Asmara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Asmara
—  Cidade  —
Vista da Cidade.
Vista da Cidade.
apelido/alcunha(s) Piccola Roma
Asmara está localizado em: Eritreia
Asmara
Localização de Asmara na Eritréia
15° 20' N 38° 56' E
País Eritreia
Regiões Maekel
Fundação 1751
Fundador Remedius Prutky
Administração
 - Prefeito Semere Russom
Área
 - Total 12 158,1 km²
Altitude 2 325 m (7 628 pés)
População (2010)
 - Total 663 872 hab
    • Densidade 32,8 hab/km2 
' - Metropolitana' 1 304 382 hab
Gentílico: Asmarino (a)
Fuso horário UTC (UTC+3)

Asmara (em tigrínio Asmera) é a capital e a maior cidade da Eritreia. Localiza-se a uma altitude de 2325 metros. Tem cerca de 700 mil habitantes. Era uma aldeia quando foi escolhida para capital da região, então pertencente à Etiópia, na década de 1880. Foi dominada pelos italianos entre 1889 e 1941, pelos britânicos entre 1941 e 1950 e pelos etíopes até 1993. Os produtos têxteis, os calçados, a cerâmica, a carne e a cerveja são os principais produtos de sua indústria.

História[editar | editar código-fonte]

Asmara surgiu no século XII, a partir de quatro vilas como entreposto comercial, e, posteriormente, como capital do príncipe Ras Alula. Foi colonizada pela Itália em 1889, convertendo-se na capital nacional em 1897. Nos últimos anos da década de 1930, os italianos mudaram a imagem da cidade, com novas estruturas e novos prédios; foi chamada, então, de Piccola Roma (Pequena Roma). Atualmente, a maior parte dos edifícios são de origem italiana, e alguns lugares possuem nomes no idioma referido (por exemplo, "Bar Vittoria", "Pasticceria moderna", "Casa del formaggio", "Ferramenta"). Durante a guerra pela independência da Etiópia, o aeroporto da cidade ganhou grande importância no conflito, e foi usado pelos eritreus para obter armas e suprimentos do exterior.

Em 1991, foi conquistada a pela Frente de Liberação Popular da Eritreia na guerra da independência,[1] e as tropas do exército etíope renderam-se sem lutar, em 24 de maio de 1991.

Demografia[editar | editar código-fonte]

A população de Asmara, de cerca de 564.000 habitantes, faz dela a maior cidade da Eritreia, sendo que todos os grupos étnicos estão representados na capital. Os maiores grupos são os povos Tigrínio (77%) e o Tigre (15%). Em Asmara, a língua principal é a língua tigrínia. O árabe, o italiano e o inglês também são largamente falados e compreendidos.

Segundo o censo nacional, realizado pelo governo eritreu em 2003, 99.67% das residências de Asmara tinham acesso a água potável. O índice de alfabetização, para os homens, é de 95.2%, e, para as mulheres, 89.95%, o mais alto do país, para ambos os sexos.


A evolução histórica da população de Asmara é apresentada na seguinte tabela:[2]

Ítalo-eritreus[editar | editar código-fonte]

A cidade possui uma significativa população de ítalo-eritreus. São pessoas nascidas na Eritreia, descendentes dos colonizadores italianos, assim como italianos residentes no país de longa data. Estes eritreus nascidos de uniões inter-raciais são chamados de hanfets. Seus ancestrais datam do início da colonização italiana na Eritreia, ao final do século XIX, mas, apenas após a Segunda Guerra Ítalo-Etíope, em 1935, eles chegaram em maior número. No censo da Eritreia de 1939, havia mais de 75.000 ítalo-eritreus (mais que 10% da população do país), sendo que a maioria deles (53.000) viviam em Asmara. Muitos colonizadores italianos abandonaram a Eritreia após sua conquista pelos aliados em novembro de 1941, e seu número foi reduzido a 38.000 em 1946. Entretanto, muitos dos italianos permaneceram durante o período de descolonização após a Segunda Guerra Mundial, e foram assimilados à sociedade eritreia; alguns poucos são apátridas hoje, já que a nenhum deles foi concedida cidadania, a não ser através de casamento, ou, mais raramente, pelo Estado tê-la conferido.

ano ítalo-eritreus população da Eritreia população de Asmara
1910
1.000
390.000
24.000
1935
3.100
610.000
47.000
1939
76.000
740.000
103.000
1946
38.000
870.000
88.000
2008
900
4.500.000
610.000
A população ítalo-eritreia na Eritreia, de 1910 a 2008

Atualmente, há aproximadamente 900 ítalo-eritreus permanecendo na região de Asmara. Contudo, há uma estimativa de 100.000 descendentes de ítalo-eritreus na cidade de Asmara.

Clima[editar | editar código-fonte]

Asmara conta com uma variante local do clima semiárido, com verões quentes, mas não excessivamente, e invernos frescos. Devido à sua altitude de 2.325 metros sobre o nível do mar, as temperaturas são relativamente suaves em uma cidade localizada a pouca distância do deserto. Asmara tem uma média de 501 milímetros de precipitação anual. Raramente pode nevar na cidade. Julho e agosto formam a curta temporada de chuvas, já que, em média, cerca 60% das precipitações anuais de Asmara concentram-se nestes meses. Ao contrário, janeiro e fevereiro são os meses mais secos, com uma média de apenas 4 milímetros de precipitação, para o conjunto dos dois meses.

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Asmara, Eritreia Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 23 24 25 25 26 26 22 21 24 22 22 22 23,5
Temperatura mínima média (°C) 6 7 9 10 11 12 12 12 10 9 8 7 9,4
Precipitação (mm) 1 3 12 30 42 37 174 145 25 7 21 4 501
Fonte: Clima e Temperatura[3] 17 de janeiro de 2012

Locais de interesse[editar | editar código-fonte]

Cinema Impero em Asmara.

Na cidade, encontra-se o Museu Nacional da Eritreia, e é conhecida pelos seus edifícios do início do século XX, incluindo o Art Déco do Cinema Impero, o cubista Africa Pension, a eclética Catedral Ortodoxa Eritreia e a antiga Opera House, a futurista Fiat Tagliero, a neorromânica Catedral Romana Católica e o neoclássico Palácio do Governo.

Asmara é também sede da Universidade de Asmara e um forte do século XIX. Nela, encontra-se o Aeroporto Internacional de Asmara, e está conectada ao porto de Massawa pela Ferrovia Asmara-Massawa.

Asmara é sede do arcebispado da Igreja Ortodoxa Eritreia, que obteve autonomia eclesiástica em 1993. O arcebispo foi elevado a Patriarca da Eritreia em 1998, a par com a Igreja Ortodoxa Etíope Tewahedo.

Economia[editar | editar código-fonte]

Como a capital e maior cidade da Eritreia, a maioria das empresas do país têm suas sedes em Asmara. A cidade já foi uma cidade industrial.

Durante o período colonial, Asmara era o centro administrativo colonial da África Oriental Italiana. Quando os britânicos chegaram ao país, em 1941, muitas empresas foram fechadas ou realocadas fora de Asmara. Esta tendência continuou sob a ocupação etíope.

Mais recentemente, as empresas aéreas Eritrean Airlines e Nasair estabeleceram suas sedes em Asmara.[4] A Corporação Eritreia de Telecomunicações também tem sua sede na cidade. Além disso, a emissora estatal de televisão Eri-TV tem estúdios localizados em vários pontos da capital.

Educação[editar | editar código-fonte]

Localizam-se em Asmara a maioria das faculdades e universidades do país. A cidade sempre foi o centro educacional do país. Nela, localizam-se muitas escolas de ensino fundamental e médio, e, até as recentes aberturas de universidades em Mai Nefhi e Sawa, a única universidade no país era a Universidade de Asmara. Durante o período de anexação à Etiópia, a Universidade de Asmara estava ligada à maior universidade etíope, a Universidade de Addis Ababa. Desde a independência eritreia, muitos campus foram abertos no país, principalmente para Medicina e Engenharia.

Universidades e escolas[editar | editar código-fonte]

Universidade Telefone Fax
Universidade de Asmara (291)-1-161926 (291)-1-162236
Instituto de Tecnologia da Eritreia N/D N/D
Escola Médica Orotta N/D N/D
Faculdade de Ciências da Saúde (291)-1-124761 N/D

Asmarinos famosos[editar | editar código-fonte]

Cidades Irmãs[editar | editar código-fonte]

Rua de Asmara.


Referências

  1. Série de autores e consultores, Dorling Kindersley, History (título original), 2007, ISBN 978-989-550-607-1, pág 556
  2. World Gazetter (inglês)
  3. Average Conditions Asmara, Eritrea.. (inglês)
  4. "World Airline Directory." Aviação internacional. 23–29 de março de 2004. 68. (inglês)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Asmara