-W 2008 track.png
Duração 13 de Setembro de 2008—14 de Setembro de 2008
Intensidade 35 nós (65 km/h, 40 mph) 1 min
25 nós (46 km/h, 29 mph) 10 min, 1010 hPa (mbar)

Em 12 de Setembro, a Agência Meteorológica do Japão começou a monitorar uma fraca depressão tropical a sudeste do Japão em seus boletins ultramarinos.[161] No dia seguinte, o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) considerou a formação de uma depressão tropical na região, atribuindo-lhe a designação 17W.[162]

No entanto, como o sistema já havia iniciado a transição extratropical, o JTWC não emitiu avisos adicionais sobre o sistema.[162]

Tufão Hagupit (Nina)[editar | editar código-fonte]

Hagupit
18W (Nina)
Tufão  (AMJ)
Categoria 4  (EFSS)
{{{image}}} Hagupit 2008 track.png
Duração 18 de Setembro de 2008—25 de Setembro de 2008
Intensidade 125 nós (232 km/h, 144 mph) 1 min
90 nós (167 km/h, 104 mph) 10 min, 935 hPa (mbar)

Em 14 de Setembro, uma área de perturbações meteorológicos se formou a nordeste de Guam. Em 18 de setembro, o JTWC considerou que a perturbação tinha se organizado na depressão tropical 18W.[163] Em 19 de Setembro, tanto o JTWC[164] quanto a AMJ[165] classificaram o sistema para uma tempestade tropical, sendo que a AMJ atribuiu-lhe o nome Hagupit,[165] que foi submetido à lista de nomes de tufões pelas Filipinas e significa chicote ou flagelamento.[5] Praticamente ao mesmo tempo, a PAGASA também classificou o sistema para uma tempestade tropical e lhe atribuiu o nome local Nina.[166] Hagupit continuou a se fortalecer e se tornou uma tempestade tropical severa, segundo a AMJ, em 20 de Setembro.[167] A tendência de intensificação de Hagupit continuou entanto a AMJ quanto o JTWC classificaram o sistema para um tufão em 21 de Setembro.[168] [169] Após atingir o pico de intensidade com ventos de até 220 km/h, segundo o JTWC,[170] Hagupit fez landfall na cidade de Maoming, no sudoeste da província chinesa de Guangdong, no começo da madrugada de 24 de Setembro.[171]

Hagupit começou a se enfraquecer rapidamente sobre terra, se enfraquecendo para uma tempestade tropical mais tarde naquele dia.[172] Ainda naquele dia, o JTWC emitiu seu aviso final sobre o sistema,[173] sendo que a AMJ fez o mesmo no começo da madrugada (UTC) do dia seguinte.[174]

Nas Filipinas, as chuvas torrenciais associadas a Hagupit causaram 8 fatalidades e afetaram mais de 10.000 pessoas.[175] As chuvas associadas ao tufão também causaram uma fatalidade no Taiwan.[176] Mais de 40.000 pessoas tiveram que abandonar as suas residências do sul da China. O país foi diretamente afetado por Hagupit, que causou 17 fatalidades na província de Guangdong e na Região Autônoma de Guangxi.[177] No entanto, o Vietnã foi o país mais afetado por Hagupit; o sistema remanescente causou chuvas torrenciais nas regiões montanhosas do norte do país, causando enxurradas, avalanches de lama e deslizamentos de terra. Cerca de 67 pessoas perderam as suas vidas como consequência dos efeitos de Hagupit no norte do Vietnã.[178]

Tufão Jangmi (Ofel)[editar | editar código-fonte]

Jangmi
19W (Ofel)
Tufão  (AMJ)
Categoria 5  (EFSS)
{{{image}}} Jangmi 2008 track.png
Duração 23 de Setembro de 2008—1 de Outubro de 2008
Intensidade 145 nós (269 km/h, 167 mph) 1 min
115 nós (213 km/h, 132 mph) 10 min, 905 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas a sudeste de Guam começou a mostrar sinais de organização em 23 de Setembro e foi classificada como a depressão tropical 19W pelo JTWC ainda naquele dia.[179] No dia seguinte, o sistema foi classificado para uma tempestade tanto pelo JTWC quanto pela AMJ,[180] [181] sendo que a AMJ atribuiu-lhe o nome Jangmi,[181] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pela Coreia do Sul e significa rosa em coreano.[5] Jangmi continuou a se fortalecer, se tornando uma tempestade tropical severa, segundo a AMJ,[182] ou um tufão, segundo o JTWC, em 25 de Setembro.[183] Mais tarde naquele dia, a AMJ também classificou Jangmi como um tufão.[184] Em 27 de Setembro, Jangmi tornou-se o mais intenso tufão da temporada de 2008, e o mais intenso ciclone tropical de todo o mundo em 2008, quando sua pressão central mínima caiu para 905 mbar e seus ventos máximos sustentados de 270 km/h, segundo o JTWC,[185] ou 215 km/h, segundo a AMJ.[186]

Continuando a seguir para noroeste, Jangmi atingiu a ilha de Taiwan em 28 de Setembro. Devido à interação com terra e ao súbito aumento do cisalhamento do vento devido à passagem de um cavado de médias latitudes pela região, Jangmi rapidamente se enfraqueceu para uma tempestade tropical.[187] Continuando a se interagir com a zona baroclínica, Jangmi se tornou extratropical ao sul do Japão e no final da noite (UTC) de 30 de Setembro, o JTWC emitiu seu aviso final sobre o sistema.[188] A AMJ fez o mesmo no começo da madrugada de 1 de Outubro.[189]

Jangmi afetou severamente a ilha de Taiwan. Os impactos econômicos diretos foram calculados em 240 milhões de dólares (valores em 2008).[190] Além disso, os efeitos de Jangmi causaram duas fatalidades e deixaram outras duas desaparecidas na ilha.

Tempestade tropical Mekkhala[editar | editar código-fonte]

Mekkhala
20W
Tempestade tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Mekkhala 2008 track.png
Duração 28 de Setembro de 2008—30 de Setembro de 2008
Intensidade 55 nós (102 km/h, 63 mph) 1 min
45 nós (83 km/h, 52 mph) 10 min, 990 hPa (mbar)

Em 28 de Setembro, tanto o JTWC quanto a AMJ classificaram uma área de perturbações meteorológicas no mar da China Meridional para uma depressão tropical.[191] [192] Logo em seguida, a AMJ classificou o sistema para uma tempestade tropical e lhe atribuiu o nome Mekkhala,[193] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pela Tailândia, e significa "anjo da tempestade" na língua tailandesa.[5] No dia seguinte, o JTWC também classificou o sistema como uma tempestade tropical.[194] No começo da madrugada de 30 de Setembro, a AMJ classificou Mekkhala como uma tempestade tropical severa;[195] em análises pós-tempestade, foi constatado que Mekkhala não atingiu tal intensidade.

No entanto, logo depois, Mekkhala fez landfall na costa do Vietnã nesta intensidade, e começou a se enfraquecer assim que seguia sobre a Indochina. Mais tarde naquele dia, tanto a AMJ[196] quanto o JTWC emitiram seus avisos finais sobre o sistema.[197]

Pelo menos 6.000 residências foram danificadas ou destruídas pelos ventos fortes e pelas chuvas torrenciais associadas a Mekkhala no Vietnã. No país, os impactos econômicos diretos foram totalizados em 6,6 milhões de dólares (valores em 2008).[198] Os efeitos de Mekkhala no Vietnã causaram 12 fatalidades, e deixaram outras 5 desaparecidas.[199]

Tempestade tropical Higos (Pablo)[editar | editar código-fonte]

Higos
21W (Pablo)
Tempestade tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Higos 2008 track.png
Duração 29 de Setembro de 2008—4 de Outubro de 2008
Intensidade 40 nós (74 km/h, 46 mph) 1 e 10 min, 998 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas a leste da ilha meridional filipina de Mindanau ficou mais bem organizada em 28 de Setembro. Com isso, o JTWC classificou o sistema para a depressão tropical 21W no dia seguinte,[200] enquanto que a PAGASA também classificou o sistema para uma depressão tropical, atribuindo-lhe o nome local Pablo.[201] Mais tarde naquele dia, o JTWC classificou a depressão para uma tempestade tropical.[202] Mais tarde naquele dia, a AMJ fez o mesmo, atribuindo-lhe o nome Higos,[203] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pelos Estados Unidos, e se refere literalmente a "Figos".[5]

Assim que a tempestade começou a cruzar o arquipélago filipino, começou a se enfraquecer, sendo desclassificado pelo JTWC para uma depressão tropical durante a noite (UTC) de 1 de Outubro.[204] O sistema não conseguiu se fortalecer sobre o mar da China Meridional e, no começo da madrugada de 4 de Outubro, enquanto Higos atingia a ilha de Hainan, na China, a AMJ também desclassificou o sistema para uma depressão tropical ao mesmo tempo em que emitia seu aviso final sobre o sistema.[205] O JTWC fez o mesmo mais tarde naquele dia.[206]

Higos não causou danos extensivos nas Filipinas ou na China. Em ambos os países, apenas os sistemas de transporte aéreos e terrestres ficaram paralisados durante a passagem do sistema. Há apenas relatos de pequenos incidentes associados à tempestade. Nenhum dano sério ou fatalidade foi registrada devido aos efeitos de Higos nas Filipinas e na China, incluindo Hong Kong e Macau.[207]

Tempestade tropical 22W[editar | editar código-fonte]

22W
Depressão tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} 22-W 2008 track.png
Duração 14 de Outubro de 2008—15 de Outubro de 2008
Intensidade 35 nós (65 km/h, 40 mph) 1 min
30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 1006 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas formou-se ao sul da ilha de Hainan, China, na segunda semana de Outubro. Seguindo para noroeste, o sistema se organizou lentamente, e em 13 de Outubro, a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) classificou o sistema como uma fraca depressão tropical.[208] O mesmo fez o Joint Typhoon Warning Center no dia seguinte,[209] classificando a depressão para a tempestade tropical 22W mais tarde naquele dia.[210]

No entanto, a tempestade atingiu a costa do Vietnã em 15 de Outubro e começou a se dissipar sobre a Indochina, com isso, o JTWC emitiu seu aviso final sobre o sistema.[211]

Tempestade tropical Bavi[editar | editar código-fonte]

Bavi
23W
Tempestade tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Bavi 2008 track.png
Duração 18 de Outubro de 2008—21 de Outubro de 2008
Intensidade 45 nós (83 km/h, 52 mph) 1 e 10 min, 992 hPa (mbar)

Uma pequena área de perturbações meteorológicas formou-se a nordeste de Guam e começou a se organizar rapidamente. Em 18 de Outubro, o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) classificou o sistema diretamente para uma tempestade tropical,[212] enquanto que a Agência Meteorológica do Japão classificou o sistema para uma depressão tropical plena. No dia seguinte, a AMJ classificou a depressão para uma tempestade tropical, atribuindo-lhe o nome Bavi,[213] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pelo Vietnã e se refere a uma cadeia de montanhas no país.[5]

A partir de 20 de Outubro, Bavi entrou em contato com a zona baroclínica e começou a sofrer transição extratropical.[214] Com isso, o JTWC emitiu seu aviso final sobre o sistema ainda naquele dia,[215] e a AMJ fez o mesmo horas mais tarde.[216]

Tempestade tropical severa Maysak (Quinta-Siony)[editar | editar código-fonte]

Maysak
24W (Quinta-Siony)
Tempestade tropical severa  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Maysak 2008 track.png
Duração 5 de Novembro de 2008—12 de Novembro de 2008
Intensidade 55 nós (102 km/h, 63 mph) 1 min
50 nós (93 km/h, 58 mph) 10 min, 985 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas a leste das Filipinas foi classificada como a depressão tropical "Quinta" pela PAGASA em 5 de Novembro.[217] No dia seguinte, tanto o JTWC quanto a AMJ classificaram o sistema para uma depressão tropical assim que o centro ciclônico seguiu para o mar da China Meridional.[218] [219] Em 7 de Novembro, a depressão se tornou uma tempestade tropical com condições meteorológicas favoráveis,[220] [221] sendo que a AMJ atribuiu o nome Maysak ao sistema,[221] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pelo Camboja e se refere ao nome de uma espécie de árvore local.[5] Maysak continuou a se fortalecer e a AMJ classificou o sistema para uma tempestade tropical severa no dia seguinte.[222]

No entanto, o sistema começou a ser afetado por um cavado de baixa pressão de altos níveis e começou a se enfraquecer. Com a dissipação do cavado em 9 de Novembro, Maysak também começou a ser afetado pela intrusão de ar frio e seco, causando o enfraquecimento do sistema. Com isso, a AMJ emitiu seu aviso final sobre o sistema ainda naquele dia.[223] O JTWC fez o mesmo no dia seguinte.[224] O centro ciclônico de baixos níveis sobreviveu às condições desfavoráveis no mar da China Meridional. Assim que o cisalhamento do vento diminuiu, o JTWC emitiu um segundo Alerta de Formação de Ciclone Tropical (AFCT) sobre o sistema,[225] e a PAGASA voltou a emitir avisos regulares sobre a depressão tropical Siony; a PAGASA não considera que o sistema chamado Quinta seja o mesmo sistema chamado Siony.[226] Horas depois, a PAGASA interrompeu novamente os avisos assim que o sistema saiu de sua área de responsabilidade. Em 13 de Novembro, o JTWC cancelou o AFCT assim que o sistema degenerou-se rapidamente para um cavado aberto de baixa pressão.[227]

Maysak causou fortes chuvas sobre as Filipinas durante seus primeiros dias de atividade. Pelo menos 4.800 pessoas foram afetadas no país e 92 residências foram danificadas ou destruídas pelas enchentes. Pelo menos 19 pessoas morreram como consequência dos efeitos de Maysak pelas Filipinas.[228] O sistema remanescente de Maysak também causou fortes chuvas no Vietnã. No país, pelo menos 11 pessoas morreram como consequência de seus efeitos.[229]

Depressão tropical Rolly (PAGASA)[editar | editar código-fonte]

(Rolly)
Depressão tropical  (EFSS)
{{{image}}} Rolly (PAGASA) 2008 track.png
Duração 7 de Novembro de 2008—9 de Novembro de 2008
Intensidade 25 nós (46 km/h, 29 mph) 1 min
30 nós (56 km/h, 35 mph) 10 min, 1006 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas a leste das Filipinas foi classificada como a depressão tropical "Rolly" pela PAGASA em 7 de Novembro.[230]

No entanto, o sistema se enfraqueceu devido à influência da tempestade tropical Maysak ao seu noroeste e se dissipou totalmente em 9 de Novembro.[231]

Tempestade tropical Noul (Tonyo)[editar | editar código-fonte]

Noul
26W (Tonyo)
Tempestade tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Noul 2008 track.png
Duração 13 de Novembro de 2008—17 de Novembro de 2008
Intensidade 40 nós (74 km/h, 46 mph) 1 e 10 min, 994 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas a leste de Mindanau, Filipinas, foi classificada pela PAGASA como a depressão tropical Tonyo em 13 de Novembro.[232] O sistema não mostrou sinais de organização até seguir para o mar da China Meridional, onde começou a se intensificar gradualmente. No começo da madrugada (UTC) de 16 de Novembro, o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) classificou o sistema para a depressão tropical 26W.[233] Mais tarde naquele dia, tanto a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) quanto o JTWC classificaram o sistema para uma tempestade tropical,[234] [235] sendo que a AMJ deu o sistema o nome Noul,[234] que foi submetido à lista de nomes de tufões pela Coreia do Norte e significa "calor" ou "céu vermelho" em língua coreana.[5]

Após atingir o seu pico de intensidade, Noul atingiu a costa do Vietnã em 17 de Novembro. O sistema rapidamente se enfraqueceu sobre terra e tanto o JTWC quanto a AMJ desclassificaram Noul para uma depressão e ambas as agências emitiram seus avisos finais sobre o sistema.[236] [237]

Os impactos causados por Noul foram pequenos no Vietnã e no Camboja. Algumas regiões desses países ficaram inundados como resultado das chuvas fortes associadas à tempestade. No entanto, nenhuma fatalidade foi relatada e os prejuízos econômicos diretos causados pelo sistema tropical são desconhecidos.

Tempestade tropical Haishen[editar | editar código-fonte]

Haishen
25W
Tempestade tropical  (AMJ)
Tempestade tropical  (EFSS)
{{{image}}} Haishen 2008 track.png
Duração 15 de Novembro de 2008—17 de Novembro de 2008
Intensidade 40 nós (74 km/h, 46 mph) 1 e 10 min, 1004 hPa (mbar)

Uma área de perturbações meteorológicas a leste de Iwo Jima começou a mostrar sinais de organização em 15 de Novembro. O sistema foi classificado para uma tempestade tropical pela AMJ ainda naquele dia, dando-lhe o nome Haishen,[238] que foi submetido à lista de nomes dos tufões pela China e refere-se ao "deus do mar" em chinês.[5] O JTWC classificou o sistema para uma depressão tropical somente no final daquela noite,[239] e para uma tempestade tropical no início da madrugada de 16 de Novembro.[240]

Seguindo para nordeste, Haishen adentrou a zona baroclínica e se transicionou para um sistema extratropical no começo da madrugada de 17 de Novembro. Com isso, tanto a AMJ quanto o JTWC emitiram seus avisos finais sobre o sistema.[241] [242]

Tufão Dolphin (Ulysses)[editar | editar código-fonte]

Dolphin
27W (Ulysses)
Tufão  (AMJ)
Categoria 2  (EFSS)
{{{image}}} Dolphin 2008 track.png
Duração 10 de Dezembro de 2008—18 de Dezembro de 2008
Intensidade 85 nós (157 km/h, 98 mph) 1 min
65 nós (120 km/h, 75 mph) 10 min, 970 hPa (mbar)

Uma área de baixa pressão a noroeste das ilhas Marshall formada a partir de uma linha de cisalhamento provocada pela passagem de uma frente fria começou a mostrar sinais de organização em 9 de Dezembro. No dia seguinte, tanto o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) quanto a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) classificaram o sistema para uma depressão tropical.[243] [244] O sistema continuou a se desenvolver lentamente e o JTWC classificou a depressão para uma tempestade tropical em 11 de Dezembro.[245] No dia seguinte, a AMJ também classificou o sistema para uma tempestade tropical e lhe deu o nome Dolphin,[246] que foi submetido à lista de nomes dos tufões por Hong Kong e significa Golfinho em inglês.[5] Dolphin continuou a se intensificar lentamente e, em 14 de dezembro, a AMJ classificou o sistema para uma tempestade tropical severa.[247] A partir de 15 de dezembro, Dolphin começou a sofrer rápida intensificação e tanto a AMJ quanto o JTWC classificaram o sistema para um tufão.[248]

No entanto, após mudar abruptamente a sua direção de deslocamento para o norte, Dolphin começou a se enfraquecer lentamente devido ao aumento do cisalhamento do vento. Com isso, em 16 de dezembro, a AMJ desclassificou Dolphin para uma tempestade tropical severa. Mais tarde naquele dia, o JTWC também desclassificou Dolphin para uma tempestade tropical assim que começou a seguir para nordeste devido a influência de um cavado de médias latitudes.[249] Em 17 de dezembro, com o contínuo enfraquecimento de Dolphin, a AMJ desclassificou o sistema para uma simples tempestade tropical.[250] A tendência de enfraquecimento continuou e, em 18 de dezembro, o JTWC desclassificou o sistema para uma depressão tropical e emitiu seu aviso final,[251] e a AMJ desclassificou Dolphin para um sistema extratropical e também emitiu seu último aviso sobre o sistema.[252]

Apesar de não atingir diretamente nenhuma área costeira, causou indiretamente vários impactos. Várias ilhas do Oceano Pacífico oeste foram atingidas por grandes ondas geradas pelo tufão. Além disso, um navio com 98 pessoas afundou próximo às Filipinas; pelo menos 47 pessoas morreram e outras 6 continuam desaparecidas.[253]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

O gráfico abaixo mostra de forma clara a duração e a intensidade de cada ciclone tropical:

Nomes das tempestades[editar | editar código-fonte]

Ciclones tropicais que se formam ou adentram o Oceano Pacífico noroeste são nomeados pelo Centro Meteorológico Regional Especializado (CMRE) de Tóquio, pertencente a Agência Meteorológica do Japão. A lista é usada sequencialmente, ou seja, não há uma lista determinada para um único ano. Os nomes são dados pelos treze membros do comitê da Organização Meteorológica Mundial para tufões, exceto pela Singapura. Estes treze países ou territórios, junto com a Micronésia. Cada país ou território contribui com dez nomes, que são organizados alfabeticamente conforme o nome (em inglês) do país contribuinte. Esta é a mesma lista usada para a temporada de 2007, exceto por Sanba, Maliksi, Son Tinh, Leepi e Mangkhut, que substituíram respectivamente Chanchu, Bilis, Saomai, Xangsane e Durian.[254] O primeiro sistema nomeado em 2008 foi Neoguri.

Nação contribuinte Nomes
Camboja Damrey Kong-rey Nakri Krovanh Sarika
 República Popular da China Haikui Yutu Fengshen Dujuan Haima
Coreia do Norte Kirogi Toraji Kalmaegi Mujigae Meari
 Hong Kong Kai-Tak Man-yi Fung-wong Choi-wan Ma-on
 Japão Tembin Usagi Kammuri Koppu Tokage
Laos Bolaven Pabuk Phanfone Ketsana Nock-ten
Macau Sanba Wutip Vongfong Parma Muifa
 Malásia Jelawat Sepat Nuri Melor Merbok
Estados Federados da Micronésia Ewiniar Fitow Sinlaku Nepartak Nanmadol
Filipinas Maliksi Danas Hagupit Lupit Talas
 Coreia do Sul Gaemi Nari Jangmi Sudal Noru
 Tailândia Prapiroon Wipha Mekkhala Nida Kulap
 Estados Unidos Maria Francisco Higos Omais Roke
 Vietname Son Tinh Lekima Bavi Conson Sonca
Camboja Bopha Krosa Maysak Chanthu Nesat
 República Popular da China Wukong Haiyan Haishen Dianmu Haitang
Coreia do Norte Sonamu Podul Noul Mindulle Nalgae
 Hong Kong Shanshan Lingling Dolphin Lionrock Banyan
 Japão Yagi Kajiki Kujira Kompasu Washi
LaosLaos Leepi Faxai Chan-hom Namtheun Pakhar
MacauMacau Bebinca Peipah Linfa Malou Sanvu
 Malásia Rumbia Tapah Nangka Meranti Mawar
Estados Federados da Micronésia Soulik Mitag Soudelor Fanapi Guchol
Filipinas Cimaron Hagibis Molave Malakas Talim
 Coreia do Sul Jebi Neoguri Goni Megi Doksuri
 Tailândia Mangkhut Rammasun Morakot Chaba Khanun
 Estados Unidos Utor Matmo Etau Aere Vicente
 Vietname Trami Halong Vamco Songda Saola

Filipinas[editar | editar código-fonte]

A Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA) usa a sua própria lista (não-oficial) para dar nomes aos ciclones tropicais que se formam ou adentram na área de responsabilidade da agência. As listas são recicladas a cada quatro anos.[255]

  • Vicky (sem usar)
  • Warren (sem usar)
  • Yoyong (sem usar)
  • Zosimo (sem usar)
  • Alakdan (sem usar)
  • Baldo (sem usar)
  • Clara (sem usar)
  • Dencio (sem usar)
  • Estong (sem usar)
  • Felipe (sem usar)
  • Gardo (sem usar)
  • Heling (sem usar)
  • Ismael (sem usar)
  • Julio (sem usar)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:

Referências

  1. http://www.typhoon2000.ph/garyp_mgtcs/may03sum.txt
  2. a b c d 2008 Predictions of Seasonal Tropical Cyclone Activity over the Western North Pacific City University of Hong Kong (2008-04-18). Página visitada em 2008-05-05.
  3. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/Tokyo/2008041312.RJTD
  4. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08041412
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v http://www.jma.go.jp/jma/jma-eng/jma-center/rsmc-hp-pub-eg/tyname.html
  6. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08041600
  7. http://weather.unisys.com/hurricane/w_pacific/2008/NEOGURI/track.dat
  8. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08041612
  9. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08041800
  10. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08041912
  11. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08041918
  12. China Daily. 3 dead, 40 missing after typhoon hits south (em inglês).
  13. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008050709-WTPN.PGTW
  14. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/Tokyo/2008050700.RJTD
  15. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008050721-WTPN.PGTW
  16. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08050718
  17. http://www.webcitation.org/5XfX2S6cN
  18. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008050903-WTPN.PGTW
  19. http://www.webcitation.org/5XgJxLEFm
  20. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051015-WTPN.PGTW
  21. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051109-WTPN.PGTW
  22. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051221-WTPN.PGTW
  23. a b http://www.webcitation.org/5XldvfFqS
  24. Manila Standard Today. New storm threatens Luzon (em inglês). Página visitada em 16-05-2008.
  25. AFP. Typhoon downgraded as it passes by Japan (em inglês). Página visitada em 16-05-2008.
  26. http://www.webcitation.org/5XnWqxghC
  27. http://www.webcitation.org/5Xo3UjdVN
  28. http://www.webcitation.org/5Xpt2LUiw
  29. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051521-WTPN.PGTW
  30. a b ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051609-WTPN.PGTW
  31. http://www.webcitation.org/5XsBgVpBD
  32. http://www.webcitation.org/5YcDYNf6v
  33. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051515-WTPN.PGTW
  34. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/Tokyo/2008051606.RJTD
  35. http://www.webcitation.org/5XsAXS7VK
  36. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051709-WTPN.PGTW
  37. Xinhua News Agency. 44 left dead by tropical storm "Halong" in Philippines (em inglês). Página visitada em 22-05-2008.
  38. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008051721-WTPN.PGTW
  39. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08051800
  40. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08051818
  41. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08051918
  42. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008052003-WTPN.PGTW
  43. http://weather.unisys.com/hurricane/archive/08052012
  44. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/Tokyo/2008052612.RJTD
  45. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008052703-WDPN.PGTW
  46. http://www.webcitation.org/5Y7iOgIry
  47. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008052709-WTPN.PGTW
  48. http://www.webcitation.org/5Y8t0ZjYn
  49. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008052815-WTPN.PGTW
  50. http://www.webcitation.org/5YA5Z3FcH
  51. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008052915-WTPN.PGTW
  52. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008053015-WDPN.PGTW
  53. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008060203-WDPN.PGTW
  54. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008060303-WTPN.PGTW
  55. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008061815-WTPN.PGTW
  56. http://www.webcitation.org/5YlMA8La8
  57. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008061821-WTPN.PGTW
  58. http://www.webcitation.org/5YgI1d50c
  59. http://www.webcitation.org/5YhBLMpQ7
  60. http://www.webcitation.org/5YhROwxNL
  61. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008061921-WTPN.PGTW
  62. http://www.webcitation.org/5YiLIfZSR
  63. a b Ferry owner sues weather bureau (em inglês) News 24.com. (01/07/2008). Página visitada em 01/07/2008.
  64. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008062315-WDPN.PGTW
  65. a b http://www.webcitation.org/5YpP0Iq2i
  66. http://www.webcitation.org/5YpMuwdDH
  67. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008062515-WTPN.PGTW
  68. http://www.webcitation.org/5Z3M2lIdZ
  69. http://www.webcitation.org/5Z4nDyV53
  70. http://www.webcitation.org/5ZHHHGRsM
  71. http://www.webcitation.org/5ZKD7Jzp4
  72. http://www.webcitation.org/5ZN4N4wPv
  73. http://www.webcitation.org/5ZOI6Knto
  74. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008071815-WDPN.PGTW
  75. ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008071821-WTPN.PGTW
  76. Helen toll: 2 dead, P7M in damage (em inglês) GMA. (19/07/2008).
  77. Typhoon hits China after killing 13 in Taiwan (em inglês) Bangkok Post. (18/07/2008). Página visitada em 18/07/2008.
  78. East China province issues tropical storm alert, as Kalmaegi moving inland (em inglês) Agência de Notícias Xinhua.. Página visitada em 28/07/2008.
  79. Agência Meteorológica do Japão (NRL). Weather Summary (em inglês). Página visitada em 11/09/2008.
  80. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY (em inglês). Página visitada em 13/09/2008. Arquivado no WebCite
  81. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). Typhoon 09W (em inglês). Página visitada em 13/09/2008.
  82. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY (em inglês). Página visitada em 13/09/2008. Arquivado no WebCite
  83. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). Tropical Storm 09W (em inglês). Página visitada em 13/09/2008.
  84. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY (em inglês). Página visitada em 13/09/2008. Arquivado no WebCite
  85. Agência de notícias Xinhua. Typhoon Fung Wong leaves five dead in Philippines (em inglês). Página visitada em 18/09/2008.
  86. Deutsche Presse Agentur. Typhoon Fung Wong wreaks severe agricultural damage in Taiwan (em inglês). Página visitada em 18/09/2008.
  87. Agência de notícias Xinhua. China: Five dead in disasters triggered by tropical storm Fung Wong (em inglês). Página visitada em 20/09/2008.
  88. Agência de notícias Xinhua. Tropical storm hurts livelihoods of more than 280,000 in east China (em inglês). Página visitada em 20/09/2008.
  89. Agência de notícias Xinhua. Fung Wong-caused downpour leaves two dead, 1.6 mln affected in east China province (em inglês). Página visitada em 20/09/2008.
  90. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Sinoptic Bulletin for 03/08 18Z (em inglês). Página visitada em 25/09/2008.
  91. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). Tropical Storm 10W (em inglês). Página visitada em 25/09/2008.
  92. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Tropical Cyclone Advisory (em inglês). Página visitada em 25/09/2008.
  93. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Tropical Cyclone Advisory (em inglês). Página visitada em 25/09/2008.
  94. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Tropical Cyclone Advisory (em inglês). Página visitada em 25/09/2008.
  95. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). Tropical Cyclone Advisory (em inglês). Página visitada em 25/09/2008.
  96. Agência de notícias Xinhua. Tropical storm Kammuri weakens, impact on south China dwindles (em inglês). Página visitada em 27/09/2008.
  97. a b Agência de notícias Xinhua. Floods, landslides in southwest China kill 40: local government (em inglês). Página visitada em 30/09/2008.
  98. Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários (UNOCHA). Vietnam: New threat of flooding in south (em inglês). Página visitada em 02/10/2008.
  99. Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e Crescente Vermelho. Vietnã: Typhoon Kammuri (em inglês). Página visitada em 02/10/2008.
  100. Organização Mundial da Saúde (OMS). Lao PDR Flooding: WHO EHA Emergency Updates - Sitrep No. 02, 14 Aug 2008 (em inglês). Página visitada em 30/09/2008.
  101. Agence France-Presse. Laos on flood alert as Mekong rises (em inglês). Página visitada em 30/09/2008.
  102. Escritório de Coordenação de Assuntos Humanitários (UNOCHA). Thailand: Worst Mekong river flooding in 100 years (em inglês). Página visitada em 02/10/2008.
  103. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY (em inglês). Página visitada em 07/10/2008.
  104. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TS PHANFONE (em inglês). Página visitada em 07/10/2008.
  105. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TS PHANFONE (em inglês). Página visitada em 07/10/2008.
  106. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TS PHANFONE (em inglês). Página visitada em 07/10/2008.
  107. Joint Typhoon Warning Center (AMJ). SIGNIFICANT TROPICAL WEATHER ADVISORY FOR THE WESTERN AND/SOUTH PACIFIC OCEANS (em inglês). Página visitada em 07/10/2008.
  108. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). RSMC TROPICAL CYCLONE BEST TRACK (em inglês). Página visitada em 07/10/2008.
  109. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). SIGNIFICANT TROPICAL WEATHER ADVISORY (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  110. Agência Meteorológica do Japão (AMJ). WARNING AND SUMMARY 120000 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  111. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). TROPICAL DEPRESSION 11W WARNING NR 001 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  112. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). TROPICAL DEPRESSION 11W WARNING NR 007 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  113. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). SIGNIFICANT TROPICAL WEATHER ADVISORY (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  114. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). SIGNIFICANT TROPICAL WEATHER ADVISORY (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  115. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). TROPICAL DEPRESSION 12W WARNING NR 001 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  116. Agência Meteorológica do Japão. WARNING AND SUMMARY 141800 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  117. Agência Meteorológica do Japão. RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TD (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  118. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). ftp://ftp.met.fsu.edu/pub/weather/tropical/GuamStuff/2008081503-WTPN.PGTW (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  119. Agência Meteorológica do Japão. RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TS VONGFONG (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  120. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). TROPICAL STORM 12W WARNING NR 003 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  121. Joint Typhoon Warning Center (JTWC). TROPICAL STORM 12W WARNING NR 009 (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  122. Agência Meteorológica do Japão. RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY DEVELOPING LOW FORMER TS 0811 VONGFONG (0811) (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  123. Agência Meteorológica do Japão. RSMC TROPICAL CYCLONE BEST TRACK (em inglês). Página visitada em 09/10/2008.
  124. TROPICAL CYCLONE WARNING TROPICAL DEPRESSION 13W (em inglês) Joint Typhoon Warning Center. (17/08/2008). Página visitada em 11/10/2008.
  125. RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TS NURI (em inglês) Agência Meteorológica do Japão. (18/08/2008). Página visitada em 11/10/2008.
  126. TROPICAL CYCLONE ADVISORY TY NURI (em inglês) Agência Meteorológica do Japão. (18/08/2008). Página visitada em 11/10/2008.
  127. RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TY NURI (em inglês) Agência Meteorológica do Japão. (19/08/2008). Página visitada em 16/10/2008.
  128. PROGNOSTIC REASONING FOR TYPHOON 13W (NURI) WARNING NR 17 (em inglês) Joint Typhoon Warning Center. (21/08/2008). Página visitada em 16/10/2008.
  129. PROGNOSTIC REASONING FOR TROPICAL STORM 13W (NURI) WARNING NR 23 (em inglês) Joint Typhoon Warning Center. (22/08/2008). Página visitada em 16/10/2008.
  130. RSMC TROPICAL CYCLONE ADVISORY TD EX-NURI (em inglês) Agência Meteorológica do Japão. (23/08/2008). Página visitada em 16/10/2008.
  131. Sitrep nº11 on the Effects of Typhoon Karen (PDF) (em inglês) National Disaster Coordinating Council.. Página visitada em 29/10/2008.
  132. Typhoon Nuri shuts down Hong Kong (em inglês) Agence France-Presse.. Página visitada em 29/10/2008.
  133. At least three dead in southern China after Tropical Storm Nuri sweeps Hong Kong (em inglês) Center for Excellence in Disaster Management and Humanitarian Assistance.. Página visitada em 27/10/2008.
  134. Tropical Depression Lawin Bulletin Number ONE (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA). (25/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  135. TROPICAL DEPRESSION 14W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (26/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  136. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (26/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  137. TROPICAL STORM 14W WARNING 003 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (27/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  138. TROPICAL DEPRESSION 14W WARNING 004 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (27/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  139. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (27/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  140. TROPICAL DEPRESSION 14W WARNING 007 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (28/08/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  141. Typhoon Sinlaku Archive (em Inglês) Laboratório de Pesquisas Navais (NRL). (22/09/2008). Página visitada em 24/01/2009.
  142. TROPICAL DEPRESSION 15W (FIFTEEN) WARNING NR 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (08/09/2008). Página visitada em 24/01/2009.
  143. Tropical Depression Marce Bulletin Number ONE (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA). (08/09/2008). Página visitada em 24/01/2009.
  144. WARNING AND SUMMARY 080006 (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (08/09/2008). Página visitada em 24/01/2009.
  145. a b WARNING AND SUMMARY 080018 (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (08/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  146. TROPICAL STORM 15W (SINLAKU) WARNING NR 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (08/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  147. TYPHOON 15W (SINLAKU) PROGNOSTIC REASONING NR 005 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (09/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  148. WARNING AND SUMMARY 090006 (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (09/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  149. WARNING AND SUMMARY 090018 (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão (AMJ). (09/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  150. TYPHOON 15W (SINLAKU) WARNING NR 010 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (10/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  151. TYPHOON 15W (SINLAKU) PROGNOSTIC REASONING NR 012 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (11/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  152. TYPHOON 15W (SINLAKU) WARNING NR 022 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (13/09/2008). Página visitada em 25/01/2009.
  153. TROPICAL STORM 15W (SINLAKU) WARNING NR 030 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (15/09/2008). Página visitada em 01/02/2009.
  154. TROPICAL STORM 15W (SINLAKU) PROGNOSTIC REASONING NR 039 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (18/09/2008). Página visitada em 01/02/2009.
  155. TROPICAL STORM 15W (SINLAKU) WARNING NR 047 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (20/09/2008). Página visitada em 01/02/2009.
  156. Tropical Storm Sinlaku Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (20/09/2008). Página visitada em 01/02/2009.
  157. TROPICAL STORM 16W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (10/09/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  158. TROPICAL DEPRESSION 16W WARNING 003 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (10/09/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  159. TROPICAL STORM 16W WARNING 004 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (10/09/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  160. TROPICAL DEPRESSION 16W WARNING 008 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (11/09/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  161. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (12/09/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  162. a b TROPICAL DEPRESSION 17W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (14/09/2008). Página visitada em 16/02/2009.
  163. TROPICAL DEPRESSION 18W (EIGHTEEN) WARNING NR 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (18/09/2008). Página visitada em 04/02/2009.
  164. TROPICAL STORM 18W WARNING NR 03 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (19/09/2008). Página visitada em 04/02/2009.
  165. a b Tropical Storm Hagupit Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (19/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  166. Tropical Depression Nina Advisory 01 (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (19/09/2008). Página visitada em 04/02/2009.
  167. Severe Tropical Storm Hagupit Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (19/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  168. Typhoon Hagupit Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (21/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  169. TYPHOON 18W WARNING NR 12 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (21/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  170. TYPHOON 18W WARNING NR 21 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (23/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  171. PROGNOSTIC REASONING FOR TYPHOON 18W WARNING NR 22 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (24/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  172. Tropical Storm Hagupit Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (24/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  173. TROPICAL STORM 18W WARNING NR 24 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (24/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  174. Tropical Depression ex-Hagupit (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (25/09/2008). Página visitada em 05/02/2009.
  175. Hope fades for trapped miners, death toll rises in Philippines typhoon AFP. (24/09/2008). Página visitada em 24/09/2008.
  176. China: Taiwan braces for strong Typhoon Hagupit Deutsch Presse Agentur. (22/09/2008). Página visitada em 29/09/2008.
  177. Typhoon Hagupit kills 10 in south China Agência de Notícias Xinhua. (25/09/2008). Página visitada em 25/09/2008.
  178. Typhoon fury lashes China Gulf Daily News. (25/09/2008). Página visitada em 25/09/2008.
  179. TROPICAL DEPRESSION 19W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (23/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  180. PROGNOSTIC REASONING FOR TROPICAL STORM 19W WARNING 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (24/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  181. a b Tropical Storm Jangmi Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (24/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  182. Severe Tropical Storm Jangmi (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (25/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  183. TYPHOON 19W WARNING 007 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (25/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  184. Typhoon Jangmi (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (25/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  185. SUPER TYPHOON 19W BEST TRACK (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (27/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  186. Typhoon Jangmi Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (27/09/2008). Página visitada em 06/02/2008.
  187. Severe Tropical Storm Jangmi Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (28/09/2008). Página visitada em 07/02/2008.
  188. TROPICAL STORM 19W WARNING 029 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (30/09/2008). Página visitada em 07/02/2008.
  189. Extratropical Storm ex-Jangmi Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (01/10/2008). Página visitada em 07/02/2008.
  190. Typhoon Jangmi Disaster Responses Reports Central Emergency Operation Center. (29/09/2008). Página visitada em 08/01/2009.
  191. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (28/09/2008). Página visitada em 07/02/2008.
  192. TROPICAL DEPRESSION 20W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (28/09/2008). Página visitada em 07/02/2008.
  193. Tropical Storm Mekkhala Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (29/09/2008). Página visitada em 07/02/2008.
  194. TROPICAL STORM 20W WARNING 003 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (29/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  195. Severe Tropical Storm Mekkhala (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (30/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  196. Tropical Depression ex-Mekkhala Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (30/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  197. TROPICAL STORM 20W WARNING 007 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (30/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  198. Typhoon Mekkhala leaves three dead in Vietnam Relief-Web.. Página visitada em 07/11/2008.
  199. Typhoon Mekkhala Asian Disaster Relief Center..
  200. TROPICAL DEPRESSION 21W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (29/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  201. Tropical Depression Pablo Advisory 01 (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (29/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  202. TROPICAL STORM 21W WARNING 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (29/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  203. Tropical Storm Higos Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (30/09/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  204. TROPICAL STORM 21W WARNING 011 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (01/10/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  205. Tropical Depression ex-Higos (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (04/10/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  206. TROPICAL STORM 21W WARNING 021 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (04/10/2008). Página visitada em 08/02/2008.
  207. Tropical Cyclone Report Tropical Storm Higos (em Inglês) Observatório de Hong Kong. (17/02/2009). Página visitada em 17/02/2009.
  208. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (13/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  209. TROPICAL DEPRESSION 22W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (14/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  210. TROPICAL STORM 22W WARNING 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (14/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  211. TROPICAL DEPRESSION 22W WARNING 006 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (15/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  212. TROPICAL STORM 23W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (18/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  213. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (18/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  214. PROGNOSTIC REASONING FOR TROPICAL STORM 23W WARNING 004 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (19/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  215. TROPICAL STORM 23W WARNING 006 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (20/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  216. Extratropical Low ex-Bavi Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (20/10/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  217. Tropical Depression Quinta (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (06/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  218. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (07/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  219. TROPICAL DEPRESSION 24W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (06/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  220. TROPICAL STORM 24W WARNING 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (07/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  221. a b Tropical Storm Maysak Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (07/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  222. Severe Tropical Storm Maysak (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (08/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  223. Tropical Depression ex-Maysak Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (09/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  224. TROPICAL DEPRESSION 24W WARNING 014 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (10/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  225. TROPICAL CYCLONE FORMATION ALERT (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (12/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  226. Tropical Depression Siony (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (12/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  227. SIGNIFICANT TROPICAL WEATHER ADVISORY FOR THE WESTERN AND SOUTH PACIFIC OCEANS (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (13/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  228. Effects of tropical storm Quinta (Maysak) on the Phillippines (em Inglês) Conselho Nacional de Coordenação de Desastres das Filipinas. (12/11/2008). Página visitada em 14/11/2008.
  229. Floods kill 11 in central and southern Vietnam (em Inglês) Colombian News.. Página visitada em 16/11/2008.
  230. Tropical Depression "Rolly" Advisory 01 (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (07/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  231. Tropical Depression "Rolly" Advisory 06 (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (09/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  232. Tropical Depression "Tonyo" Advisory 01 (em Inglês) Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas. (13/11/2008). Página visitada em 09/02/2009.
  233. TROPICAL DEPRESSION 26W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (14/11/2008). Página visitada em 09/02/2009.
  234. a b Tropical Storm Noul (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (14/11/2008). Página visitada em 09/02/2009.
  235. TROPICAL STORM 26W WARNING 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (14/11/2008). Página visitada em 09/02/2009.
  236. Tropical Depression ex-Noul (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (17/11/2008). Página visitada em 10/02/2009.
  237. TROPICAL STORM 26W WARNING 007 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (17/11/2008). Página visitada em 10/02/2009.
  238. Tropical Storm Haishen Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (15/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  239. TROPICAL DEPRESSION 25W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (15/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  240. TROPICAL STORM 25W WARNING 002 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (16/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  241. Extratropical Low ex-Haishen (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (17/11/2008). Página visitada em 17/02/2009.
  242. TROPICAL STORM 25W WARNING 004 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (16/11/2008). Página visitada em 17/02/2008.
  243. Tropical Depression Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (10/12/2008). Página visitada em 11/02/2009.
  244. TROPICAL DEPRESSION 27W WARNING 001 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (10/12/2008). Página visitada em 11/02/2009.
  245. TROPICAL STORM 27W WARNING 006 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (11/12/2008). Página visitada em 11/02/2009.
  246. Tropical Storm "Dolphin" Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (12/12/2008). Página visitada em 11/02/2009.
  247. Severe Tropical Storm Dolphin (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (14/12/2008). Página visitada em 11/02/2009.
  248. PROGNOSTIC REASONING FOR TYPHOON 27W WARNING 019 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (15/12/2008). Página visitada em 11/02/2009.
  249. PROGNOSTIC REASONING FOR TROPICAL STORM 27W WARNING 029 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (17/12/2008). Página visitada em 12/02/2009.
  250. Tropical Storm Dolphin Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (17/12/2008). Página visitada em 12/02/2009.
  251. TROPICAL DEPRESSION 27W WARNING 033 (em Inglês) Joint Typhoon Warning Center. (18/12/2008). Página visitada em 12/02/2009.
  252. Extratropical Low ex-Dolphin Warning (em Inglês) Agência Meteorológica do Japão. (18/12/2008). Página visitada em 12/02/2009.
  253. [http://210.185.184.53/ndccWeb/images/ndccWeb/ndcc_update/Capsized_MBca_Cagayan/sitrep%20%233%20re%20capsized%20m_bca%20mae%20jan%20in%20cagayan.pdf Sitrep No 3. Re Capsized M/Bca Mae Jan] (PDF) (em Inglês) Conselho Nacional de Coordenação de Desastres das Filipinas. (18/12/2008). Página visitada em 20/12/2008.
  254. http://www.webcitation.org/5TvESdRQg
  255. Nomes Filipinas (em inglês).
  256. a b A PAGASA não considera os sistemas "Quinta" e "Siony" como o mesmo o sistema, embora o JTWC o considere.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]




Ciclones tropicais da Temporada de tufões no Pacífico de 2008
Escala de Furacões de Saffir-Simpson
DT TS TT 1 2 3 4 5



*PAGASA
#JTWC
SN - Sem nome