Ummagumma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Ummagumma
Álbum de estúdio (estúdio e ao vivo) de Pink Floyd
Lançamento Novembro de 1969
Gravação Abril, Maio e Julho de 1969
Gênero(s) Rock Experimental, Rock Psicodélico, Música Concreta, Música Ambiente, Música Aleatória
Duração 86:11
Gravadora(s) Harvest Records (RU)
Capitol Records (Estados Unidos)
Produção Pink Floyd e Norman Smith
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Pink Floyd
Último
Último
Music from the Film More
(1969)
Atom Heart Mother
(1970)
Próximo
Próximo

Ummagumma [1] é um álbum duplo da banda inglesa de rock progressivo Pink Floyd, gravado em 1969, sendo o primeiro álbum gravado ao vivo e o quarto em estúdio.

História[editar | editar código-fonte]

Um dos álbuns foi gravado ao vivo no Mothers Club Birmingham em 27 de Abril de 1969, e na semana seguinte no Manchester College of Commerce em 2 de Maio. O outro, inclui quatro segmentos solo, um por cada membro do grupo, gravado em estúdio.

Mostrou que a nova fórmula de rock mais britânica era essencialmente capaz de suster mais aproximações experimentais à música popular como o blues e folk, mantendo as vendas num patamar aceitável para os padrões da indústria fonográfica.

O álbum foi lançado no Reino Unido em 25 de Outubro de 1969 e nos Estados Unidos em 10 de Novembro. O álbum chegou a ser o 5º mais vendido no Reino Unido e o 74º nos Estados Unidos, sendo a primeira vez que a banda conseguia pôr um álbum na lista norte americana dos 100 mais vendidos. Chegou a disco de ouro em Fevereiro de 1974 e a disco de platina em Março de 1994.

Em 1987 foi editado em álbum duplo. Em 1994, no Reino Unido e 1995 nos Estados Unidos foi editado com uma nova mistura digital. Nenhuma das versões incluía a foto da primeira mulher de Waters que aparecia no disco de vinil original.

A capa do álbum tem variantes entre as versões britânica (e canadense) e a americana. A versão britânica tinha Gigi escrito imediatamente acima do nome da banda, o que foi apagado na versão americana possivelmente devido a questões de copyright.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Disco um: ao vivo[editar | editar código-fonte]

Lado A[editar | editar código-fonte]

  1. "Astronomy Domine" - (Syd Barrett) - 8:28
  2. "Careful with That Axe, Eugene" (David Gilmour, Nick Mason, Rick Wright, Roger Waters) - 8:47

Lado B[editar | editar código-fonte]

  1. "Set the Controls for the Heart of the Sun" - (Waters) - 9:22
  2. "A Saucerful of Secrets" - (Gilmour, Mason, Wright, Waters) - 12:49

Disco dois: estúdio[editar | editar código-fonte]

Lado A[editar | editar código-fonte]

  1. "Sysyphus" (Part 1) - (Wright) - 1:08
  2. "Sysyphus" (Part 2) - (Wright) - 3:25
  3. "Sysyphus" (Part 3) - (Wright) - 1:48
  4. "Sysyphus" (Part 4) - (Wright) - 6:56
  5. "Grantchester Meadows" - (Waters) - 7:28
  6. "Several Species of Small Furry Animals Gathered Together in a Cave and Grooving with a Pict" - (Waters) - 4:57

Lado B[editar | editar código-fonte]

  1. "The Narrow Way" (Part 1) - (Gilmour) - 3:25
  2. "The Narrow Way" (Part 2) - (Gilmour) - 2:53
  3. "The Narrow Way" (Part 3) - (Gilmour) - 5:52
  4. "The Grand Vizier's Garden Party" (Entrance) - (Mason) - 0:59
  5. "The Grand Vizier's Garden Party" (Entertainment) - (Mason) - 7:06
  6. "The Grand Vizier's Garden Party" (Exit) - (Mason) - 0:40

Créditos[editar | editar código-fonte]

Participação especial:

Citações[editar | editar código-fonte]

  • "O que é que te inspirou para fazeres The Narrow Way em Ummagumma, a tua primeira grande composição para os Floyd?"
  • ”Bem, nós tínhamos decidido fazer o álbum, e que cada um teria que escrever uma peça de música sozinho...na verdade foi um desespero, tentar escrever algo sozinho, pois eu nunca tinha escrito nada antes. Fui para o estúdio e pus-me a tocar, juntando bocadinhos e peças. Há anos que não a ouço, nem faço ideia como é.” – David Gilmour - Sounds "Guitar Heroes" Magazine, Maio de 1983.

Notas

  1. (em inglês) en.wikipedia - foto da capa de Ummagumma. Acessado em 5 de Julho de 2010.


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Pink Floyd é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.