Artvin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde maio de 2013).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Artvin» na Wikipédia em catalão e também na página de discussão.
Turquia Artvin

Artvın

 
—  Distrito (ilçe)  —
Vista de Artvin com a barragem de Deriner (em construção) em primeiro plano
Vista de Artvin com a barragem de Deriner (em construção) em primeiro plano
Mapa dos distritos da província de Artvin
Mapa dos distritos da província de Artvin
Artvin está localizado em: Turquia
Artvin
Localização de Artvin na Turquia
Coordenadas 41° 11' N 41° 49' E
Região Mar Negro
Província Artvin
Administração
 - Governador (kaymakam) Necmettın Kalkan [1]
 - Prefeito (belediye başkanı) Emın Özgün (2009, CHP)[2]
Área [3]
 - Distrito (ilçe) 1 084,7 km²
Altitude 340-600 m
População (2012) [4]
 - Distrito (ilçe) 33 692
    • Densidade 31,1 hab./km²
 - Urbana 25 771
Código postal 0800
Prefixo telefónico 466
Sítio Governo distrital: www.artvin.gov.tr
Prefeitura: www.artvin.bel.tr
Mesquita central e jardim público

Artvin (por vezes também grafada Artvın em turco) é uma cidade e distrito (em turco: ilçe) do nordeste da Turquia. É capital da da província homónima e faz parte da região do Mar Negro. O distrito tem 1 084,7 km² de área e em 2012 a sua população era de 33 692 habitantes (densidade: 31,1 hab./km²), dos quais 25 771 moravam na cidade.

No passado a cidade ou a região onde se encontra foi conhecida pelos nomes de Çorok, Çoroksi e Livane ou Livana. Em Artvin funciona a Universidade Artvin Çoruh.

Artvin faz parte da chamada Arménia turca (ou Arménia Ocidental ou Otomana), um nome dado às regiões do nordeste da Anatólia pertencentes ao Império Otomano que até à Primeira Guerra Mundial tinham uma população apreciável de Arménios. Atualmente a população é constituída princpalmente por Turcos, mas também por Georgianos e Lazes.[carece de fontes?]

Geografia[editar | editar código-fonte]

A cidade situa-se numa região montanhosa do nordeste da Turquia, cerca de 70 km (por estrada, muito menos em linha reta) a sudeste da costa do mar Negro e a algumas dezenas de quilómetros a sul da fronteira com a Geórgia. Ocupa um monte em cujo sopé corre o rio Çoruh (em grego: Άκαμψις; transl.: Acampsis; em georgiano: ჭოროხი; transl.: Ch'orokhi ou Tchorokhi). A barragem de Deriner situa-se no trecho do rio Çoruh perto da cidade, da qual dista 5 km por estrada.

A paisagem da região é composta por montanhas e mesetas altas (como a de Kafkasör) onde há muitos bosques, cascatas e lagos. O clima é húmido e chuvoso durante todo o ano, com verões temperados e frescos, com grande influência marítima do mar Negro.

História[editar | editar código-fonte]

Segundo o historiador grego da Antiguidade Xenofonte (séculos V e IV a.C.), a região foi ocupada pelos povos macrões, colcos e Tao. O geógrafo clássico Estrabão relata que no século I a.C. existiam vários pequenos reinos sob o domínio romano. Séculos mais tarde, os bagrátidas arménios tomaram o controlo da região com a ajuda dos Bizantinos. Em 1015, a região foi tomada pelos Seljúcidas.

Exceto por um breve período no século XIII, durante as invasões mongóis, a região foi governada por uma sucessão de dinastias turcas, como o Ilcanato, Kara Koyunlu (Turcos da ovelha negra), Ak Koyunlu (Turcomenos da ovelha branca) e por fim os Otomanos, que a integraram no seu império no eyalet de Çıldır.

A região foi cedida à Rússia na sequência da derrota otomana na guerra russo-turca de 1877-1878, sendo recuperada em 1918 pelo tratado de Brest-Litovski. A 7 de junho de 1921 foi criado o sanjaco (província otomana) de Artvin, que após a declaração da república turca se tornaria a atual província de Artvin.

Atrações turísticas[editar | editar código-fonte]

  • Castelo de Artvin, também chamado de Livana ou Livane, construído em 937.
  • Fonte de Çelebi Efendi, construída em 1783.
  • Mesquita de Salih Bey, construída em 1792.

Há ainda várias casas e edifícios públicos otomanos. Na região em volta da cidade há vários locais propícios para atividades ao ar livre como escalada, caminhada (trekking) e rafting.

Todos os anos é realizado o Festival da Cultura e Artes do Cáucaso (Kafkasör em turco), cujo evento mais famoso é a "luta de touros", uma espécie de tourada.[5]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Artvin İlı». yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 4 de maio de 2013 
  2. «Artvin Beledıyesı». www.yerelnet.org.tr (em turco). YerelNET. Consultado em 4 de maio de 2013 
  3. «Districts of Turkey». www.statoids.com (em inglês). Administrative Divisions of Countries ("Statoids"). 2 de fevereiro de 2008. Consultado em 26 de maio de 2010. Cópia arquivada em 26 de maio de 2010 
  4. «Base de dados do sistema de registo de população baseada em moradas (ABPRS)». www.tuik.gov.tr (em turco). Instituto de Estatística da Turquia (TURKSTAT). Consultado em 4 de maio de 2013 
  5. «Bullwrestling - bullfighting in Turkey». www.karalahana.com (em inglês). 2007. Consultado em 4 de maio de 2013 

Ligações externas e bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Artvin
  • Öztürk, Özhan (2005), Karadeniz Ansiklopedik Sözlük, ISBN 9789756121009 (em turco), 2, Istambul: Heyamola Yayınları 
  • Knight, Kevin. «Artvin». www.newadvent.org (em inglês). Nova Iorque: Robert Appleton Company, New Advent Catholic Encyclopedia. Consultado em 4 de maio de 2013 
  • «Artvin». www.karalahana.com (em inglês). 2007. Consultado em 4 de maio de 2013 
  • «Artvin». kurumsal.kulturturizm.gov.tr (em turco). Portal institucional do Ministério da Cultura e Turismo. Consultado em 4 de maio de 2013