19 (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
19
Álbum de estúdio de Adele
Lançamento 28 de Janeiro de 2008
(ver histórico de lançamento)
Gravação Maio - outubro de 2006—2007
Gênero(s) Blue-eyed soul[1]
Duração 43:41
Idioma(s) (em inglês)
Formato(s) CD, download digital, disco de vinil
Gravadora(s) XL
Produção
Cronologia de Adele
iTunes Live from SoHo
(2009)
Singles de 19
  1. "Hometown Glory"
    Lançamento: 22 de Outubro de 2007
  2. "Chasing Pavements"
    Lançamento: 14 de Janeiro de 2008
  3. "Cold Shoulder"
    Lançamento: 21 de Abril de 2008
  4. "Make You Feel My Love"
    Lançamento: 27 de Outubro de 2008

19 é o álbum de estreia da cantora e compositora inglesa Adele, lançado no dia 28 de janeiro de 2008 no Reino Unido, pela gravadora XL. O álbum foi intitulado com a idade com a qual a cantora o produziu e gravou. Após a formatura de Adele na BRIT School for Performing Arts and Technology, em maio de 2006, ela começou a publicar músicas e gravou uma demo de três músicas para um projeto de classe e a deu a um amigo. O amigo postou a demo no MySpace, onde se tornou muito bem sucedida e levou ao interesse da XL Recordings. Isso levou Adele a assinar um contrato de gravação com a gravadora.

Adele escreveu a maior parte do material do álbum unicamente, mas trabalhou com alguns poucos compositores e produtores, incluindo Jim Abbiss, Mark Ronson, Eg White e Sacha Skarbek. Suas colaborações criaram um álbum de blue-eyed soul com letras descrevendo o desgosto e o relacionamento.[2] Após o lançamento, 19 recebeu críticas positivas da crítica especializada, que elogiou os vocais da cantora e a observou como tendo "potencial para se tornar uma das artistas internacionais mais respeitadas e inspiradoras de sua geração".[3]

O álbum recebeu indicações e ganhou vários prêmios, entre eles um Mercury Prize, um Brit Award e dois Grammy Awards. Em 2008, no Brit Awards, Adele venceu na categoria Escolha dos Críticos. Em 2009, no Grammy, Adele ganhou o prêmio de Melhor Performance Pop Vocal Feminina com Chasing Pavements e Artista Revelação. Em abril de 2008, a cantora deu início a turnê An Evening with Adele, para promover o álbum. A turnê terminou em julho de 2009. Em 2010, a artista recebeu uma nomeação ao Grammy de Melhor Performance Pop Vocal Feminina por Hometown Glory. Seu primeiro single, "Hometown Glory", atingiu a 19ª posição da UK Singles Chart e a 3ª na Bélgica. O segundo single, "Chasing Pavements", alcançou a 2ª posição da UK Singles Chart e a 11ª da Billboard Hot 100, tendo ainda conseguido entrar no Top 10 de outros 5 países. O terceiro single foi "Cold Shoulder", que chegou a 18ª posição da UK Singles Chart e a 3ª na Bélgica. O quarto e último single, "Make You Feel My Love", cover da canção do cantor Bob Dylan presente no álbum Time Out of Mind, de 1997, chegou a 4ª posição no Reino Unido e na Escócia, além de ter entrado no Top 5 de outros 2 países.[carece de fontes?]

19 debutou em 1º lugar na UK Albums Chart e vendeu estimadas 1,2 milhões de cópias no Reino Unido, sendo certificado quatro vezes Platina pela British Phonographic Industry (BPI).[4] Nos Estados Unidos, o álbum recebeu três certificações de platina, com mais de 3 milhões de cópias vendidas.[5] Pelo mundo, é estimado que o álbum tenha vendido mais de 7 milhões de cópias.[6]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2006, formou-se na BRIT School for Performing Arts and Technology, mesmo colégio onde estudaram Kate Nash, Amy Winehouse e Jessie J.[7][8][9] Quatro meses após a formatura, ela publicou duas músicas na quarta edição de artes do site PlatformsMagazine.com.[10] Ela gravou demos de três músicas para um projeto de classe e as deu para um amigo. O amigo postou as demos no MySpace, onde tornou-se muito bem sucedido e levou a um telefonema de Richard Russell, chefe da gravadora XL Recordings. Ela duvidava que a oferta fosse real porque a única gravadora que conhecia era a Virgin Records e levou uma amiga para a reunião.[11] Nick Huggett, da XL, recomendou Adele ao empresário artístico Jonathan Dickins que em junho de 2006 tornou-se seu representante oficial.[12][13] Huggett em seguida, assinou Adele para a XL em setembro de 2006.

Adele gravou "Make You Feel My Love" de Bob Dylan por recomendação de Jonathan Dickins que amava a canção.[14] A música "Hometown Glory" foi destaque na tv britânica e americana em Skins, Grey's Anatomy, One Tree Hill, Hollyoaks, Secret Diary of a Call Girl. "Hometown Glory", foi escrita por Adele em 10 minutos depois que sua mãe tentou persuadi-la a deixar sua cidade natal de West Norwood em Londres para a universidade.[15]

O primeiro single lançado a partir do lançamento de 19 foi "Chasing Pavements", que Adele escreveu em colaboração com Eg White. "Chasing Pavements" foi inspirada por um incidente que Adele teve com um ex-namorado. Depois de saber que ele a traiu, ela foi ao bar onde ele estava e lhe deu um soco no rosto. Depois de ser expulsa, Adele andou pela rua sozinha e pensou: "O que você está perseguindo? Você está perseguindo um asfalto vazio".[16] Ela cantou e gravou a demo em seu celular e organizou os acordes quando chegou em casa. Adele e White co-escreveram duas outras músicas para o álbum: "Melt My Heart to Stone" e "Tired". Ela também colaborou com Sacha Skarbek no single "Cold Shoulder". No entanto, a maioria das músicas foram escritas exclusivamente por Adele, incluindo "Best for Last", "Crazy for You", "First Love" e "My Same", bem como seu single de estréia, "Hometown Glory".

Lançamento e promoção[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2008, Adele informou ao escritor de soul britânico Pete Lewis da revista de música britânica Blues & Soul que a razão para nomear seu álbum de estréia "19" foi para refletir sua idade enquanto ela escrevia: "Eu meio que lembro de me tornar um pouco de uma mulher durante esse tempo. E eu acho que isso é definitivamente documentado nas músicas".[17] A edição taiwanesa foi lançada em 5 de março. Assim como a lista de faixas padrão, o álbum apresenta três faixas bônus: "That's It Quit I'm Movin' On" ("Chasing Pavements" Lado B), "Now and Then" ("Cold Shoulder" Lado B) e "Painting Pictures" ("Make You Feel My Love" Lado B).[18] A edição especial da Indonésia foi lançada em 3 de março. Além da lista de faixas padrão, o álbum apresenta um vídeo bônus para "Chasing Pavements".[19]

Em 2008, Adele tornou-se headliner e realizou um set acústico, no qual ela foi apoiada por Damien Rice.[20][21] Ela embarcou em uma curta turnê norte-americana no mesmo mês,[22] e 19 foi lançado nos Estados Unidos em junho. A revista Billboard afirmou: "Adele realmente tem potencial para se tornar uma das artistas internacionais mais respeitadas e inspiradoras de sua geração". A turnê mundial An Evening with Adele começou em maio de 2008 e terminou em junho de 2009.

Mais tarde, ela cancelou as datas da turnê americana de 2008 para estar com um ex-namorado. Ela disse na revista Nylon em junho de 2009: "Eu não consigo acreditar que fiz isso". Parece tão ingrato... eu estava bebendo demais e isso era a base do meu relacionamento com esse garoto. Eu não podia suportar ficar sem ele, então eu estava tipo, "Bem, ok, eu vou apenas cancelar minhas coisas."" Em meados de outubro de 2008, a tentativa de Adele de invadir a América parecia ter fracassado.[23][24] Mas, em seguida, ela foi reservada como a convidada musical no episódio de 18 de outubro de 2008 do Saturday Night Live da NBC. O episódio do programa teve sua maior audiência em 14 anos, com 17 milhões de telespectadores. Adele cantou "Chasing Pavements" e "Cold Shoulder",[25] e no dia seguinte, 19 liderou as paradas do iTunes e classificado no número cinco na Amazon.com, enquanto "Chasing Pavements" subiu para o top 25.[26] O álbum atingiu o número 11 na Billboard 200 como resultado, um salto de 35 lugares em relação à semana anterior.[27]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Daydreamer"  Adele AdkinsJim Abbiss 3:41
2. "Best for Last"  AdkinsAbbiss 4:19
3. "Chasing Pavements"  Adkins, Eg WhiteEg White 3:31
4. "Cold Shoulder"  Adkins, Sacha SkarbekMark Ronson 3:12
5. "Crazy for You"  AdkinsAbbiss 3:28
6. "Melt My Heart to Stone"  Adkins, WhiteWhite 3:24
7. "First Love"  AdkinsAbbiss 3:10
8. "Right as Rain"  Adkins, Leon Michels, Jeff Silverman, Nick Movshon, Clay HolleyAbbiss 3:17
9. "Make You Feel My Love"  Bob DylanAbbiss 3:32
10. "My Same"  AdkinsAbbiss 3:16
11. "Tired"  Adkins, WhiteWhite 4:19
12. "Hometown Glory"  AdkinsAbbiss 4:31

Singles[editar | editar código-fonte]

Europa, Austrália e Japão
  • "Chasing Pavements"
  • "Cold Shoulder"
Canadá e Estados Unidos da América
  • "Hometown Glory"

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País/Região Date
 Reino Unido 28 de janeiro de 2008
 Austrália 2 de Fevereiro de 2008
 Japão 5 de Março de 2008
União Europeia Europa 7 de Março de 2008
 Estados Unidos 10 de Junho de 2008

Créditos[editar | editar código-fonte]

Posições nas paradas[editar | editar código-fonte]

Tabelas de Fim de Ano[editar | editar código-fonte]

Paradas (2008) Posição
Bélgica[57] 74
França[58] 166
Holanda[59] 12
Reino Unido[60] 16
Paradas (2009) Posição
Holanda[61] 1
Reino Unido[60] 158
Paradas (2010) Posição
Holanda[62] 77
Reino Unido[63] 85

Referências

  1. Cairns, Dan (1 de fevereiro de 2009). "Blue-eyed soul: Encyclopedia of Modern Music". The Sunday Times.
  2. «Interview: Adele—Singer and Songwriter—Blogcritics Music». Consultado em 27 de julho de 2018.. Arquivado do original em 4 de abril de 2009 
  3. «How Adele conquered the world». The Guardian. Consultado em 26 de julho de 2018. 
  4. «Certified Awards Search». British Phonographic Industry. Consultado em 1 de março de 2011. 
  5. (RIAA). Retrieved 13 January 2018
  6. Adele says she won't change herself for any man (we give her a little high five) Daily Mirror. Acessado em 7 de março de 2012
  7. «Canal BIS exibe nesta segunda lindo show de Adele ao vivo em Londres». Consultado em 5 de outubro de 2016. 
  8. Youngs, Ian (4 de janeiro de 2008). «Soul singers top new talent list». BBC News. Consultado em 1 de janeiro de 2010. 
  9. «Vídeo de Adele cantando aos 16 anos circula na web». Terra Networks. Consultado em 19 de maio de 2012. 
  10. «Platform 04». Platformsmagazine.com. Consultado em 1 de junho de 2018. 
  11. «Billboard presents: Adele». Link.brightcove.com. Consultado em 1 de junho de 2018. 
  12. «Interview with Jonathan Dickins». HitQuarters. Consultado em 1 de junho de 2018. 
  13. «Plugging 'Unplugged Into HD». Consultado em 15 de outubro de 2012. 
  14. «Interview with Jonathan Dickins». HitQuarters. 14 de julho de 2008. Consultado em 16 de novembro de 2012. 
  15. «Two-Time Grammy Award Winner Adele to Perform on CBS». CBS Radio. Consultado em 26 de julho de 2018.. Arquivado do original em 27 de novembro de 2011 
  16. «Adele's bi guy». Daily Star. Consultado em 26 de julho de 2018. 
  17. «Adele interview by Pete Lewis, 'Blues & Soul' July 2008». Consultado em 17 de agosto de 2018. 
  18. «アデル「19」 – 19 / Adele ベガーズ・ジャパン – Beggars Japan». Consultado em 17 de agosto de 2018. 
  19. «Adele – 19 (Taiwan Edition: Enhanced CD)». Consultado em 1 de fevereiro de 2008. 
  20. «Q&A: Adele's charity acoustic set BBC Radio 1». BBC News. Consultado em 1 de fevereiro de 2008. 
  21. «Adele hits the big time». Consultado em 1 de fevereiro de 2008. 
  22. «Adele Inks U.S. Deal With Columbia». Billboard. Consultado em 18 de agosto de 2011. 
  23. «The Richmond Times Dispatch». Consultado em 8 de agosto de 2008. 
  24. «'19' going on superstar». The Boston Globe. Consultado em 12 de janeiro de 2009. 
  25. «Saturday Night Live Season 34 Josh Brolin/Adele». The New York Times. Consultado em 8 de maio de 2011. 
  26. «Adele enjoys an "SNL" bump». Consultado em 20 de outubro de 2008. 
  27. «AC/DC Debuts At No. 1 With 784,000». Billboard. Consultado em 29 de outubro de 2008. 
  28. «Top 50 Albums Chart – Australian Recording Industry Association». ARIA. Consultado em 5 de junho de 2011. 
  29. a b c d e f g h i Steffen Hung. «Adele – 19». lescharts.com. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. 
  30. «Albums : Top 100 for the week ending 19 may, 2011». jam.canoe.ca. 26 de maio de 2011. Consultado em 4 de agosto de 2011.. Cópia arquivada em 1 de junho de 2011 
  31. ds. «Čns Ifpi». Ifpicr.cz. Consultado em 3 de agosto de 2011. 
  32. Steffen Hung. «Adele – 19». dutchcharts.nl. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. 
  33. «Adele – 19». ifpi.fi. Consultado em 3 de março de 2011. 
  34. musicline.de / PhonoNet GmbH. «Die ganze Musik im Internet: Charts, News, Neuerscheinungen, Tickets, Genres, Genresuche, Genrelexikon, Künstler-Suche, Musik-Suche, Track-Suche, Ticket-Suche». musicline.de. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. 
  35. «Adele: Erste Spitzenreiterin der Independent-Charts – media control». Media-control.de. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. 
  36. Ελληνικό Chart
  37. «GFK Chart-Track». Chart-track.co.uk. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. 
  38. «Classifica settimanale dal 18/04/2008 al 24/04/2008» (em Italian). FIMI. Consultado em 11 de julho de 2011.. Arquivado do original em 2 de setembro de 2012 
  39. Steffen Hung. «Adele – 19». mexicancharts.com. Consultado em 21 de outubro de 2011.. Arquivado do original em 2 de setembro de 2012 
  40. a b «Adele – 19 – Music Charts». Acharts.us. Consultado em 20 de fevereiro de 2011. 
  41. «RIANZ». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 7 de agosto de 2010. 
  42. [[http://olis.onyx.pl/listy/index.asp?idlisty=691&lang= Oficjalna lista sprzeda�y :: OLIS - Official Retail Sales Chart] «Oficjalna lista sprzedaży :: OLIS - Official Retail Sales Chart]]»] Verifique valor |url= (ajuda) (em Polish). Consultado em 23 de setembro de 2011.  replacement character character in |url= at position 79 (ajuda)
  43. «Adele – 19». Chart Stats. Consultado em 20 de fevereiro de 2011.. Cópia arquivada em 28 de julho de 2012 
  44. «Bundesverband Musikindustrie: Platinum-/Platin-Datenbank - BETA». Musikindustrie.de. Consultado em 3 de agosto de 2011. 
  45. «"ARIA Charts – Accreditations – 2012 Albums"». Australian Recording Industry Association. 31 de julho de 2011. Consultado em 1 de julho de 2013. 
  46. «"Ultratop − Goud en Platina – 2012"» (em inglês). Ultratop.be. Consultado em 1 de julho de 2013. 
  47. «"Adele recebe homenagem da Sony Music nos EUA"». Consultado em 22 de novembro de 2016. 
  48. «"Canadian album certifications – Adele – 19"». Cria.ca. Consultado em 1 de julho de 2013. 
  49. «Certificeringer | ifpi.dk» (em Danish). IFPI Danmark. Consultado em 1 de julho de 2013. 
  50. «"Finnish album certifications – Adele – 19"». IFPI Finland. Consultado em 1 de julho de 2013. 
  51. «Tweede album Adele al na ruim drie maanden vijfmaal platina!». ShowNu.nl. Consultado em 3 de agosto de 2011.. Arquivado do original em 31 de agosto de 2013 
  52. «Adele at Heineken Music Hall (Amsterdam) on 17 Apr 2009 –». Last.fm. Consultado em 3 de agosto de 2011. 
  53. http://nztop40.co.nz/
  54. «Adele»  Texto "http://www.promusicae.es/files/listassemanales/albumes/top%20100%20albumes%20(publicar)_w51.2011.pdf" ignorado (ajuda);
  55. «Adele 19». Consultado em 17 de agosto de 2008. 
  56. RIAA https://www.riaa.com/gold-platinum/?tab_active=default-award&se=adele+19#search_section. Consultado em 13 de janeiro de 2018.  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  57. «JAAROVERZICHTEN 2008». Ultratop. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  58. «Classement Albums – année 2008». Disque en France. Consultado em 29 de janeiro de 2011.. Arquivado do original em 22 de novembro de 2012 
  59. «JAAROVERZICHTEN – ALBUMS 2008». MegaCharts. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  60. a b «Year End 2009» (PDF). UKChartsPlus. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  61. «JAAROVERZICHTEN – ALBUMS 2009». MegaCharts. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  62. «JAAROVERZICHTEN – ALBUMS 2010». MegaCharts. Consultado em 29 de janeiro de 2011. 
  63. «End Of Year Charts: 2010» (PDF). Consultado em 10 de agosto de 2011.