Antonio Peticov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antonio Peticov
Paletó Branco.jpg
Antonio Peticov em 2015
Nascimento 2 julho 1946(1946-07-02)
Assis (SP)
Nacionalidade brasileiro
Área pintura
Escultura
Formação artista plástico
Página oficial
http://www.peticov.com.br

Antonio Peticov (Assis, 2 de julho de 1946 [1]) é um pintor, desenhista, escultor e gravurista brasileiro.[2]

Autodidata, aos doze anos de idade teve a certeza de que queria trilhar o caminho das artes. E, para alcançar seu objetivo, buscou informações em livros e revistas. Sua formação artística se constitui a partir de pesquisas pessoais sistemáticas em história da arte e pela sua integração aos movimentos artísticos de vanguarda na segunda metade da década de 60. Especializou-se em Geometria Sagrada e na Seção Áurea imprimindo ao seu trabalho um forte caráter matemático.

Em 1970 mudou-se para Londres, onde ampliou seus estudos. No ano seguinte, transferiu residência para Milão e, em 1986, mudou-se novamente, desta vez para Nova Iorque, só retornando ao Brasil em 2000.

Ao longo de sua carreira seu trabalho foi difundido mundialmente através de capas de discos e de livros assim como calendários, cartões postais e posters, geralmente associado às suas mostras.

Especializou-se em Ladrilhamento Periódico e Aperiódico possuindo a maior coleção de jogos matemáticos - quebra cabeças - do Brasil.[3]

A sua produção é diversificada e segue tendências variadas das vanguardas artísticas internacionais das últimas décadas. Fez instalações ambientais e murais na Italia, Suiça, Estados Unidos e no Brasil. Dentre eles: Balli Ballet (1982), em Cloudwalk Farm, Connecticut (Estados Unidos)[4] e a escultura The Golden Wall (1988), em forma de grande espiral, em homenagem à cidade de Aiuruoca (Minas Gerais)[5]. Faz, no Rio de Janeiro, em 1986, a instalação Sete Anéis[6]. Em 1983 instala “The Big Ladder”, em frente ao Coliseum, em New York.

Em 1989, apresenta o Projeto Natura - Rio Pinheiros na 20ª Bienal Internacional de São Paulo[7] e, em 1992, o Projeto Bosque Natura no Rio de Janeiro[8]. Entrega à cidade, em novembro de 1990, o mural “Momento Antropofágico com Oswald de Andrade”[9] na estação Republica do Metrô de São Paulo. Em 1995 entrega à cidade a torre Transburti[10] e outros três murais na estação Santo Amaro da CPTM.[11] Executou posters e capas de livros e discos para os mais variados eventos e artistas, tanto no Brasil como no exterior.[12]

Foi presidente da Cooperativa dos Artistas Visuais do Brasil entre 2003 e 2007.[13]

É membro da North American Lewis Carroll Society e é um dos “Friends of Martin Gardner” participando, desde 1999, do G4G (Gathering for Gardner).

Fundou e dirigiu o NAC - Núcleo de Arte Contemporânea - em São Paulo, entre 1999 e 2006.

Em 2016, ao completar 70 anos, abre o Instituto de Arte e Cultura Antonio Peticov.[14]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Infância e Juventude[editar | editar código-fonte]

Como tantos outros imigrantes de várias partes do mundo, os Peticov vieram para o Brasil nos anos 1920 em busca de segurança, paz e condições para prosperar. Búlgaros de origem humilde, agricultores sérios e dedicados ao trabalho, atravessaram o Atlântico com passagens pagas pelo governo brasileiro que, após abolir a escravidão, precisava de mão de obra no campo.

A família enfrentou as adversidades geradas pelo idioma, as condições precárias das fazendas, a alimentação estranha e o clima demasiadamente quente. Mas, com muita fé e dedicação, foi construindo o futuro nas cores fortes do campo paulista. O filho André casou-se, enviuvou e se tornou pastor, formando-se em Teologia pelo Seminário Batista do Rio de Janeiro.

Em 2 de julho de 1946, nasceu Antonio Peticov, em uma parada estratégica na cidade de Assis, em São Paulo, já quase fronteira com o Paraná. Em meio às viagens do evangelizador André, sua mulher, Gláucia, entregava ao mundo o segundo filho do casal. Ao longo da vida Antonio enfrentaria com os pais o desafio de pregar a palavra de Deus pelo Brasil. Primeiramente, no Espírito Santo; depois, em São Paulo, Rio de Janeiro e, de novo, em São Paulo.

Foram anos de descobertas e aprendizados para Antonio, que, vivenciando diferentes cenários, foi assimilando cores, aromas, sabores, sons e montando um equilibrado arquivo racional e emocional de tudo isso.

Foi em 1960, no início da adolescência, ao ter o pai envolvido na organização do X Congresso da Aliança Batista Mundial[15], no Rio de Janeiro, que Antonio sentiu o despertar de sua vocação para as artes. Conviveu com Mauro Salles Júnior, diretor de Arte, que trabalhava na Casa Publicadora Batista.

Ao ver a criatividade do artista gráfico se materializando em maquetes, mobiles, cartazes e outras peças, percebeu que sua relação com o mundo seria pela arte. O irmão mais velho, Walter, o “artista” da família, ganhou um belo kit de pintura. Com o presente, veio um brinde, um mini kit, que ficou para o caçula Antonio.

Aos 14 anos, fez seus primeiros trabalhos, que vendeu durante evento da religião dos pais. Começava um despertar que, a bem da verdade, iria tornar-se eterno.

Exibições[editar | editar código-fonte]

  • 1965 - Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo
  • 1965 - Salão Paranaense de Belas Artes, Curitiba
  • 1965 - Salão de Arte Contemporânea de Campinas
  • 1966 - Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo
  • 1967 - Vanguarda Jovem no Arena, Teatro de Arena, São Paulo
  • 1967 - Salão de Arte Contemporânea de Campinas
  • 1967 - “Seis Jovens Pintores na FAAP”, São Paulo -
  • 1967 - Salão Nacional de Artes Plásticas, Vitória, E.S.
  • 1967 - Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo
  • 1967 - Salão de Abril, Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro
  • 1967 - ART-ART Galley, São Paulo
  • 1967 - IX Bienal de São Paulo, São Paulo
  • 1968 - Galeria Ponto de Encontro, São Paulo
  • 1969 - X Bienal de São Paulo
  • 1971 - Camden Arts Center, Londres -
  • 1972 - “Le Jardin D’Explosition”, San Paul de Vince, Riviera francesa
  • 1973 - “Ipotesi per un’Arte Simbolica”, Panelle Gallery, Locarno, Suiça
  • 1973 - “Situazione Simbolo”, Galeria San Fedele, Milão
  • 1975 - Galeria Arte Global, São Paulo
  • 1975 - “Artistas e a Comunicação”, Rede GLOBO de televisão
  • 1976 - Gabinete de Artes Gráficas, São Paulo
  • 1976 - “Arte Braziliana Secolo XX”, Bologna, Italia
  • 1976 - “Couleurs de Bresil”, Crearco Galerie, Lausanne, Suiça
  • 1976 - X Salão de Arte Contemporânea, São Paulo, Brasil
  • 1977 - Galerie du Vieux Caveau, Pully, Suíça
  • 1977 - Galeria Luiza Strina, São Paulo, Brasil
  • 1978 - Museu de Arte Moderna, Rio de Janeiro, Brasil
  • 1979 - National Arts Center, New York, USA
  • 1979 - “Drei Brasilianish Kunstler”, Galerie B14, Stutgard, Alemanha
  • 1980 - Galeria San Michelle, Brescia, Italia -
  • 1980 - “Fisionomie”, Arts Gallery, Milão, Italia -
  • 1980 - “In a Small Frame”, Kassel, Alemanha -
  • 1980 - Village House Galerij, Deurle, Belgica -
  • 1981 - Galeria del Naviglio, Milão, Italia -
  • 1982 - Galeria Suzanna Sassoun, São Paulo, Brasil -
  • 1982 - Owens Gallery, Locarno, Suîça -
  • 1982 “Bali Ballet” - instalação ambiental permanente em “Cloudwalk Farm”, Conecticut,USA.
  • 1983 - Galerie 212, Paris, França -
  • 1983 - “THE BIG LADDER” - Instalação de uma escultura monumental em frente ao Colisseum ( Columbus Circus - N.Y. ) para a New York Art Expo ‘86.
  • 1983 - Escultura Efêmera, Art Galeria, Fortaleza, Brasil
  • 1983 - Panorama da Pintura Brasileira, Museu de Arte Moderna, São Paulo, Brasil -
  • 1984 - “Labirinto” , Galeria GB, Rio de Janeiro, Brasil -
  • 1984 - L’Afiche Gallery, Milão, Italia -
  • 1984 - “The Kiss”, Galeria ARCO, São Paulo, Brasil -
  • 1984 - “10 Anos de VOGUE”, Museu de Arte de São Paulo, Brasil -
  • 1984 - “Landscapes”, Galeria Alberto Bonfiglioli, São Paulo, Brasil -
  • 1985 - Posters para Crianças Autistas, Banco América do Sul, São Paulo, Brasil -
  • 1985 - “Destaques”, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Brasil -
  • 1985 - “Drawings”, Fred Dorfman Gallery, New York, USA -
  • 1986 - Gallery By Svetlana, Munik, Alemanha --
  • 1986 - Pery-Reneth Gallery, South Hampton - USA -
  • 1986 - Jacob Javis Center - New York, -poster inaugural - USA
  • 1986 - Judith Posner Gallery, Milwaukee, USA -
  • 1986 - “Sete Anéis”, Galeria do Centro Empresarial, Rio de Janeiro, Brasil
  • 1986 - Galeria Luisa Strina, São Paulo, Brasil
  • 1987 - Galeria Montessanti, São Paulo, Brasil
  • 1987 - Galeria Montessanti, Rio de Janeiro, Brasil
  • 1987 - “Light Symphony”, Galeria Susanna Sassoun, São Paulo, Brasil
  • 1988 - “Byrds of Paradise”. Fred Dorfman Gallery, New York, USA
  • 1988 - Gallery SHO, Tokyo, Japão
  • 1988 - “Multiplos”, Galeria Monica Filgueiras, São Paulo, Brasil
  • 1989 - Galeria Montessanti-Roesler, São Paulo, Brasil
  • 1989 - Galeria Montessanti-Roesler, Rio de Janeiro, Brasil
  • 1989 - Metalgravura, Galeria Monica Filgueiras, São Paulo, Brasil
  • 1989 - “Projeto Natura”, XX Bienal de São Paulo, São Paulo, Brasil
  • 1990 - Pindar Gallery, New York, USA
  • 1990 - Galeria Múltipla, São Paulo, Brasil
  • 1990 - Galeria Mirian Mamber, São Paulo, Brasil
  • 1990 - “Pantanal”, Galeria Sadala, São Paulo, Brasil
  • 1990 - “Momento Antropofágico com Oswald de Andrade” - Instalação permanente na estação República do Metrô de São Paulo ,Brasil
  • 1991 - Galeria Novo Tempo, Belo Horizonte, MG, Brasil
  • 1991 - Galeria ARTE E USO, São José dos Campos, S. P., Brasil
  • 1991 - Latin Art Gallery , Nagoya, Japão
  • 1991 - Registro Gráfico, Galeria Kramer, São Paulo, Brasil
  • 1992 - “Musicas”, Museu do Cartaz, Curitiba, Paraná, Brasil
  • 1992 - “Musicas”, Galeria Banestado, Londrina, Paraná, Brasil
  • 1992 - “Soluções Ambientais Criativas”, Villa Riso, Rio de Janeiro, Brasil
  • 1992 - Galeria Multipla, São Paulo, Brasil
  • 1992 - “Lab-Ir-In-Ton”, Instalação “cinetico-sensorial”, SESC, São Paulo, Brasil
  • 1992 - Arte no Shopping, Campo Grande, MGS, Brasil
  • 1993 - “Primavera Cultural”, Gabinete de Arte Raquel Arnaud, São Paulo, Brasil
  • 1993 - “Pinturas”, Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil
  • 1993 - “Candelária Urgente”, FASAM, São Paulo, Brasil
  • 1993 - ARS, ARTIS, São Paulo, Brasil
  • 1993 - Museu Capitania das Artes, Natal, RGN, Brasil
  • 1994 - Iconografia e Arte do Carnaval- sec. XIX/XX, Pinacoteca do Estado, S. Paulo
  • 1994 - Paulina Rieloff Gallery, New York, USA
  • 1994 - Galeria Nara Roesler, Recife, Brasil
  • 1994 - “Luminous”, Objetos de cerâmica, Home Style, São Paulo, Brasil
  • 1995 - Center for the BOOK ARTS, New York, USA
  • 1995 - “Visões”, Galeria Hebraica, São Paulo, Brasil
  • 1995 - “Spiritual Art”, Casa da Cultura de Santo Amaro, São Paulo, Brasil
  • 1995 - Exposição de Arte Contemporânea Brasileira, Chapel Art Show, São Paulo
  • 1995 - “Arte no Shopping”, Florianópolis, SC, Brasil
  • 1995 - Museu de Artes Plasticas Quirino da Silva, Mocóca, SP, Brasil
  • 1995 - “Transcala Cromatica”, Instalação permanente de uma torre de neon com 40 metros em cima de um prédio na parte mais alta de S. Paulo, Brasil
  • 1995 - The Brazilian Art Exhibition, Hong Kong, HK
  • 1995 - “80 Obras no Conjunto Nacional”, Brasilia, Brasil
  • 1995 - “United Artists”, Casa das Rosas, São Paulo, Brasil
  • 1996 - “A Patafísica nos Trópicos”, Museu de Arte Brasileira, São Paulo, Brasil
  • 1996 - “Latin American Book Arts”, Mexic-Arte Museum. Austin, Texas , USA
  • 1996 - “Seis Pintores e a Musica”, Galeria Nara Roesler, São Paulo, Brasil
  • 1996 - “Criative Bulgarians Abroad”, Modern Art Gallery, Sofia - Bulgaria
  • 1996 - “Posters ans Prints” , Sófia National Library, Sófia - Bulgaria
  • 1996 - “Paintings and Prints”, Galeria Nara Roesler, Campos do Jordão, SP - Brasil
  • 1996 - “1ª Mostra Nacional de Vitrines”, Shopping Eldorado, São Paulo - Brasil
  • 1996 - “São Paulo Off Bienal”, Museu Brasileiro de Escultura - São Paulo - Brasil
  • 1997 - “Arte do Brasil”, Swiss Bank Gallery - Punta del Este - Uruguay
  • 1997 - “The Brain and the Mind”, Centro de Convenções Rebouças - São Paulo, BR
  • 1997 - “United Artists III”, Casa das Rosas, São Paulo, Brasil
  • 1997 - “2ª Mostra Nacional de Vitrines”, Shopping Morumbi , São Paulo - Brasil
  • 1997 - “Learning” - American Chamber of Commerce, São Paulo, Brasil
  • 1997 - “Pentagramas” - Bourbon Street, São Paulo, Brasil
  • 1998 - “Futebol Arte” - Palacio dos Arcos - Itamaraty - Brasilia - Brasil
  • 1998 - “Futebol Arte” - Memorial da América Latina - São Paulo - SP
  • 1998 - “Futebol Arte” - Casa França-Brasil - Rio de Janeiro - Brasil
  • 1998 - “Futebol Arte” - Conseille Economique et Social - Paris - França
  • 1998 - “Futebol Arte” - Palais de la Bourse - Marseille - França
  • 1998 - “Canibália Afetiva” - Espaço Cultural A ESTUFA - São Paulo - Brasil
  • 1998 - “Iconoclastias Culturais” - Casa das Rosas - São Paulo - Brasil
  • 1998 - “Libros de Artista” -Instituto de A. Graficas de OAXACA - Oaxaca - Mexico
  • 1999 - “IV Mostra Nacional de Vitrines” - Morumbi Shopping - São Paulo - Brasil
  • 1999 - “Livros-Objeto” -Galeria de Arte “A HEBRAICA” - São Paulo - Brasil
  • 2000 - “Gathering for Gardner 4” - Hyatt Hotel - Atlanta - Usa
  • 2001 - “Snoopy Art” - EPA - São Paulo - Brasil
  • 2001 - “Ponte Aérea” - Galeria GB ARTE - Rio de Janeiro - Brasil
  • 2001 - “Arte Hoje” - Arvani Arte - São Paulo - Brasil
  • 2002 - “Gathering for Gardner 5” - Ritz Carlton Hotel - Atlanta - Usa
  • 2002 - “8 Artistas Brasileiros Contemporâneos” - Casa Das Rosas - São Paulo - Brasil
  • 2002 - Salão de Arte Contemporânea de Piracicaba, São Paulo - (artista convidado)
  • 2002 - III Bienal São João da Boa Vista - São Paulo - Brasil
  • 2002 - “Humanidade no Patrimônio Urbano no Brasil - um olhar de A. Peticov” - S. Iguatemi - SP - BR
  • 2002 - “22 Clássicos de A. Peticov” - Galeria Hebraica - São Paulo - Brasil
  • 2003 - “Trabalhos Escolhidos” - lançamento do livro e exposição - MASP - São Paulo - Br
  • 2003 - “Humanidade no Patrimônio Natural no Brasil - um olhar de A. Peticov” - Tock-Stock- SP - BR
  • 2004 - “Gathering for Gardner 6” - Ritz Carlton Hotel - Atlanta - Usa
  • 2004 - “I Exposição Coletiva da Cooperativa” - Gal Municipal de Artes - Baruerí - SP
  • 2004 - “Homenagem a Arcangelo Ianelli” - Mube - São Paulo - SP
  • 2004 - “Olhar impertinente” - Museu de Arte Contemporanea de SP - SP
  • 2004 - “O Cérebro e a Mente” - Pinacoteca da APM- São Paulo - SP
  • 2005 - “Art du Bresil” coletiva da C.A.V.B. - Domaine de L’Amiraute - Deauville - França
  • 2005 - “Arte em Metropolis” - Instituto Tomie Ohtake - São Paulo - BR
  • 2005 - Exposição Individual na galeria da BMF - São Paulo - BR
  • 2005 - Desenhos dos Anos ‘80 - IQ Art Gallery - São Paulo - BR
  • 2005 - Chappel Art Show - Artista Homenageado - São Paulo - BR
  • 2006 - “Gathering for Gardner 7” - Ritz Carlton Hotel - Atlanta - Usa
  • 2006 - Os “ONZE” - Embaixada Do Brasil - Berlin - Alemanha
  • 2006 - OFF BIENAL - Museu Brasileiro de Escultura - São Paulo - BR
  • 2006 - Os “ONZE” - Museu Brasileiro de Escultura - São Paulo - BR
  • 2007 - “Obra Viva” - lançamento de curta-metragem documentário no MIS - São Paulo - SP
  • 2007 - “Os ONZE” - Estação Cultural Mapocho - Santiago - Chile
  • 2007 - “Parede da Fama” - Galeria André - São Paulo - BR
  • 2007 - AFTER SCHOOL - 1ª Bienal de Brasilia - Brasilia - BR
  • 2008 - G4G8 - Atlanta - Georgia - EEUU
  • 2008 - “NÚS” -Galeria Jô Slaviero- SP - BR
  • 2008 - Pinturas de A. P. - Galeria Patricia Costa - Rio de Janeiro - BR
  • 2008 - NOVE CAMINHOS - Dalmau Studio - São Paulo - BR
  • 2008 - BRASILBRASILEIRO - CCBB - São Paulo - Br
  • 2008 - OFF Bienal - Galeria Jô Slaviero - São PAulo - BR
  • 2008 - BRASILBRASILEIRO - CCBB - Rio de Janeiro - Br
  • 2009 - Artestudio Mauro Chaves - São Paulo - Br
  • 2009 - 40 Chapel Art Show - São Paulo - Brasil
  • 2009 - Estéticas, Sonhos e Utopias dos Artistas do Brasil pela Liberdade - Museu Salvador Allende. - SA - Chile
  • 2009 - Eu Tenho um Sonho - Museu Afro Brasil - São PAulo - BR
  • 2009 - “A OBRA COMO PERCURSO” - SESC IPIRANGA - São Paulo - SP - BR
  • 2009 - “After School”- Centro Mabeu - Belém - Brasil
  • 2010 - G4G9 - Atlanta - Ga - EEUU
  • 2010 - “Curto Circuito - O Encontro da Poesia com as Artes Visuais” - IQ Gallery - São Paulo - Brasil
  • 2010 - Brasilia 50 Anos - Senado Federal - Brasilia - Brasil
  • 2010 - Autoretrato e “Autoretratos” - Espaço Pantemporâneo - São Paulo - Brasil
  • 2010 - Antonio Peticov e a forma oculta - Espaço Cultural City - São Paulo - Brasil
  • 2010 - G11 - After School - Futebol Arte - Johanesburg - South Africa
  • 2012 - ART&MATH - Atlanta Public Library - Atlanta - USA
  • 2012 - Gil 70 - Centro Cultural dos Correios - Rio de Janeiro - BR
  • 2013 - VIAJANTE - lançamento de livro e exposição individual - MIS - São Paulo
  • 2013 - Galerie Ricardo Fernandes - Paris - França
  • 2014 - Futebol Arte - Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba - SP - Brasil
  • 2014 - As Mesas de Picasso - Galeria 22 - São Paulo - Brasil
  • 2014 - G4G11 - Atlanta - Georgia - USA
  • 2015 - Alice no País de Peticov - Deco Art Club - São Paulo - Brasil
  • 2015 - Alice no País de Peticov - Galeria Patricia Costa - Rio de Janeiro - Brasil
  • 2016 - G4G12 - Atlanta - Georgia - USA
  • 2016 - LUZ DO SOL - Galeria Nu Vem - São Paulo - Brasil
  • 2016 - Seleção de Obras - Espaço Flavio de Carvalho - Valinhos - Brasil
  • 2016 - Retrospectiva da Obra Gráfica - Metrô de São Paulo - Brasil
  • 2017 - GRAVURAS - STJ - Brasilia - Brasil
  • 2017 - Telas e Objetos Recentes - A Estufa - São Paulo - Brasil
  • 2017 - ANIWA - Ibiza - Espanha
  • 2017 - American Disasters - Galeria Oscar Cruz - São Paulo
  • 2017 - Chappel Art Show - São Paulo - Brasil
  • 2017 - Pinturas Recentes - Casa Wolf - São Paulo - Brasil

Referências

  1. http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=artistas_biografia&cd_verbete=1119&cd_item=1&cd_idioma=28555
  2. https://www.peticov.com.br/wp-content/uploads/2015/12/17-o-mestre-das-cores_layout-1.pdf
  3. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  4. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  5. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  6. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  7. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  8. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  9. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  10. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  11. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  12. «Peticov - Official Site». peticov.com.br. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. 
  13. «COOPERATIVA DE ARTISTAS DO BRASIL — Fórum Permanente». Fórum Permanente. Consultado em 22 de fevereiro de 2018. 
  14. «Peticov faz 70 anos e festeja com instituto - Geral - Estadão». Estadão 
  15. «BRASIL - Aliança Batista Mundial - 10. Congresso - Rio de Janeiro - 1960». Consultado em 22 de fevereiro de 2018. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Leituras complementares

Antonio Peticov Ciência, Humor e Paradoxo

Antonio Peticov A Lição (1998)